TI é a área que mais usa freelancers no Brasil

Informática / 16:26 - 25 de abr de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Levantamento realizado pela Workana sobre o mercado de freelancers no Brasil apontou as regiões com maior demanda, perfis de profissionais mais procurados pelas empresas e os setores com maior número de pessoas que disponibilizam seus serviços por meio da plataforma. Os dados mostram que os segmentos mais procurados pelas empresas que buscam por serviços de freelancers são: TI & programação (43%), design & multimídia (28%), tradução & conteúdos (15%), marketing & vendas (8%), engenharia & manufatura (2%), suporte administrativo (2%), serviços legais (1%) e finanças & administração (1%). Já do outro lado, quando o assunto são profissionais cadastrados na plataforma da Workana, o cenário é bastante semelhante, mas há uma oferta maior na área de design & multimídia (32%), seguido por TI & programação (31%), tradução & conteúdos (14%), marketing & vendas (8%), engenharia & manufatura (5%), suporte administrativo (4%), legal (3%) e finanças & administrativo (3%). Os apontamentos mostram ainda uma predominância de profissionais mais próximos às áreas ligadas à tecnologia, mas cada vez mais vem crescendo a participação de segmentos que antes encontravam-se dentro das agências e hoje são mais viáveis mantê-los através de contratação por projeto a ser realizado. No que diz respeito aos estados brasileiros, São Paulo se destaca na contratação de freelancers na área de TI & programação (47%), já o Rio Grande do Sul é uma região que demanda bastante profissionais de design & multimídia (30%), com TI & programação (43%) vindo antes; na Bahia, os serviços de tradução & conteúdo (19%) aparecem logo atrás de TI & programação (35%) e design & multimídia (29%). No Rio de Janeiro TI & programação (36%) é a mais procurada. No Paraná, a busca por projetos TI & programação (40%) é a principal, tendo também design & multimídia próximo ao topo (31%). Em Pernambuco, os projetos de suporte administrativo (6%) encontram sua maior demanda, se comparado ao resto do país, com TI & programação (38%) na liderança das necessidades das empresas nesse tipo de serviço na região. Para o estado de Minas Gerais, o cenário mostra uma significativa incidência por serviços de marketing & vendas (12%), com TI & programação (47%) no topo da lista. Para a quantidade e segmentos de freelancers por estado, o maior número de profissionais atuantes é mesmo na área de design & multimídia, que varia de 39% em locais como Rio de Janeiro até 29% na Bahia, já o número de pessoas disponíveis para serviços de TI & programação têm destaque em Belo Horizonte (37%), São Paulo (36%) e Porto Alegre (29%). Bahia (21%), Recife (19%) e Paraná (18%) lidera a lista de freelancers disponíveis para projetos na área de tradução & conteúdos. Marketing & vendas se destaca na Bahia (12%), São Paulo (11%) e Rio Grande do Sul (10%).

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor