Advertisement

Trump ameaça sobretaxar produtos europeus por causa da Airbus

Por Nelson Priori

Acredite se puder / 09 Abril 2019 - 19:49

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Baseado nas conclusões da Organização Mundial do Comércio (OMC), que considera que os subsídios concedidos pela União Européia à Airbus têm penalizado repetida vezes a Boeing e causando efeitos adversos aos Estados Unidos, o presidente Donald Trump ameaçou impor tarifas sobre US$ 11 bilhões de bens importados da Europa. A lista dos itens que poderão ter aumento nas tarifas inclui helicópteros de passageiros, vários tipos de queijos e vinhos, roupas para a neve e algumas marcas de motos.

A administração norte-americana iniciará o processo de seleção dos produtos europeus nos quais poderão ser aplicadas as tarifas adicionais, caso a Europa não recue nos subsídios concedidos à Airbus.
A reclamação da Boeing foi feita há 14 anos e é um dos casos mais antigos que está pendente na OMC. A governo Trump, no entanto, está cauteloso, pois só pretende alterar as tarifas no final deste verão e após a aprovação da OMC.

O interessante é que a ameaça de novas tarifas surgiu quando se aproxima o momento de negociar as tarifas industriais com a Europa, colocando pressão sobre futuras conversações. E também, no instante em que companhias aéreas de diversos países estão cancelando pedidos dos aviões da Boeing, o que causará um prejuízo da ordem de US$ 50 bilhões.

 

Ganhou ilicitamente US$ 65 mil e muitos problemas

Paul B. Powers, ex-advogado sênior da SeaWorld Entertainment Inc., conforme acusação da Securities and Exchange Commission (SEC) se utilizou da informação privilegiada de que a receita da empresa seria melhor do que a prevista para o segundo trimestre de 2018. E, em seguida, comprou 18 mil ações da companhia, que tiveram aumento de 17%, após a empresa comunicar um forte desempenho financeiro após um longo período de declínio. Powers vendeu imediatamente suas ações e lucrou de modo ilícito, aproximadamente US$ 65 mil.

A SEC acusou Powers de fraude em um tribunal federal em Orlando, Flórida. O advogado concordou com uma liminar permanente com os montantes de restituição e penalidades, se houver, a serem decididas pelo tribunal. O acordo está sujeito à aprovação do tribunal. Em uma ação paralela, o Departamento de Justiça dos EUA anunciou hoje acusações criminais contra os Poderes decorrentes da mesma conduta.

 

Reino Unido terá de participar das eleições europeias

O Reino Unido terá pela segunda vez uma nova data de saída da União Europeia, mas fica obrigado a participar nas eleições europeias que serão realizadas entre 23 e 26 de maio, independentemente de ter ou não aprovado o acordo de saída. Caso não participe das eleições, automaticamente será expulso no dia 1 de junho, segundo as informações do The Guardian, do Financial Times e da Reuters. Parece que a participação nas eleições é uma nova derrota para a premier Theresa May.

 

Salário anual do CEO do Twitter foi US$ 1,40

Jack Dorsey quis ser marinheiro, alfaiate e pintor surrealista, mas atualmente é o presidente do Twitter e da empresa de pagamentos por telemóvel Square. E, como CEO, recebeu em 2018 apenas US$ 1,40 dólares de salário, comunicado pela empresa à Securities and Exchange Commission.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor