Xará de deputado faz sucesso em Manaus

Pré-candidato à Prefeitura do Rio encontra ‘adversário’ nas redes.

Decisões Econômicas / 15:34 - 16 de jan de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL), pré-candidato a prefeito do Rio, encontrou nas redes sociais um adversário de última hora. Ele se chama... Rodrigo Amorim. Músico há mais de 20 anos, o amazonense tem o mesmo nome e sobrenome do deputado e divulga nas redes sociais suas apresentações em Manaus e cidades vizinhas. Quem busca o perfis do deputado na internet acaba esbarrando nos posts do cantor.

Deputada Tia Ju

Tia Ju assume Assistência Social do Rio

A deputada estadual Tia Ju (REP) deve assumir nesta sexta-feira a Secretaria Municipal de Assistência Social da Prefeitura do Rio. Ela vai substituir o vereador carioca João Mendes de Jesus, do mesmo partido.

Governador Wilson Witzel

Lei limita cortes de água e luz no estado

O governador Wilson Witzel sancionou no final do ano o projeto de lei que obriga as empresas de energia elétrica, água e gás a informar aos clientes inadimplentes sobre a suspensão dos serviços com 48 horas de antecedência. Além disso, as empresas terão que disponibilizar meio de quitação da dívida através de cartão de débito antes do corte no fornecimento. A lei é de autoria dos deputados Bebeto (Pode), Carlos Macedo (PRB) e Martha Rocha (PDT) e do ex-parlamentar Dr. Julianelli.

Vereador Bruno Lessa

Vereador curte férias em alto-mar

O vereador niteroiense Bruno Lessa (PSDB) aproveitou o recesso parlamentar para fazer um cruzeiro pela costa da América do Sul. Semana passada, a bordo de um transatlântico com a família, incluindo o pai, o ex-deputado Silvio Lessa, Bruno visitou a Ilha Bela (SP), além de localidades do Uruguai e Argentina.

 

Mais divulgação sobre crianças desaparecidas

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado pode votar em 2020 projeto para ampliar a divulgação de informações sobre crianças e adolescentes desaparecidos. O PL 2.099/2019 torna obrigatória a inclusão das informações sobre o desaparecimento no Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos e no Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas. Se foi aprovado pela comissão, o projeto seguirá para a análise do Plenário.

 

Prioridade para mulheres vítimas de violência

A Câmara Municipal do Rio aprovou a Lei 6.612/2019, que garante às mulheres vítimas de violência doméstica, do tráfico de pessoas ou de exploração sexual prioridade nos programas habitacionais. Para isso, os programas habitacionais implementados ou desenvolvidos pela cidade do Rio de Janeiro devem reservar o percentual mínimo de 5% das unidades habitacionais para atender às vítimas de violência. A autoria da lei é das vereadoras Veronica Costa (MDB), Fátima da Solidariedade (PSC), Luciana Novaes (PT), Rosa Fernandes (MDB), Tânia Bastos (Republicanos), Teresa Bergher (PSDB) e Vera Lins (PP) e do vereador afastado Felipe Michel.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor