Tendência

Fatos e Comentários / 18:08 - 7 de jun de 1999

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Tal como na piada do cavalo, quando o Brasil estava quase se acostumando com a prosperidade pós-Armínio vê que tudo está indo água abaixo. As notícias otimistas plantadas pelos amigos de plantão do governo na imprensa não resistem a um mês de realidade. Quem, contrariando a teoria científica, afirmava que a economia estava se recuperando - baseado na "tendência" da estatística do mês sobre o mês anterior - sofreu um baque com a divulgação dos dados da indústria, ontem, pelo IBGE. A produção caiu, qualquer que seja o período de comparação - o que só comprova, para quem não acreditava, que fevereiro tem menos dias úteis que março, ou que no Natal se produz mais que em janeiro. O MONITOR, que sempre se pautou pela boa assessoria técnica e pelo respeito à verdade, ressalta os números anualizados, sejam eles positivos ou negativos - para a desgastada imagem do Governo FH. Brazil A inserção submissa na globalização já se reproduz até no futebol. O jogo de hoje da seleção do Brasil com a da Holanda será, às 16h - 21h, hora de Amsterdã - por exigência da Federação de Futebol da Holanda, para que a partida pudesse ser assistida na Europa. Os torcedores brasileiros e os patrocinadores com foco no mercado local devem ter adorado. Desmonte tucano O governador Mário Covas suspendeu os contratos das obras da Sabesp (companhia de saneamento paulista) com 75% de execução - através do decreto 43.909, de 25 março de 1999 -, desativou a segurança patrimonial e demitiu 4.800 funcionários diretos e indiretos. A denúncia é de Sebastião Ramos da Cruz, diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo (Sintaema) e funileiro de manutenção na Sabesp há 16 anos. Ano passado, a Sabesp garantiu lucro líquido de US$ 550 milhões aos cofres públicos. E o salário... Segundo o Dieese, de julho de 1994 a maio deste ano a inflação acumulada é de 76,7%. No entanto, os gastos com educação subiram nesse mesmo período 179%. Os custos de habitação (aluguel, impostos e tarifas como energia e telefone) tiveram aumento de 177%, segundo o Dieese. Os gastos com saúde, principalmente com medicamentos, saltaram 174% nos últimos cinco anos. E a maioria dos salários mal viu a inflação - oficial - acumulada no período. A classe média vai de mal a pior. Oportunidades William P. Boardman, vice-presidente senior do Bank One, foi eleito ontem novo presidente da Visa International. Ele já era presidente da diretoria da Visa International USA, cargo que vai acumular. Boardman substitui Peter Ellwood, CEO da Lloyds TSB de Londres. O novo presidente afirmou que, sob a gestão de Peter, a Visa International viu o volume mundial passar de US$ 550 bilhões para US$ 1,4 trilhão e acrescentou que sua responsabilidade é deixar a Visa "pronta para novas oportunidades, tais como comércio eletrônico e mercados emergentes em todo o mundo". Cravo & ferradura Uma da co-patriconadores da campanha "Rio abaixe essa arma", a TV Globo tem exibido todo domingo, após o humorístico "Sai debaixo", filmes da interminável série "Desejo de Matar", com Charles Bronson, um dos principais garotos-propaganda da indústria de armas. Faroeste Os freqüentadores do supermercado Makro, de Alcântara, assistiram a mais uma demonstração da violência que assola o país. No fim da tarde da última sexta-feira, um jovem bem nutrido, que, segundo testemunhas, seria policial da 72 DP (São Gonçalo), agrediu um senhor na fila, quebrando-lhe os óculos. Segundo testemunhas, o agressor teria fugido no Santana placa de Niterói KRB-0456, sem que a polícia comparecesse ao local, apesar das inúmeras chamadas feitas por fregueses do supermercado. Flexibidade Bom patrão, o secretário de Política Econômica, Edward Amadeo, conseguiu emplacar seu motorista na Delegacia Regional do Trabalho do Rio, como funcionário requisitado. Deve ser a aplicação prática da tese da empregabilidade.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor