Advertisement

SEG NOTÍCIAS  Dicas sobre os cuidados ao inserir a cobertura para o seguro de um evento

Seguros / 12 Junho 2018

Ao organizar qualquer tipo de solenidade, das mais simples as mais sofisticadas, é preciso ter noção de quantos detalhes devem ser pensados com o máximo de cuidado, para que tudo aconteça conforme o planejado. Mesmo com visão estratégica, alguns imprevistos podem ocorrer, por mais que a equipe envolvida no projeto mantenha o controle sobre tudo, como acidentes envolvendo participantes/público ou funcionários e prestadores de serviços que estarão trabalhando no local, danos a equipamentos durante montagem ou desmontagem, explosões, incêndios, o não comparecimento de uma atração ou fornecedor e até o cancelamento em função do mau tempo.

Com objetivo de evitar contratempos que gerem prejuízos, muitas empresas apostam na contratação do seguro para eventos na hora de estruturar uma cerimônia, independente do seu formato. As coberturas inseridas na apólice são capazes de garantir tranquilidade para quem organiza e prioriza a segurança aos convidados e a equipe responsável pela ação.

De acordo com o sócio diretor da Ayfa Seguros, Fauze Farhat, quem contrata os serviços de um evento para qualquer ocasião, arca com as consequências dos danos causados, independente de quais sejam.

“Qualquer acontecimento que coloque em risco uma vida ou um objeto, é por lei, responsabilidade de quem organizou. Isso precisa ficar bem claro, porque a necessidade da contratação de uma apólice para qualquer eventualidade, é fundamental. Além dos prejuízos financeiros que um acidente ou imprevistos podem ocasionar, a organização terá que arcar com todos os custos de reparo e possíveis indenizações judiciais. Fora a imagem da companhia que contrata, que pode sofrer um dano e perder toda credibilidade de um trabalho que vem sendo planejado por muito tempo. É preciso refletir em relação a repercussão de pessoas que não possuem condições de arcar com auxílio imediato e eficiente em casos de acidentes, onde o seguro dá todo suporte necessário”, explica Farhat

A Ayfa Seguros preparou uma relação com as principais coberturas para garantir o sucesso do seu evento: Danos a equipamentos durante a montagem, instalação, utilização, desmontagem e transporte; Acidentes Pessoais; Dano, furto ou roubo a veículos de convidados ou funcionários estacionados no local do evento; Subtração de valores de bilheterias; Não comparecimento, atraso ou acidentes referentes ao fornecimento de comidas e bebidas; Danos a edifícios e construções de terceiros; Não utilização do espaço do evento; Ações judiciais de danos morais; Acidentes e danos causados com fogos de artifício; Explosões e Incêndios; Cancelamento do evento devido a fenômenos climáticos; Não comparecimento das atrações confirmadas para o evento.

Existe a possibilidade da contratação das coberturas adicionais, que são facultativas a cada uma das opções e deve ser bem estudada e avaliada antes de entrar na apólice. Com a finalidade de atender melhor seus segurados, a Ayfa Seguros também presta Consultoria para empresas especializadas em organizações de eventos, tendo conhecimento em relação às quais coberturas são necessárias, de acordo com o perfil do que será organizado.

 

Compliance criminal e seguro são temas de café com seguro - Estão abertas as inscrições para o Café com Seguro da Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP) com o tema “Compliance Criminal e o Seguro”. O evento acontecerá no próximo dia 20, das 08h30 às 12h30 no auditório do Sindseg-SP.  Coordenado por Voltaire Giavarina Marensi, coordenador da Cátedra de Direito do Seguro da ANSP, e Edmur de Almeida - que também mediará o evento - diretor de Fóruns Acadêmicos da ANSP, a programação será dividida em quatro painéis. O primeiro contará com a participação de Marina Pinhão Coelho, doutora em Direito Penal pela USP e professora do INSPER. A palestrante discutirá a lei anticorrupção no mercado de seguros.
Guilherme Lucchesi, doutor em Direito pela USP e Master of Laws pela Cornell Law School abordará no segundo painel a lavagem de dinheiro e os riscos aos quais as seguradoras e corretores estão expostos. Para falar sobre a volatilidade do mercado de seguros e a importância do mapeamento de riscos de integridade, a terceira parte do evento terá a presença de Naiara Augusto, Especialista em Direito Penal e Processual Penal, Propriedade Intelectual, Direito Cibernético, Direito Corporativo e Compliance.

No último painel, Chiavelli Falavigno, Doutoranda em Direito Penal pela Universidade de São Paulo com período de investigação na Universidade de Hamburgo, falará das fraudes em números nas seguradoras e danos econômicos daí decorrentes. O evento é gratuito, e as vagas, limitadas. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail luciane@anspnet.org.br ou pelos telefones (11) 3333-4067 e (11) 3661-4164.

 

CVG-RJ promove palestra sobre agravamento de risco - O especialista em Direito dos Seguros Eduardo Della Giustina vai realizar, na sede do Clube Vida em Grupo do Rio de Janeiro (CVG-RJ), no dia 4 de julho, uma palestra "Uma Discussão Ampliada sobre a Embriaguez e a Comprovação do Agravamento do Risco”. Na ocasião, ele vai expor suas experiências como CEO da Expermed Perícias Médicas. Os interessados devem garantir sua participação pelos telefones (21) 2203-0393 ou 2213-2787, ou pelo e-mail cvgrj@cvgrj.com.br. O evento é gratuito. |
 

Simplificar as operações em andamento com a solução simWISE da Telit -  A Telit, facilitadora global da Internet das Coisas (IoT), está anunciando que a Porto Seguro Conecta passa a oferecer a solução simWISE da Telit para seus clientes IoT em todo o Brasil em setores como agronegócio e frota, gerenciamento e utilitários. Com a simWISE, os clientes da Porto Seguro Conecta agora podem criar dispositivos de IoT de custo mais baixo e provisioná-los e mantê-los remotamente, sem o uso de rolos de caminhão caros.
A solução simWISE substitui o cartão SIM tradicional e a bandeja por uma tecnologia SIM integrada ao módulo. Essa arquitetura reduz significativamente o custo de fabricação e de propriedade de produtos conectados, proporcionando grandes benefícios no mercado de IoT altamente sensível aos custos. “Com mais de 700.000 dispositivos conectados em todo o Brasil, a Porto Seguro Conecta estava procurando por um parceiro local no mercado brasileiro de IoT, e a Telit foi uma escolha natural”, diz Mario Calcagnini, diretor de soluções de IoT LATAM da Telit. “Esta parceria é o mais recente exemplo de como a Telit é uma empresa global com uma presença local”.
A solução simWISE da Telit oferece aos proprietários de frotas, empresas agrícolas e outras empresas flexibilidade e economia sem precedentes. “Estamos entusiasmados por oferecer a primeira tecnologia do setor, que revolucionará o mercado brasileiro de IoT reduzindo os custos de hardware e operacionais que fazem do SIM tradicional uma grande barreira à implantação”, declara Jeferson Baggio, chefe de vendas da Porto Seguro Conecta.
 

SulAmérica recebe especialista internacional em gestão Lean – SulAmérica recebeu, na sede da companhia em São Paulo, o presidente do Lean Enterprise Institute, John Y. Shook. Na ocasião, o especialista pode conhecer a bem-sucedida jornada de implementação da filosofia Lean na seguradora, além de realizar um tour por diversas áreas da empresa, guiado pela superintendente de Processos, Luciana Gomes, e se reunir com o vice-presidente de Operações e Tecnologia da companhia, Marco Antunes.

O antropólogo industrial John Y. Shook é um renomado consultor e palestrante sobre gestão Lean. Trabalhou por mais de 10 anos para a Toyota, no Japão e nos Estados Unidos, e apoiou inúmeras empresas americanas na implementação do Sistema Toyota de Produção. É autor do livro Gerenciando para o Aprendizado, no qual descreve o processo de gestão com a ferramenta A3. John é também coautor dos livros Aprendendo a Enxergar e Kaizen Express e recebeu o prêmio Sloan's Richard Beckhard Memorial Prize pelo destaque no campo de desenvolvimento organizacional.

Equipe Lean da SulAmérica recebe especialista John Y. Shook (quinto da esq. para dir.)

“A visita de John Y. Shook é reflexo de um reconhecimento internacional da SulAmérica como referência em Lean, o que nos motiva a seguir investindo em melhoria contínua de processos por meio da metodologia”, pontua Antunes. “Estamos muito orgulhosos do desempenho de todos os colaboradores da SulAmérica na adoção dessa cultura. Juntos, estamos transformando nossa operação em prol da qualidade para clientes e parceiros”, completa o executivo.

Engajada na filosofia Lean desde 2014, a SulAmérica tem apresentado resultados expressivos em projetos de redução de desperdícios e resolução sustentável de problemas nas diversas áreas da companhia, como nos fluxos de reembolso no seguro saúde e de pagamento de oficinas. A companhia investe também em treinamentos contínuos para colaboradores por meio módulos presenciais, e-learning e visitas às áreas para compartilhamento de experiências.

Neste ano, foi realizado o primeiro concurso de A3 corporativo da SulAmérica, que teve como objetivo formar e reconhecer os multiplicadores lean na seguradora. Os autores dos dois melhores trabalhos nas categorias Foco do Cliente e Excelência em Produtividade foram premiados com uma viagem para Orlando, nos Estados Unidos. Lá, terão a oportunidade de combinar lazer e aprendizado com o curso Imersão na Disney – A Magia e os Segredos da Excelência em Serviços.

 

Dicas de como é possível economizar pagando aluguel - Visto muitas vezes como vilão, optar pelo aluguel pode compensar em muitos casos. Isso é o que explica o superintendente de Riscos Financeiros e Capitalização da Porto Seguro, Luiz Henrique. De acordo com ele, é necessário desmistificar que o aluguel é “jogar dinheiro fora”, já que “a locação mensal pode custar menos da metade de uma parcela de financiamento e pode ser benéfico para muitas pessoas. Essa opção vem ganhando espaço nos últimos anos”, afirma.

Para evitar possíveis dúvidas sobre o assunto, o especialista da companhia, que oferece o Seguro Fiança aos interessados, explica como o aluguel pode ser vantajoso e como os inquilinos podem economizar dinheiro. Antes de tornar-se um inquilino, é necessário fazer alguns cálculos. O ideal é que o locador gaste no máximo 30% do orçamento com aluguel. Neste gasto deve estar contemplado condomínio e IPTU.

O aluguel é uma boa opção para quem busca evitar alguns entraves na hora de adquirir um imóvel. Diferente de quem vai comprar uma residência, que são necessários o valor da entrada para um financiamento, calcular taxas de juros e um longo prazo de financiamento, o aluguel evita essa dor de cabeça e proporciona, inclusive, a possibilidade de o inquilino aplicar o dinheiro da compra do imóvel para obter rentabilização e liquidez.

Imóveis recém-lançados, normalmente, são mais caros. O ideal para quem procura economizar é procurar por construções mais antigas. Se o inquilino mora sozinho em um imóvel e não vê problemas de dividir o espaço com outra pessoa, o custo do aluguel pode cair pela metade e influenciar diretamente na economia da renda.

É necessário entender o momento de sua vida e adequar o tamanho do seu imóvel a ele. O aluguel é o ideal para quem busca um imóvel a curto prazo, mais barato e flexível. Jovens solteiros, por exemplo, geralmente procuram por imóveis menores. Futuramente, se tiverem uma família, é provável que procurem por uma casa maior, com mais espaço. O aluguel garante essa possibilidade e se adapta de acordo com a necessidade de cada pessoa e em diferentes momentos de sua vida.

 

Jornada Internacional Global Risks - Bosco Francoy, chief operating officer (COO) da Mapfre Global Risks, e Leandro Karnal, best seller, historiador brasileiro e professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), na área de História da América, são dois dos convidados confirmados para a “Jornada Internacional Global Risks”, evento bienal que reunirá profissionais de seguros e gerenciamento de riscos de grandes empresas brasileiras para debater os desafios e as oportunidades que se abrem para o setor de Grandes Riscos.
Promovido pela Mapfre Global Risks e pelo Grupo Segurador Banco do Brasil e |Mapfre, o evento tem a programação dedicada ao debate de questões técnicas, políticas e econômicas, colocando em destaque riscos e desafios que se apresentam diante do atual contexto econômico.

 

Bolsa em alta e dólar em baixa - O mercado de ações operava, às 17,h40 desta terça-feira (12), em alta de 0,62% com o Ibovespa  avançando para 72,754 pontos. O dólar comercial em baixa de 0,52 vendido a R$ 3,708. O euro  registrava alta de 0,2% cotado a R$ 4,365