Advertisement

SP: com interdição na Marginal Pinheiros, trânsito fica acima da média

Bruno Covas disse que não há previsão para o término das obras no viaduto da Marginal Pinheiros

São Paulo / 21 Novembro 2018

 

A cidade de São Paulo registrou 153 km de congestionamento às 9h de hoje, considerado o maior índice registrado no município com alta histórica contra 122 km. O trânsito é causado pela interdição de 10 km da pista expressa da Marginal Pinheiros, importante via da capital, onde um viaduto cedeu na última quinta-feira.

O prefeito Bruno Covas (PSDB) esteve nesta manhã na Companhia de Engenharia de Trânsito (CET) para acompanhar os problemas nas vias da cidade. De acordo com ele, era esperado para hoje engarrafamento 30% superior, mas o índice registrado foi às 8h, 20% acima.

“Isso se deve à colaboração que a população tem tido, buscando rotas alternativas. A gente percebe que as pessoas se informaram pela imprensa, pelo site da CET”. Segundo o prefeito, os paulistanos também optaram pelo transporte público nesta manhã.

Uma reunião foi marcada para hoje na CET com os aplicativos de táxi, para que sejam estudadas medidas como tarifa especial de forma a incentivar as pessoas a deixarem o carro em casa. Outra reunião ocorrerá ainda hoje com o Tribunal de Contas para realização de laudos estruturantes de 185 pontes e viadutos de São Paulo de modo a evitar novos acidentes. A prefeitura poderá solicitar mais recursos aos governos Estadual e Federal.

Para os próximos dias, equipes da CET trabalham na liberação de interdição pela pista expressa, que precisou ser bloqueada para evitar o efeito funil do trânsito. Das 10 intervenções previstas, quatro foram realizadas. Da extensão de 15 km de pista expressa, 10 foram liberados. Foram instalados 50 painéis luminosos pela cidade informando sobre os bloqueios.

O prefeito disse que não há previsão para o término das obras no viaduto da Marginal Pinheiros.

 

Agência Brasil