Advertisement

SEG NOTÍCIAS - Justiça fixa teto de 5,72% para reajuste de planos de saúde

Seguros / 13 Junho 2018

 

Liminar concedida pela Justiça Federal de São Paulo determina que o reajuste dos planos de saúde individuais e familiares devem ser de 5,72%, no máximo, em 2018. A Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS) deverá aplicar a inflação setorial de saúde como teto para a correção. O aumento autorizado não poderá ultrapassar o percentual do Índice Nacional de Preços ao Consumidor - Amplo (IPCA) relativo à saúde e cuidados pessoais. A decisão foi proferida na terça-feira (12) pelo juiz José Henrique Prescendo, da 22ª Vara Cível Federal de São Paulo, que acatou pedido do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).

A Ação Civil Pública (ACP) movida pelo Idec teve como base relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) que aponta distorções, abusividade e falta de transparência na metodologia usada para calcular o percentual máximo de reajuste de 9,1 milhões de beneficiários de planos individuais. Em 2015, 2016 e 2017, os reajustes permitidos pela agência superaram 13% ao ano.

A decisão faz justiça a milhões de consumidores lesados pela agência, seja por impedir que uma metodologia equivocada continue prejudicando consumidores em todo o país, seja por reconhecer que a agência vem, há anos, faltando com a transparência e privilegiando os interesses das empresas em detrimento dos consumidores, afirmou a presidente do Conselho Diretor do Idec, Marilena Lazzarini.

Segundo o Idec, a metodologia utilizada pela ANS para calcular o índice é a mesma desde 2001 e leva em consideração a média dos percentuais de reajuste aplicados pelas operadoras aos planos coletivos com mais de 30 usuários. O problema, constatou o TCU, é que os reajustes dos planos coletivos, base para calcular o aumento dos individuais, são informados pelas próprias operadoras à ANS e sequer são checados ou validados de forma adequada pela agência, disse o Idec, em nota.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) disse, em nota, que vai recorrer da decisão proferida da Justiça. A agência reguladora repudia ações desprovidas de fundamentação técnica que acabam causando comoção social e viés pró-judicialização de temas sob responsabilidade do órgão.

Segundo a ANS, as decisões do órgão são baseadas em informações técnicas. “É preciso considerar que o setor de planos de saúde possui características específicas que influenciam a formação do percentual de reajuste, como a variação da frequência de utilização e variação de custos em saúde, crescente em todo o mundo.

 

Seis inovações tecnológicas que estão transformando a área da saúde - A tecnologia está cada vez mais presente no dia a dia da sociedade moderna. A expectativa de vida, por exemplo, aumentou em mais de 30 anos, desde 1940, segundo dados do IBGE, devido aos avanços da medicina e tratamentos que surgiram graças às novas ferramentas e soluções digitais. As invenções estão mudando o panorama de saúde no Brasil e no mundo, com aplicações que podem ser usadas tanto por instituições do setor, quanto por pessoas comuns que buscam maior conveniência e agilidade para cuidar de sua saúde.

Conheça seis delas:

Impressão 3D - Essa tecnologia viabiliza a confecção de objetos como próteses, complexos órgãos humanos e até mesmo a impressão de células de forma muito mais rápida e com um nível de detalhe e personalização sem precedentes. A Stratasys, no mercado de impressões 3D há mais 25 anos, aposta nessa ferramenta para trazer inovação no setor de saúde, com atuação nas áreas aeroespacial, automotiva e de educação.

Inteligência Artificial - No Brasil, pesquisadores da Faculdade de Saúde Pública Universidade de São Paulo (FSP-USP) usam a inteligência artificial para realizar importantes previsões para a saúde pública, no Laboratório de Big Data e Análise Preditiva em Saúde (Labdaps). Com análise de diagnósticos e sintomas de pacientes salvos em uma base de dados, é possível identificar padrões e prever com maior precisão doenças como dengue, zika e chikungunya.

Robôs-cirurgiões - Imagine um cirurgião que, além de ser totalmente livre de tremores, também não hesita e realiza cortes com precisão milimétrica. Estes são os robôs-cirurgiões, usados em todo o mundo, inclusive no Brasil, em procedimentos minimamente invasivos. Tecnologias desse tipo, como o STAR (sigla em inglês para "Robô Autônomo Inteligente para Tecidos") funcionam como um braço mecânico e são de grande ajuda para médicos e profissionais que precisam de um desempenho excelente nas cirurgias.

Uber de consultas - Para agilizar o agendamento de consultas e exames, plataformas online conectam profissionais de diversas especialidades, laboratórios e consultórios a pacientes, a partir de sua localidade. A startup Doutor 123 atua como um marketplace de serviços de saúde e permite que o indivíduo escolha o dia e horário para realizar a consulta ou um exame de acordo com sua preferência, com pagamento e atendimento completamente remotos.

Exame de vista direto do smartphone - Segundo a Organização Mundial da Saúde, 80% dos casos de problema de visão poderiam ser evitados. No entanto, o uso de equipamentos adequado para realizar os exames é limitado, devido a localização ou situação econômica. Para contornar esse cenário, o aplicativo Peek, permite diagnosticar cataratas, glaucoma e detectar outras doenças como diabetes e hipertensão em pacientes, a partir de uma varredura feita com a câmera do smartphone.

Aplicativos para acessibilidade - Já existem inúmeros gadgets para que pessoas com deficiência tenham maior independência. O Voice Over, por exemplo, é uma ferramenta do Sistema iOS que funciona como um leitor de tela para pessoas que não enxergam. Por meio dele, é possível acessar aplicativos, redes sociais e ganhar autonomia na rotina de trabalho, estudos e comunicação digital. Já o Handtalk, é aplicativo que ajuda a comunicação de pessoas de deficiência auditiva, por meio de tradução para a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras

 

Aplicativo WhatsApp para agilizar processos de indenização de segurados - A Sompo Seguros S.A, empresa do Grupo Sompo Holdings, acaba de lançar um novo recurso que vai tornar ainda mais rápido o processo entre o acontecimento de uma ocorrência e a indenização ao segurado. A partir de agora, a análise, regulação e liquidação dos sinistros de Automóvel e Ramos Elementares (Residencial, Condomínio, Empresarial, Empresarial PME, Equipamentos entre outros), de baixa complexidade, podem ser feitos totalmente via WhatsApp.

Nos processos selecionados, ao abrir um sinistro, todo o trâmite é acompanhado por um analista que orienta o corretor de seguros ou o segurado a enviar os documentos e imagens do objeto do sinistro (veículo ou bem avariado) via WhastApp para a constatação dos danos e análise, regulação e liquidação do sinistro.

Após abertura de sinistro, os processos selecionados serão acompanhados por um analista que irá orientar o cliente a enviar os documentos e imagens do veículo e/ou bens avariados pelo aplicativo WhatsApp para constatação dos danos e para a regulação, análise e liquidação. Ou seja, o processo completo até chegar na sua solução, a indenização.

Entre os documentos a serem encaminhados estão: 1) Pessoa Física - Imagens do RG, CPF, comprovantes de endereço; Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), quando for o caso de sinistro de Automóvel; 2) Formulário de informações cadastrais (enviado pela Sompo Seguros via WhatsApp na hora em que há a Comunicação de Sinistro); Fotos dos danos (orientações são encaminhadas também via WhatsApp) 3) Pessoa Jurídica - Foto do contrato Social e última alteração; Fotos de comprovantes de endereço; Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), no caso de seguro de Automóvel; Fotos dos danos (orientações são encaminhadas também via WhatsApp); Foto do Orçamento

 

CVG-RJ presencia debate sobre Vida e Previdência em evento da FenaPrevi - O presidente do Clube Vida em Grupo do Rio de Janeiro (CVG-RJ), Carlos Ivo Gonçalves, participou, nesta terça-feira, 12 de junho, da 9ª edição do Fórum Nacional de Seguro de Vida e Previdência Privada.

O evento, promovido pela FenaPrevi em São Paulo, reuniu especialistas e lideranças em torno do debate sobre as tendências e inovações do segmento dos seguros de Pessoas, modelos de regimes previdenciários e desafios econômicos que estão por vir.

 

Porto Seguro inaugura Centro Automotivo em Uberlândia (MG) - Os Centros Automotivos Porto Seguro ampliam sua presença em Minas Gerais, com endereço em Uberlândia, localizado na Avenida João Naves de Ávila, 2977, no bairro Santa Mônica. No local, tanto segurados quanto não segurados podem realizar serviços de qualidade de mecânica, elétrica e eletrônica com profissionais de confiança.

Este é o segundo Centro Automotivo Porto Seguroem Uberlândia. Em todo o país, já são mais de 300 unidades. Aos segurados, os locais oferecem, gratuitamente, serviços como: reparo de furo do pneu, troca de lâmpadas externas, regulagem do foco dos faróis, cristalização do para-brisa e rodízio dos pneus. E para quem não é segurado, o espaço disponibiliza diversos serviços e peças com valores diferenciados, diagnósticos completos de injeção eletrônica, bateria e alternador, amortecedor e molas, suspensão e direção, sistema de arrefecimento e de freios, além de troca de óleo do motor e filtros.

Para o gerente da Sucursal Porto Seguro em Minas Gerais, Wesley Andrade, é uma satisfação poder inaugurar mais um centro completo de serviços na região do Triângulo Mineiro. "Nossos clientes agora passam a contar com mais uma opção de acesso aos nossos serviços, que já são oferecidosem outras regiões do Estado. Segurados e não segurados estão convidados a conhecer e aproveitar todo o atendimento que prestamos por lá”, destaca Andrade.

 

Bolsa em baixa e dólar em alta - O mercado de ações operava, às 17h05 desta quarta-feira (13), em baixa de 1,2%, com o Ibovespa recuando para 71.882 pontos. O dólar comercial em alta de 0,17% vendido a R$ 3,714.O euro em alta de 0,25% cotado a R$ 4,379.

 

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL

 

Qualificação profissional para jovens de comunidades carentes - A importância da cidadania é respeitar, participar e auxiliar em melhorias na vida de outras pessoas. A Kuantta Consultoria em um trabalho voluntário com a Correcta Corretora de Seguros, a CVC Advogados Associados e a Diretoria de Ensino do Sincor RJ em parceria com a PUC Rio, vão ministrar aulas para jovens de comunidades carentes sobre Teoria Geral do Seguro e Produtos de Varejo; Gerenciamento de Risco e seguros para grandes riscos; Responsabilidade Civil do Corretor de Seguros; e os detalhes do Código de Defesa do Consumidor.

O início das aulas será no dia 5 de julho e fazem parte do Núcleo de Estudo e Ação Sobre o Menor (Neam), onde a universidade desenvolve ações comunitárias há 36 anos, mantendo atividades educacionais para crianças e adolescentes, em locais onde o acesso à informação e as condições de sobrevivência são precárias.

A integração desse projeto sobre a importância da cultura do seguro na sociedade vai somar com diversas áreas de conhecimento, criando novos caminhos de interseção entre o método indutivo aplicado durante as aulas, estimulando a troca de experiência e favorecendo a integração social, onde as seguradoras, as corretoras de seguros e as empresas prestadoras de serviços ligadas ao setor, terão a oportunidade de ter mão de obra qualificada, além de criar uma ponte entre a teoria e a prática de maneira espontânea, gerando renda e empregabilidade aos menos favorecidos.

De acordo com o idealizador da Kuantta, Arley Boullosa, iniciativas de compartilhar a cultura do seguro para jovens que são moradores de comunidades carentes pode iniciar um novo ciclo para uma vida melhor. Como professor e profissional atuante no setor de seguros por quase 30 anos, essa missão de compartilhar conhecimento conduz uma oportunidade que estamos dando junto com a PUC Rio para mostrar a eles um caminho diferente das drogas e do crime. A Universidade sempre ensinou e agora estamos tentando um viés de profissionalização com as disciplinas de seguros. Nosso mercado tem muita dificuldade em conseguir mão de obra qualificada e queremos ajudar nisso também. Temos o selo de uma grande Universidade e profissionais muito experientes que estou selecionando para ministrar as aulas para os adolescentes. Quero começar com uma palestra mostrando como é possível ter uma profissão e uma carreira no mercado de seguros e depois partir para noções básicas de seguros e em seguida ramos como automóvel, vida, saúde, previdência, patrimonial (residencial, empresarial, condominial), etc. O Sincor-RJ através do trabalho da Diretoria de Ensino e Tecnologia, onde atualmente sou o responsável e com o apoio do Presidente Henrique Brandão, vai dar suporte aos formandos, encaminhando os mesmos para o mercado de trabalho.

O Núcleo de Estudo e Ação Sobre o Menor (Neam) aposta na criatividade e na potencialidade de todos os participantes do projeto, tendo como base abrir perspectivas para a compreensão do saber. Elevar diferenças sociais e culturais da busca da solidariedade humanitária, transformando adolescentes de classes populares em cidadãos e agentes da transformação da sociedade que vivem. Para o Coordenador do NeamPUC Rio, Davison Coutinho, as aulas sobre seguros são temas inéditos e só desses jovens terem uma perspectiva de futuro, ele acredita que esse trabalho renderá bons frutos.Sendo o Neam, um núcleo que há 37 anos busca transformar jovens de comunidades em agentes da transformação. A inclusão da formação na área de seguros e gerenciamento de riscos gera um novo campo para formação dos nossos jovens, agregando outro caminho profissional, capacitando jovens e formando mão de obra qualificada e consciente do papel social e relevante de um corretor que deve estar apto a atender e mediar as mais diversas situações, concluiu.


ENDOSSANDO

 

Sincor-RJ promove almoço com os corretores da Região Sul Fluminense - Com o objetivo de ampliar o canal de relacionamento com a categoria, o Presidente Henrique Brandão e os seguintes membros da Diretoria: Mariano Leite (Diretor Financeiro), Nilo Rocha (Diretor Social), Mauro Bacherinni (Diretor Executivo) e Luiz Henrique (Delegado Sindical da Região Sul Fluminense) estiveram presentes nesta quarta-feira, em um encontro com cerca de 80 corretores, na Churrascaria Cutuba, em Três Rios, na Região Sul Fluminense.

De acordo com o Presidente do Sincor-RJ, Henrique Brandão, ter disponibilidade de tempo de ouvir o corretor de seguros e quais são as suas dificuldades, é fundamental para dar todo suporte necessário, junto ao trabalho de integração do Sindicato com as Seguradoras e empresas prestadoras de serviço e ao profissional que atua em atividades ligadas ao setor. O processo de interiorização do Sindicato se consolida não só na nossa aproximação com os corretores, mas também em procurar estar presente com a finalidade de dar todo suporte necessário quando surge um contratempo, e até mesmo tirar dúvidas em relação às atividades do Sincor-RJ. Não só eu como Presidente, mas toda nossa diretoria está sempre ao dispor de todos, especificou Brandão.

 

HAPPY HOUR

 

 "A música é imortal para mim. É aquela coisa do palco, aquele momento rápido pelo qual você vive. Não dura nada, mas é a razão pela qual se vive".

Bruce Springsteen