Venda líquida de divisas da China cai em maio

Internacional / 05:06 - 21 de jun de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Os bancos chineses registraram US$ 12,5 bilhões de deficit na compra e venda de divisas estrangeiras em maio, diferença 47% menor que a registrada em abril, segundo os dados oficiais emitidos na segunda-feira. Os bancos chineses adquiriram divisas no valor de US$ 127 bilhões e venderam US$ 139,5 bilhões, disse em uma declaração a Administração Estatal de Divisas (AED). O deficit na compra e venda de moedas estrangeiras diminuiu em relação aos US$ 23,7 bilhões registrados em abril, US$ 36,4 bilhões em março, US$ 33,9 bilhões em fevereiro e US$ 54,4 bilhões em janeiro, mostrando que a pressão da fuga de capital está aliviando, explicou a AED em um comunicado. Preocupações pela saída de capital tinham aumentado com a desaceleração da economia e a desvalorização da moeda chinesa desde que a China reformou seu mecanismo de divisas, no ano passado. No entanto, a retomada da estabilidade no mercado financeiro internacional e sinais positivos no doméstico reduziram a pressão da fuga de capital desde o início do ano. A entrada e a saída de capital da China permanecerão estáveis a longo prazo, já que o comportamento econômico do país satisfaz as expectativas do mercado e a estrutura econômica do país continua melhorando, previu a AED. Agência Xinhua

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor