SEG NOTÍCIAS - FenaPrevi: investimento em previdência privada cresce 13% no semestre

Seguros / 28 Novembro 2017

A previdência privada é uma aposentadoria que não está vinculada ao INSS. Geralmente a busca pelo plano é feita por famílias que procuram manter o padrão de vida quando vier a se aposentar (família com filhos fazem parte da grande maioria), uma vez que a preocupação com a preservação do futuro, educação dos filhos e até mesmo de empresas é muito importante para grande parte das famílias.

Nos planos de previdência Privada pode-se determinar como será o recebimento, vitalício ou por um determinado período. Ainda relacionado à possibilidades, é possível determinar se os filhos e a mulher conseguirão manter o pagamento ou se ele se esgotará na morte do titular.

Ao contratar um plano de previdência privada, a pessoa deve estar atenta à cobrança de impostos. Já que existem duas formas de tributação: regressiva (favorece retirada de uma vez e é recomendada para aquela pessoa que pretende fazer o resgate em longo prazo) ou progressiva (favorece retirada em parcelas é sugerida para pessoas que têm em vista receber o dinheiro parcelado).

De acordo com a Federação Nacional de Previdência Privada (FenaPrevi), o volume investido em previdência privada cresceu 13% no primeiro semestre de 2017, mesmo com a crise econômica.

.

Dpvat - A Seguradora Líder criou, no segundo semestre, uma comissão de alto nível para debater oportunidades de aprimoramento do modelo atual do Dpvat, a fim de construir um projeto consistente, independente e inovador para gestão do Seguro, que reflita efetivamente as necessidades do conjunto da população.

As discussões incluem representantes do Governo Federal, líderes de entidades como a CNseg, a Fenacor e a Funenseg, além de executivos do mercado segurador nacional e especialistas nos temas relacionados ao Dpvat. Nomes como Marcio Coriolano, presidente da CNseg; Jayme Garfinkel, presidente do Conselho da Porto Seguro; Arthur Rollo, da Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça; e Ricardo Morishita, ex-Sscretário de Defesa do Consumidor, integram a comissão e já foram ouvidos.

"Nosso objetivo é refletir sobre quais medidas devem ser tomadas para que o Seguro Dpvat cumpra seu papel social de forma ainda mais ampla. Há muito que ser feito na melhoria do sistema, mas existe o empenho da Seguradora Líder e de todas as seguradoras participantes do Consórcio para fazer a diferença na gestão deste importante seguro social", esclarece Ismar Tôrres, diretor-presidente da Seguradora Líder.

Uma possível reformulação do Seguro Dpvat prescinde, necessariamente, de aprovação do Legislativo. Mas, antes desse estágio, a Seguradora Líder quer mobilizar diversos setores da sociedade, ouvindo diferentes interlocutores, muitos deles até críticos ao modelo atual, a fim de colher subsídios que venham efetivamente contribuir para a evolução do Seguro Obrigatório.

Esses dados e opiniões coletados servirão de base para nortear o trabalho de uma consultoria internacional, cuja missão será estudar diferentes modelos existentes no mundo, que possam subsidiar a formulação de um novo modelo de gestão para o Seguro Dpvat.

"Montamos uma comissão que garante a realização de um trabalho independente, com pessoas que nos indiquem pontos sensíveis e onde devemos evoluir. Nossa meta é olhar o futuro e não estimular o saudosismo e o retorno a práticas que já foram adotadas no passado e não funcionaram", afirma Tôrres.

.

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL

Encontro Nacional de Atuários - O 5º Encontro Nacional de Atuários, que ocorreu na 8ª Conseguro, em setembro, teve como um dos momentos centrais o debate sobre alternativas e oportunidades do mercado de capitalização com um viés do consumidor. O evento é discutido em novo episódio do Canal Seguro, no YouTube, em que o presidente da FenaCap, Marco Barros, entrevista o presidente da Comissão de Produtos e Coordenação (FenaCap), Natanael Casto, e o presidente da Comissão Atuarial, Bernardo Ferreira Castello.

"O foco aqui é o consumidor. É importante que saibamos ouvir, refletir e atender da melhor forma possível às demandas dos clientes, que estão cada vez mais exigentes, antenados e multimídia", afirma Natanael Castro. Para ele, o evento é importante também para demonstrar que o setor tende a crescer e, para que isso ocorra, é fundamental a colaboração de todos os agentes, particularmente da Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Bernardo Castello abordou, no evento, sobre como é possível flexibilizar o sistema de cotas do título de capitalização em prol de um melhor produto para os clientes. "O sistema de cotas é a forma como estruturamos o produto e, hoje, trabalhamos com três pilares. O primeiro é a cota de capitalização, que é aquela em que o dinheiro será capitalizado e a entidade em questão pagará um resgate ao final da vigência do título. O segundo é a cota de sorteio, que visa a fazer frente a todos os sorteios realizados por uma série; e o terceiro pilar é a cota de carregamento, que visa a fazer frente às despesas de distribuição e colocação do produto", afirma.

Marco Barros explica que as tentativas de transmitir de forma mais clara e constante os conceitos básicos do título de capitalização fazem parte do programa de Educação em Seguros, em parceria com a Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg) e as demais Federações. Para Natanael, o consumidor ainda tem pouca informação e os órgãos reguladores são mal informados sobre o produto. "A FenaCap, junto com as suas diversas Comissões, tem feito um trabalho brilhante no sentido de alargar o conhecimento e a base de informação para todos os segmentos da sociedade", explica o executivo.

"O título de capitalização é o produto que atende à camada mais necessitada da nossa população. Com isso, o enxergo como uma mola propulsora muito importante na educação financeira das classes mais carentes do nosso País", afirma Castello. "Podemos esperar que a capitalização seja um vetor e um alicerce do processo de educação financeira e educação em seguros, dando à sociedade alternativas para que possa enfrentar momentos de crise como esse em que vivemos recentemente e que, ao que tudo indica, estamos saindo", explica Marco Barros.

.

Insurtechs - São Paulo, 27 de novembro de 2017 - No próximo dia 5, a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) realizará a segunda reunião aberta do Comitê de Insurtechs. O encontro, que reúne especialistas em tecnologia e do mercado segurador e tem inscrições gratuitas, apresentará as iniciativas do comitê para o próximo semestre, uma prévia do mapa do ecossistema de Insurtechs no Brasil e dados inéditos sobre o setor. Também serão discutidos os investimentos na área e em empresas com soluções inovadoras.

"Os investimentos e o uso de tecnologia de ponta, como machine learning e IoT, estão aumentando paulatinamente, o que mostra que as startups que apostam nesse tipo de solução estão no caminho certo para conquistar esse novo nicho do mercado segurador", diz Gustavo Zobaran, coordenador do comitê.

A reunião do dia 5 dá continuidade à proposta do Comitê de realizar encontros nos principais coworkings do país, abrindo espaço para startups apresentarem seus projetos. As interessadas têm até o dia 30 de novembro para inscrever-se no site da camara-e.net (http://bit.ly/projeto-seguro). Podem participar empresas com projetos em execução e iniciativas que ainda estão apenas com um protótipo do negócio. No dia 01/12 serão sorteados duas empresas entre as inscritas.

O Comitê de Insurtechs da camara-e.net é uma iniciativa inovadora no Brasil e tem como missão ser o hub de referência colaborativo para impulsionar o desenvolvimento das insurtechs brasileiras. Criado em junho de 2017, ele tem, entre seus associados, várias empresas que compõem o ecossistema do setor, o que dá à equipe um leque maior de conhecimento e de atuação.

.

Congresso - I - O Congresso de Desenvolvimento Profissional em Enfermagem (Condepe), marcado para 3 e 4 de abril de 2018 no Transamerica Expo Center, em São Paulo, apresentará o que há de mais resolutivo e avançado para atender às necessidades de cuidado e assistência aos pacientes.

Com a participação de gabaritados especialistas do Brasil, o Condepe 2018 dispensará especial atenção ao campo da terapia intensiva, tratando de questões como o uso da microdiálise em paciente neurológico, a utilização do balão intra-aórtico, processos dialíticos na insuficiência renal, a atuação do enfermeiro na pós-cirurgia cardíaca, monitorização invasiva e não invasiva do paciente crítico.

"Nosso intuito é reciclar o conhecimento científico e aperfeiçoar a prática de enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, proposta imprescindível para um segmento em que as descobertas e novidades são inúmeras, todos os dias. Certamente, permitirá a interação entre todas as especialidades de nossa área, o que também é essencial à promoção de saúde eficaz e segura à população", afirma Débora Feijó Vieira, presidente da Associação Brasileira de Enfermagem em Terapia Intensiva (Abenti) e professora da Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Entre as metas prioritárias do Condepe 2018, merece destaque a melhoria dos desfechos clínicos para a qualidade de vida na pós-alta da UTI. Assim, a temática será distribuída em diversas atividades com interação dos congressistas, como palestras, workshops e oficinas.

Aliás, haverá um workshop específico sobre as necessidades de cuidados aos pacientes e seus impactos no dimensionamento da equipe de enfermagem, além de oficina sobre atuação do enfermeiro na ventilação mecânica.

O Congresso trará também novidades em terapia nutricional e intensiva, feridas e estomas, traumas, pacientes críticos, estética, saúde, enfermagem forense, entre outras. As inscrições estão abertas, podendo ser efetuadas no site www.condepe2018.com.br, onde há informações gerais sobre a programação científica e atividades práticas.

.

Congresso - II - Com o objetivo de discutir temas ligados às doenças neurológicas de origem genética, incluindo aspectos clínicos e questões relacionadas ao diagnóstico e tratamento dessas enfermidades, será realizado nos dias 23 e 24 de março de 2018 o I Congresso Brasileiro de Neurogenética. O evento, que acontecerá no Tivoli Mofarrej São Paulo Hotel, na capital paulista, é promovido pelo Departamento Científico de Neurogenética da Academia Brasileira de Neurologia (ABN) e pela Associação Paulista de Medicina (APM).

"O Congresso abordará inicialmente questões básicas de neurogenética, tais como conceitos de cromossomo, gene e mutação. Em seguida, vamos para uma abordagem envolvendo técnicas de diagnóstico genético, as quais incluem CGH-array, painéis de genes, exoma e o sequenciamento do genoma. Também teremos uma abordagem sobre doenças específicas, tais como doenças neuromusculares, distúrbios do movimento de origem genética, ataxias, paraparesias espásticas, doenças neurológicas hereditárias da infância, autismo, deficiência intelectual e epilepsias", adianta José Luiz Pedroso, coordenador do DC de Neurogenética da ABN, professor afiliado da Escola Paulista de Medicina da Unifesp e presidente do Congresso.

O evento também receberá dois professores internacionais de destaque na área de neurogenética. O professor Guy Rouleau, do Canadá, pesquisador de neurologia e doenças genéticas, ministrará duas palestras: genética do tremor essencial e outra sobre genética da esclerose lateral amiotrófica. Já o professor Arndt Rolfs, da Alemanha, abordará o sequenciamento do genoma como uma técnica moderna de investigação de doenças genéticas raras.

Com expectativa de 500 participantes, o Congresso reunirá pesquisadores da área básica como biomédicos, biólogos, geneticistas, neurocientistas, neurologistas clínicos da prática diária, neuropediatras e clínicos gerais, nacionais e internacionais, para a troca de experiências e conhecimentos na área. Muitos professores brasileiros de diferentes estados, com vasta experiência nas doenças neurogenéticas, farão apresentações durante o Congresso.

"As doenças neurológicas de origem genética têm extrema importância na prática diária dos neurologistas e neuropediatras, e também como fonte importante para pesquisas. O tema se destacou na última década, devido ao desenvolvimento das técnicas mais modernas para o diagnóstico, tais como o sequenciamento do exoma. Além disso, algumas doenças neurogenéticas já possuem tratamento específico, algo que era distante da nossa realidade. Esse evento certamente irá contribuir para a geração de conhecimento, como orientações para a prática diária e para troca de experiências. Recomendações sobre qual exame solicitar, aconselhamento genético e tratamento serão abordadas durante o Congresso", avalia Pedroso.

.

ENDOSSANDO

Convidados em Curitiba - Ainda celebrando seu aniversário de dois anos de atuação no Brasil sob marca própria, a Travelers Seguros recebeu na noite de 22 de novembro, em Curitiba, cerca de 90 corretores para o "Corretor Craque", evento que reforça o comprometimento com o mercado segurador do estado do Paraná.

"Essa foi uma oportunidade de reiterarmos nosso compromisso com o Paraná, construído por meio do relacionamento com os corretores locais", diz Leonardo Semenovitch, presidente da Travelers no Brasil. "A Travelers está neste ramo há mais de 160 anos, dois deles no Brasil, e nós valorizamos as parcerias de negócios que fizemos no Paraná e em todo o País. Almejamos continuar este trabalho com os corretores".

Além dos corretores da região, o "Corretor Craque" contou com a participação de executivos da companhia e outros convidados que discutiram negócios, desfrutaram de uma animada partida de futebol, jantar e outras atividades.

"Já participei outras vezes do evento, é uma iniciativa que ninguém faz no mercado e acho espetacular porque aproxima bastante o corretor da área comercial da seguradora. Existe uma troca de informações, que não temos oportunidade de ter no dia-a-dia", Herbert Vicentin, da corretora Vicentin.

"É um evento que faz uma integração bacana entre os representantes da Travelers e os corretores fora do ambiente de trabalho, sendo possível conhecer um pouco melhor de cada um. Poder trazer a família é um diferencial porque a família pode conhecer um pouco das pessoas que estão no dia-a-dia do seu par", Alberto Ferraz de Mello Neto, Abouaf Corretora.

"Esperamos continuar organizando eventos como o "Corretor Craque" por muitos anos. Este tipo de evento é uma importante plataforma para compartilhar nosso conhecimento em um ambiente amigável e informal", finaliza Semenovitch.

.

Plano odontológico individual - A SulAmérica passa a comercializar, a partir deste mês, um plano odontológico específico para pessoa física, que oferecerá cobertura para mais de 200 tipos de procedimentos de saúde bucal por apenas R$ 43,90 mensais por beneficiário. Os corretores de seguros poderão ofertar a seus clientes a contratação do SulAmérica Odonto Individual por meio de uma plataforma online rápida e intuitiva, em apenas três passos.

"O SulAmérica Odonto Individual é um produto moderno, completo e ideal para quem busca um plano odontológico de qualidade, com cobertura ampliada e abrangência nacional, por um custo acessível. Com este lançamento, alcançaremos uma parcela significativa da população que ainda não tem cobertura odontológica e que poderá contar com um produto de excelência para cuidar da própria saúde bucal e de toda a família", afirma o vice-presidente de Saúde e Odonto da SulAmérica, Maurício Lopes.

O SulAmérica Odonto Individual permite a inclusão de cônjuge e filhos como dependentes do plano, com total acesso à rede odontológica e aos mais de 200 tipos de procedimentos cobertos, que incluem exames de diagnóstico, odontopediatria, periodontia, cirurgias e próteses previstas no rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), além de emergência 24 horas. O produto oferece, ainda, reembolso parcial para consultas odontológicas e outros tratamentos cobertos que sejam realizados fora da rede referenciada no Brasil ou no exterior, conforme tabela do plano.

A experiência de contratação e utilização por canais digitais é mais um diferencial do produto. O corretor de seguros poderá personalizar o site de contratação do SulAmérica Odonto Individual, com a inclusão do seu logo, foto e contatos. Além do ambiente eletrônico para adquirir o plano de forma simplificada, com pagamento via cartão de crédito, após a contratação o beneficiário consegue acessar informações e serviços por meio do site Saúde Online e do aplicativo SulAmérica Odonto, disponível nos sistemas iOS (Apple) e Android (Google). Por meio deles, é possível consultar a rede referenciada, acessar a carteirinha virtual e acompanhar o extrato de utilização, além de conferir a lista de medicamentos com até 85% de desconto em farmácias parceiras.

.

Seguradora foi destaque na categoria Gestão de Pessoas, com o projeto Mova

A Tokio Marine, foi a vice-campeã na 17ª edição do Prêmio ABT. A seguradora foi premiada na categoria Gestão de Pessoas - Empresas Contratantes, com o case "Mova - Vá além", que consistiu em um treinamento lúdico presencial oferecido a todos os colaboradores das matrizes da Companhia com intuito de fortalecer sua cultura organizacional. A Tokio Marine também foi premiada na edição de 2015.

Realizada pela Garrido Marketing, em conjunto com o Instituto Brasileiro de Marketing de Relacionamento (IBMR), a ação é reconhecida como uma das principais na valorização das melhores práticas de relacionamento com o cliente.

.

Microsseguro chega a 2 milhões de bilhetes vendidos

O Microsseguro da Caixa Seguradora, o Amparo, atingiu a marca de 2 milhões de bilhetes vendidos desde o lançamento, em 2011. Desse total, 382 mil bilhetes foram comercializados de janeiro a setembro de 2017, uma expansão de 41% em relação ao mesmo período do ano passado.

Vendido em casas lotéricas e em correspondentes bancários Caixa Aqui, o seguro costuma fazer sucesso entre o público de baixa renda. "É um produto muito barato e tem contratação simplificada. Isso acaba atraindo um novo público para o mercado segurador", explica o diretor de Seguros de Vida da Caixa Seguradora, Maurício Maciel.

Por a partir de apenas R$ 30 por ano, o seguro dá assistência funeral para morte de qualquer causa e indenização em caso de morte acidental. Os clientes ainda concorrem a sorteios mensais de até R$ 60 mil.

.

Fundo de seguridade social da China registra superávit em 2016

O fundo de seguridade social da China teve um superávit de 650,8 bilhões de iuanes (cerca de US$ 99 bilhões) em 2016, informou o Ministério das Finanças nesta terça-feira em um relatório de contabilidade final.

O superávit elevou o balanço total do fundo para 6,54 bilhões de iuanes no final do ano passado.

A receita total do fundo aumentou 8,1% anualmente para 5,01 trilhões de iuanes, enquanto o gasto cresceu 11,5% para 4,36 trilhões de iuanes. Cerca de 73% da receita vieram de prêmios de seguros e outros 22% foram dos subsídios governamentais. O restante foi de pagamentos de juros, retornos de investimento ou doações.

O crescimento mais rápido do gasto em relação à receita reflete a pressão da população em envelhecimento. A porção das pessoas com idade superior a 60 anos foi de 16,7% da população total no final do ano passado, e cresceu rapidamente durante anos.

O fundo de seguridade social da China cobre a pensão de idosos, cuidados médicos básicos, seguros de ferimentos relacionados ao trabalho, seguro-desemprego e licença-maternidade.

.

Comunicado - Em nota, a Tokio Marine nega veementemente que a comercialização de seus produtos no Rio de Janeiro tenha sido cancelada ou restringida, de acordo com algumas notícias que circularam erroneamente na imprensa.

Pautada pela transparência, a seguradora afirma que não há restrição alguma no Rio de Janeiro ou em qualquer outro estado do Brasil.

A Tokio Marine, aliás, obteve no Rio de Janeiro um dos melhores desempenhos de sua carteira, apresentando crescimento de 34,6% entre janeiro e setembro ante resultado do mesmo período do ano anterior, de acordo com a Susep (dados de setembro de 2017). Somente em outubro, esse índice foi de 48,4%. Esse resultado estabeleceu a Tokio Marine como a terceira colocada no ranking de Automóvel do estado.

Os números refletem o claro posicionamento da companhia, que é o de desenvolver produtos e serviços adequados e flexíveis, com qualidade de entrega e um amplo portfólio que atende todos os tipos de clientes.

Por fim, a Tokio Marine reitera seu compromisso com corretores, assessorias e clientes de proporcionar tranquilidade e segurança às pessoas e empresas, contribuindo para o desenvolvimento da sociedade.