SP: aluguel na praia no Tiradentes fica até 67% mais barato do que em 2015

São Paulo / 16:37 - 14 de abr de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Quem alugar casa ou apartamento em 12 cidades litorâneas no fim de semana prolongado pelo feriado de Tiradentes, em 21 de abril, vai pagar menos do que no mesmo período do ano passado. Dos 20 tipos de imóveis em oferta em 28 imobiliárias pesquisadas pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP), 14 estão sendo oferecidos por valores inferiores aos de 2015. A queda chega a 67,73% nas casas de quarto dormitórios em cidades da faixa central do Litoral, como Guarujá, São Vicente e Santos. A diária desse tipo de imóvel está custando em média R$ 968, valor que no ano passado era de R$ 3 mil. Outros exemplos significativos desse movimento de baixa são os apartamentos de dois e de três dormitórios em cidades do Litoral Norte como Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela. As unidades de dois dormitórios em oferta nas imobiliárias estão com a diária cotada a R$ 250, valor que é 57,44% menor que os R$ 587,50 pedidos por eles ano passado. Os de três dormitórios tiveram redução de 46,04% na diária, de R$ 695 em 2015 para R$ 375 este ano. Segundo a pesquisa Creci-SP, comparado com o feriado de 2015, houve queda das diárias em cinco dos seis tipos de imóveis disponíveis para locação no Litoral Central. No Litoral Norte, foram quatro tipos de imóveis com diárias menores e duas com valores maiores do que em 2015. No Litoral Sul, cinco tipos de imóveis estão com diárias mais baratas e três com diárias mais caras nessa mesma comparação. - A realidade se impõem, e não seria diferente com o aluguel de apartamentos oferecidos para o lazer de famílias que estão controlando o orçamento doméstico com lupa - afirma José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP. Ele acrescenta que a redução dos valores diários não elimina os descontos, "que sempre podem ser negociados quando se aluga com antecedência nas imobiliárias, que têm a competência técnica e a credibilidade necessárias para fazer a ponte com os donos dos imóveis". Se a opção de passar o feriado na praia for a de se pagar o menor valor possível por um imóvel, a pesquisa Creci-SP apurou que há três opções. Por R$ 100 diários dá para conseguir um apartamento ou casa tipo quitinete em cidades do Litoral Sul como Praia Grande e Peruíbe ou uma casa de um dormitório nas cidades do Litoral Norte. Os aumentos nas diárias de locação variaram de 2,93% a 71,42%, segundo a pesquisa do Creci-SP. Essa diária com menor variação do feriado de Tiradentes de 2015 para o deste ano foi a das casas de três dormitórios nas cidades do Litoral Norte, cuja diária de locação passou de R$ 655,76 para R$ 675. O aumento de 71,42% ocorreu com os apartamentos de três dormitórios no Litoral Sul, em cidades como Praia Grande e Peruíbe. O valor da diária saltou de R$ 350 em 2015 para R$ 600 este ano. Uma das opções buscadas por famílias pequenas ou casais, apartamentos e casas de dois dormitórios são encontradas por diárias médias de R$ 250 no Litoral Norte, de R$ 264 e R$ 328 no Litoral Central e de R$ 254 e R$ 310 no Litoral Sul. Os proprietários de imóveis nas cidades pesquisadas pelo Creci-SP no litoral de São Paulo admitem alugar seus imóveis, apartamentos ou casas de variadas dimensões, por um dia apenas ou por até quatro dias. O número de pessoas admitidas nos imóveis varia de quatro no máximo nas quitinetes a até 20 em casas de quarto dormitórios. A pesquisa do Creci-SP foi feita nas cidades de Peruíbe, Mongaguá, Praia Grande, Itanhaém, Caraguatatuba, Ubatuba, Ilhabela, São Sebastião, Guarujá, São Vicente, Bertioga e Santos.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor