Advertisement

SEG NOTÍCIAS - Depois de 2 meses em queda, valor do seguro de automóveis sobe 46%

Seguros / 10 Outubro 2018

A Bidu, plataforma online de recomendação, comparação e contratação de seguros e produtos financeiros, que faz parte do Grupo Thinkseg desde junho deste ano, divulga levantamento com o valor dos seguros para as versões de entrada dos dez veículos mais vendidos em setembro, de acordo com os dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

O Relatório Bidu, produzido mensalmente desde 2016, analisa o preço médio do seguro em quatro capitais brasileiras (Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo) e compara o perfil de homens e mulheres de 35 anos, casados, sem filhos, com garagem em casa e no trabalho, e que estão contratando o seguro pela primeira vez.

O estudo deste mês demonstra que o valor do seguro subiu em todas as cidades pesquisadas. Desde junho, as cotações demonstravam queda nos preços a cada mês, cenário que foi interrompido com o levantamento realizado no dia 2 de outubro pela Bidu. Em comparação ao mês anterior, o valor do seguro de automóveis aumentou, em média, 46%.

A última elevação nos preços médios havia acontecido no mês de junho, quando o valor mais caro foi registrado no Rio de Janeiro, onde o seguro custava R$ 4.452 em média. Depois a precificação baixou por dois meses consecutivos (julho e agosto), voltando a apresentar um aumento em setembro. Neste mês, São Paulo ganha destaque com o valor médio de seguro mais caro, entre as capitais pesquisadas, chegando a custar R$ 3.396. Foi considerada a variação do preço médio do seguro por cidade para carros emplacados entre junho e setembro (cotação feita no início do mês subsequente).

Essa elevação no valor médio do seguro é nítida em praticamente todos os modelos que fazem parte do ranking. O maior aumento registrado foi o do Renault Kwid, com alta de 123% para o perfil masculino. A variação do preço do seguro do Volkswagen Polo também chama a atenção, já que houve um acréscimo de 82% para as mulheres. A única redução, porém pouco expressiva, aconteceu no perfil masculino para o Hyundai HB20, que foi de apenas 1%.

 

Modelo mais vendido

 

De acordo com o relatório da Fenabrave, em setembro foram emplacados 173.193 automóveis – uma queda de 15,07% em comparação com o mês anterior, quando foram vendidas 203.926 unidades. Desde janeiro, apenas quatro modelos se repetem todos os meses no ranking dos 10 mais emplacados: Chevrolet Onix, Hyundai HB20, Volkswagen Gol e VW Polo.

Seguindo a tendência dos últimos estudos, o Chevrolet Onix continua a ser o carro mais emplacado no Brasil, com 17.981 unidades contra 21.763 registradas em agosto. O preço médio do seguro para o modelo de entrada para o sexo masculino custa atualmente R$ 2.478, um acréscimo de 37% em relação à cotação do mês anterior, que ficou em R$ 1.810. Já para o perfil feminino, o valor médio atual é de R$ 1.557 ante R$ 1.320 registrado anteriormente - um acréscimo de 18%. Entre agosto e setembro, dos dez modelos mais vendidos, nove são os mesmos, havendo troca apenas na décima posição do ranking. Neste mês, o Toyota Corolla volta a figurar entre os mais emplacados, tirando o Hyundai Creta da lista.

O estudo da Bidu ainda mostra que os valores médios de seguros para as mulheres são menores, em comparação à cotação para os homens. A variação média entre os preços de seguro revela que para o sexo masculino houve um reajuste de 54%. Já o aumento para o feminino é de 29%. Apenas no caso do modelo Volkswagen Polo que o preço do seguro é relativamente maior para as condutoras, que pagam R$ 3.263 para segurar este veículo, enquanto os homens desembolsam R$ 3.209.

 

Custo-benefício

 

Na questão custo-benefício, que compara a relação do preço médio do seguro com o valor de mercado do veículo (price ratio), o relatório Bidu demonstra que, para os homens, o price ratio do Chevrolet Onix é o que mais vale a pena, sendo 5,9%. Entre o público feminino, o Toyota Corolla é o modelo com a relação mais interessante, representando 3,2%.

De acordo com o estudo, o custo-benefício menos favorável para os homens é o do Renault Kwid, em que o price ratio ficou em 11,3%. Para o público feminino, o Volkswagen Polo apresenta o pior cenário, pois o preço do seguro representa 7,3% do valor do carro.

A elevação no valor dos seguros aconteceu em todas as capitais avaliadas neste relatório. Porém, São Paulo se destaca com um aumento médio de 77,7%. Na contramão dos meses anteriores, o município que apresentou o menor reajuste foi o Rio de Janeiro, com 22,6%.

Para o perfil masculino, o acréscimo mais expressivo aconteceu em São Paulo, onde o valor médio do seguro passou de R$ 2.009 para R$ 4.801 neste mês, revelando um reajuste médio de 138,9%. Enquanto para o perfil feminino, o maior aumento foi em Porto Alegre, onde o valor do seguro cresceu 50,9%, já que passou de R$ 1.642 no último relatório para R$ 2.477.

Comparando as médias de preço para os 10 modelos mais vendidos no mês, Brasília é a cidade que demonstra atualmente o valor de seguro mais barato entre as capitais pesquisadas para ambos os perfis. No Distrito Federal, os homens pagam, em média, R$2.783, e as mulheres desembolsam R$1.900 para segurar os seus automóveis considerando os modelos e perfis analisados.

 

SulAmérica cresce 19% até agosto em seguro para apartamentos - A SulAmérica registrou, entre janeiro e agosto, crescimento de 19% em contratações de seguro para apartamentos e de 8% em prêmios na comparação a igual período de 2017. A ampliação da participação da SulAmérica na proteção para apartamentos – atualmente, este tipo de moradia representa 41% dos imóveis residenciais cobertos pela companhia – deve-se, principalmente, ao preço atraente e aos benefícios oferecidos. As tendências de mercado também contribuem para o avanço: segundo a Secovi-SP, em 2017 os lançamentos de imóveis com menos de 45 metros quadrados representaram cerca de 40% de novas unidades na cidade de São Paulo.

“Temos observado um crescimento na contratação de seguros para apartamentos em linha com a tendência de verticalização e de um mercado cada vez mais forte de residências compactas. Estas mudanças, aliadas à qualidade de nosso produto, que conta com preços acessíveis e garante tranquilidade e segurança, possibilitam a geração de novos negócios e uma contribuição para o bem-estar da população que reside em apartamentos”, destaca o vice-presidente de Auto e Massificados da SulAmérica, Eduardo Dal Ri.

Um seguro para apartamentos que contempla as coberturas mais contratadas e o plano de Assistência 24h completo custa em média R$ 200,00, com vigência de um ano - o valor muitas vezes é menor do que se o cliente optasse por chamar um profissional particular para realizar um único serviço na residência.

Atualmente, as coberturas mais contratadas para apartamento são para incêndio, queda de raios e explosão - obrigatória para todas as apólices –, danos elétricos, com 78% de adesão, seguida por diárias de indisponibilidade e aluguel (63%), responsabilidade civil familiar (61%) e roubo e furto (39%) e quebra de vidros (34%). Com essas garantias, o cliente protege o seu patrimônio e ainda garante a indenização se causar danos a terceiros, como por meio de um vazamento no apartamento vizinho ou se algum objeto cair da sua janela e atingir um veículo, por exemplo, como é o caso da cobertura de Responsabilidade Civil Familiar.

A cobertura de diárias de indisponibilidade e aluguel garante ainda o pagamento de uma hospedagem provisória se acontecer algum evento coberto na apólice contratada que deixe o apartamento sem condições de moradia.

Além de proteger o patrimônio do cliente, o seguro oferece diversos serviços de Assistência 24 horas que ajudam em situações emergenciais, como encanador e eletricista, auxiliam na manutenção do apartamento, como conserto de eletrodomésticos e dedetização, e facilitam o cotidiano dos moradores, como instalação de quadros, prateleiras, persianas, varal de teto, suporte de TV e até Assistência Pet, com cuidados para cães e gatos.

A SulAmérica foi eleita a empresa com melhor custo-benefício no seguro residencial para apartamentos, segundo estudo da Proteste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, de junho de 2018. A pesquisa levou em conta o valor da cobertura nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e do Recife.

 

Seguro viagem pelo cartão de crédito: Vale a pena a economia? - Viajar exige um planejamento financeiro muito bem pensado e definido com antecedência. E, nestes momentos, uma questão que os turistas sempre estão atentos é: o que fazer para economizar? Uma das opções que muitos acabam escolhendo é optar por um seguro viagem pelo cartão de crédito, já que o valor não é cobrado em alguns casos. Mas, será que vale a pena a economia? Para auxiliar os viajantes com essa questão, a ComparaOnline, marketplace de seguros e créditos, esclarece algumas dúvidas sobre as vantagens e desvantagens na utilização do seguro viagem do cartão de crédito em relação a um seguro convencional.

“Falar de seguro viagem é algo delicado e importante, uma vez que estamos lidando com momentos especiais que envolvem saúde, conforto e segurança dos passageiros. Mas, quando pensamos em economia, precisamos entender até que ponto isso vale a pena. Acreditamos que, quando se trata do bem-estar dos passageiros, não devemos economizar. Por isso, tudo deve ser colocado no papel e o passageiro precisa ter consciência de cada possibilidade, caso a economia venha a custar mais caro depois”, afirma Paulo Marchetti, CEO da ComparaOnline no Brasil.

Confira alguns fatores que devem ser levados em conta ao escolher entre seguro viagem de empresa especializada ou seguro viagem do cartão de crédito:

Quem tem direito ao seguro de cartão de crédito?

Passageiros que tenham efetuado a compra da passagem aérea com o cartão de crédito têm direito ao seguro viagem. Porém, é preciso verificar se o modelo do cartão contempla este serviço. Em geral, o benefício é estendido também ao cônjuge do titular e para filhos menores de 24 anos, mas para isso todas as passagens aéreas precisam ter sido compradas no cartão.

Existe algum limite de duração de viagem?

Um dos primeiros pontos que o passageiro deve verificar é a duração de sua viagem e o período de cobertura do seguro do cartão de crédito. Em geral, os seguros oferecidos pelos cartões possuem cobertura de 30 a 60 dias. Dessa forma, caso o passageiro fique além desse tempo, não estará coberto neste período. Em contrapartida, o seguro viagem de empresas especializadas possuem cobertura de até 365 dias, além da possibilidade extensão, o que oferece mais segurança e conforto para os viajantes.

Preciso pagar pelas despesas médicas?

Outro fator que deve ser levado em consideração é a forma de utilizar o seguro. A maioria dos cartões trabalha com reembolso, inclusive em casos de internações. Sendo assim, o turista deverá primeiramente arcar com as despesas e guardar as notas dos serviços utilizados para receber o valor posteriormente. Porém, é preciso avaliar quais são as coberturas disponíveis e se o valor reembolsado será de 100%. Os viajantes que optarem pelo seguro viagem de empresas especializadas podem contar, além do reembolso, com a Assistência 24h da seguradora, e utilizar clínicas e hospitais parceiros, não precisando desembolsar nada.

Existem lugares e atividades que não entram na cobertura do seguro viagem?

Normalmente os seguros para viagens internacionais, tanto de cartões de crédito quanto de empresas especializadas, possuem cobertura global, principalmente pelo fato de oferecem reembolso para as despesas médicas. Porém, se o passageiro optar por um seguro de empresa especializada, vale ficar de olho no plano contratado. Algumas empresas possuem planos com custos mais atrativos, limitados a uma determinada região como, por exemplo, Europa ou América do Norte. Além disso, quem vai para destinos com prática de esportes radicais, precisa contratar um seguro à parte, uma vez que as opções oferecidas pelos cartões de crédito costumam não cobrir estes riscos. É importante avaliar também que, na maioria dos casos, eles também não cobrem despesas médicas de gestantes.

Quais os maiores diferenciais entre os dois tipos de seguro viagem?

Apesar de gerar economia, o seguro viagem do cartão de crédito tem alguns pontos a menos do que os seguros especializados. Os maiores diferenciais são garantia de repatriação funerária, atraso na entrega de bagagem e seguro por atraso e cancelamento de voo. Em geral, as bandeiras de cartões não garantem essas despesas e é preciso verificar cada caso, com cada uma. Para mais informações sobre a ComparaOnline, acesse:http://www.comparaonline.com.br

 

Clube da Bolinha recebe novo confrade - O Clube da Bolinha se reuniu, mais uma vez, nesta terça-feira (9), durante jantar no Centro do Rio. O novo confrade Paulo Amador participou de seu primeiro evento como bolinha após a eleição por unanimidade.

Os presentes também assistiram a uma palestre do bolinha Aluísio Mello sobre um novo sistema para a comercialização de produto de Vida da Icatu Seguros, voltado a um público com idade entre 30 e 40 anos. Ele explicou que o sistema foi criado especificamente para orientar corretores de automóvel na comercialização desse novo seguro sob medida de Vida e Invalidez Pessoal.

 

CSP-MG participa da formatura de novos corretores de seguros - A carreira de corretor de seguros tem atraído cada vez mais profissionais interessados nas oportunidades que o mercado oferece. Em Belo Horizonte, 23 novos técnicos receberam os certificados pela aprovação no exame de habilitação de corretores de seguros. Com duração de nove meses, o curso preparatório para o exame é ministrado pela Escola Nacional de Seguros.

A cerimônia de entrega dos diplomas aconteceu no dia 9 de outubro, no auditório do SindSeg MG/GO/MT/DF, e contou com presença da diretoria do Clube de Seguros de Pessoas de Minas Gerais (CSP-MG).

O diretor tesoureiro da entidade, Mauricio Tadeu Barros Morais, que é professor no curso, foi escolhido pela Escola para homenagear os alunos, representando o Corpo Docente da instituição. Em seu discurso, Morais ressaltou a necessidade de os profissionais investirem de forma permanente na capacitação e qualificação, além de manterem-se atualizados sobre o setor para que possam “enfrentar os desafios profissionais e empresarias que o mercado exige”.

João Paulo Moreira de Mello, presidente do CSP-MG, também professor no curso, saudou os recém-formados. “É uma grande satisfação participar deste momento tão importante na vida dos novos profissionais que ingressam no mercado. Desejamos sucesso na carreira e que possam contar com o Clube para continuar aperfeiçoando seus conhecimentos e atividades”.

Além da anfitriã do evento, Nívea Barros, coordenadora da Unidade Regional Minas Gerais da Escola, a solenidade contou com as presenças do vice-presidente do Sincor-MG, Gustavo Bentes, da presidente da Comissão de Seguros de Pessoas do SindSeg MG/GO/MT/DF, Juliana Queiroz, de professores, executivos de seguradoras e corretores de seguros.

 

Atendimento emergencial em saúde por telefone e descontos de até 60% nos medicamentos - A Porto Seguro Vida e Previdência lança na próxima segunda-feira (15) o Vida24H, com benefícios exclusivos aos seus clientes dos seguros de vida anuais, em comercialização na companhia. No início da próxima semana, os usuários poderão usufruir de orientação emergencial em saúde por telefone, realizada por equipe médica especializada. Além disso, os segurados também terão acesso a um aplicativo exclusivo com diferentes funcionalidades como armazenamento de informações sobre a sua saúde, busca por farmácias e medicamentos com descontos de 10% a 60% em uma ampla rede de estabelecimentos credenciados por todo país.

Pelo app, também é possível incluir alarmes para organizar os horários dos medicamentos, reunir todas as receitas médicas, buscar o melhor local para comprar seus remédios e ler notícias sobre saúde. Os segurados também terão acesso ao Clube Porto, que oferece descontos em mais de 3 mil estabelecimentos como academias, spas, teatros, restaurantes, dentre outros serviços.

Para Fernanda Pasquarelli, Diretora da Porto Seguro Vida, Previdência e Investimentos, a novidade é essencial para aqueles que cuidam da saúde e querem praticidade para o dia a dia. "Temos como objetivo oferecer proteção financeira e os melhores benefícios aos nossos clientes. Por isso desenvolvemos o Vida24H, um serviço que une informação, economia e usabilidade aos segurados." O aplicativo está disponível no Google Play e na Apple Store. Basta o cliente baixar no seu celular ou tablet.

 

Zurich marca presença em painel do Aida Rio 2018 - Entre os próximos dias 11 a 13 a cidade do Rio de Janeiro será sede do Aida Rio 2018, a 15ª edição do Congresso Mundial da Associação de Direito de Seguros. O diretor jurídico e compliance da seguradora Zurich, Washington Silva, estará presente no dia 13 e, juntamente com um palestrante europeu e um israelense, irá participar de um painel sobre os efeitos dos carros autônomos nos seguros de automóveis.

“O tema foi escolhido pelo próprio Conselho Mundial. Nosso objetivo é verificar os impactos da tecnologia futura na vida das pessoas e o que isso pode impactar as coberturas de seguro, sejam adaptando-se ou alterando-se”, explica o diretor. O painel também irá explorar como o seguro pode auxiliar na prevenção e melhoria das tecnologias. “Existe uma extensa análise de risco feita em carros e maquinários por especialistas em segurança. Esse conhecimento pode ser de grande auxílio do ponto de vista de prevenção”, completa Silva.

A AIDA Rio 2018 será no Windsor Convention & Expo Center, na Barra da Tijuca. O evento, que ocorre a cada quatro anos, reúne as seções nacionais da AIDA de todos os continentes para troca de conhecimentos, o estabelecimento de novas parcerias e o fortalecimento de sociedades.

Sobre a Zurich no Brasil

A seguradora Zurich soma o conhecimento do mercado brasileiro, no qual tem mais de 70 anos de experiência, à expertise internacional em soluções de seguros multicanal. A Zurich atesta solidez financeira e segue rígido padrão global de conduta, praticado em todas as suas operações. Dedica-se a compreender as necessidades dos clientes e oferece soluções para pessoas físicas e jurídicas, de pequenas empresas a multinacionais. Tendo o Brasil na sua estratégia de crescimento, e decidida a contribuir com o desenvolvimento social e econômico do país, visando o médio e longo prazo, a companhia dispõe de produtos e serviços sob medida para este mercado.

Zurich Insurance Group (Zurich) é uma seguradora líder multicanal que apresenta soluções para seus clientes e parceiros na esfera local e global. Com cerca de 53 mil colaboradores, fornece uma ampla gama de serviços e produtos em Seguros de Vida e de Ramos Elementares em mais de 210 países e territórios. Entre os clientes da Zurich encontram-se indivíduos, pequenas e médias empresas, assim como grandes empresas e multinacionais. O Grupo está sediado em Zurich, Suíça, onde foi fundado em 1872. O Zurich Insurance Group Ltd (ZURN) está listado no Six Swiss Exchange e tem o Nível I no programa American Depositary Receipt (ZURVY), que é transacionado fora da bolsa no OTCQX. Para mais informações sobre a Zurich, consultar www.zurich.com.

 

Bolsa em baixa e dólar em alta - O mercado de ações fechou nesta quarta-feira (10) em baixa de 2,8% com o Ibovespa recuando para 83.679 pontos. O dólar comercial subiu 0,4% vendido a R$ 3,76. O euro registrou ganho de 1,4% cotado a R$ 4,33.