Witzel e 2019

Governador fez análise pessimista da situação do estado, mas sem perder a esperança.

Decisões Econômicas / 18:35 - 14 de fev de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Witzel e Ceciliano

Em mensagem ao presidente da Alerj, deputado André Ceciliano, o governador Wilson Witezel fez análise pessimista da situação geral do Estado do Rio, mas sem desalento e sem perder a esperança. Na mensagem, o governador pede a compreensão e a colaboração do presidente André Ceciliano e dos demais deputados, após ressaltar que o orçamento prevê um déficit de R$ 8 bilhões, que, somados aos passivos dos anos anteriores, chega a cifra de R$ 25 bilhões. Por conta dessa situação extrema e preocupante, Witzel diz que está contingenciando R$ 13 bilhões no orçamento e pede que a Alerj adote igual procedimento.

 

Execução orçamentária

A Mesa Diretora do Legislativo carioca, sob o eterno comando do vereador Jorge Felippe, divulgou no DCM de 29 de janeiro deste ano demonstrativo orçamentário/financeiro de dezembro de 2018, contendo revelações fundamentais à compreensão da capacidade de gestão dos senhores vereadores.

Exemplo: de janeiro a dezembro, a Câmara Municipal recebeu R$ 596,207 milhões em duodécimos, R$ 46,392 milhões somente em dezembro. As despesas no exercício financeiro foram de R$ 675,203 milhões, das quais foram empenhadas R$ 575,265 milhões e efetivamente pagas R$ 544,519 milhões.

Foi transferido de 2017 para 2018 um saldo de resto a pagar de R$ 23,941 milhões, dos quais foram cancelados R$ 12,176 milhões. A essas dívidas foram inscritas outras num total de R$ 30,745 milhões, ficando um saldo de dezembro para janeiro de 2019 de R$ 54,675 milhões.

O relatório, assinado pelo contador-geral Rafael Cabral Ribeiro, revela ainda uma disponibilidade bancária de R$ 11,155 milhões.

Deputado Jorge Felippe Neto

Obstáculos à vista

O prefeito Marcelo Crivella começou a agir para impedir ou neutralizar quaisquer iniciativas que visem encaminhar e consolidar uma estratégia segura que permita ao presidente do Legislativo carioca, vereador Jorge Felippe, lançar um nome com chances de vitória à Prefeitura do Rio em 2020. Esse nome seria o deputado estadual Jorge Felippe Neto.

 

Niterói Mais Segura

A Secretaria de Governo do Estado do Rio e a Secretaria de Ordem Pública de Niterói, cidade da Região Metropolitana do Rio, assinaram termo aditivo ao convênio nº 001/2017, por mais 12 meses, com repasse de R$ 27,228 milhões à Prefeitura niteroiense. O objetivo é manter a operação Niterói Mais Segura.

 

Avaliação de caronas

O presidente do Legislativo carioca, vereador Jorge Felippe, autorizou o contrato nº 72/18, com a Fundação Coordenação de Projetos, Pesquisas e Estudos Técnicos (Coppeter), no valor de R$ 306,316 mil. O objetivo é analisar o impacto ambiental na mobilidade urbana relacionada aos serviços de carona remunerada e táxis, para estimar um valor ideal limite para o carona.

Isto quer dizer que quem vai estabelecer o preço a pagar no carro de passeio, táxis, Uber ou outro aplicativo são os 52 vereadores do Rio, cujos estudos para definir isso foram pagos pelos contribuintes cariocas.

 

Degase

O Departamento Geral de Ações Socioeducativas – Novo Degase – firmou o contrato com a empresa Sobrisan Rio Comércio e Distribuição, no valor de R$ 1,040 milhão, pelo prazo de 180 dias. O objetivo é limpeza, higiene e copeiragem, com fornecimento de material.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor