Advertisement

SEG NOTÍCIAS

Assessorias de seguros em SP arrecadaram mais de R$ 1 bilhão em 2018

Seguros / 31 Janeiro 2019 - 18:08

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

 

O tradicional e centenário MONITOR MERCANTIL, jornal de economia com cobertura crítica e independente, de política, reinventa sua frente digital.

De relevante circulação impressa no Rio, SP e DF, seus destaques podem ser conferidos desde 2 de janeiro em https://twitter.com/sigaomonitor

 

 

Estudo divulgado pela Associação das Assessorias de Seguros de São Paulo (Aconseg-SP) no final do ano passado revela que o prêmio arrecadado por 25 assessorias e consultorias em seguros superou R$ 1 bilhão em 2018, sendo 650 milhões somente no primeiro semestre.

Para Francisco Galiza, consultor de economia, esse setor tem sua relevância tanto para as corretoras quanto seguradoras. "Tem muito mercado para crescer e as assessorias acabam impulsionando o negócio", afirma.

.

Estudo aponta para potencial de seguros em mercados emergentes - O estudo "Panorama Econômico e Setorial", elaborado pela área de Serviços de Estudos da Mapfre e publicado pela Fundación Mapfre, aponta que, apesar do fim do ciclo de alta em países mais desenvolvidos, o setor segurador vai crescer graças ao dinamismo em mercados emergentes, onde a taxa de penetração de seguros ainda é baixa.

Em 2019 espera-se uma redução na contribuição para o crescimento global dos mercados desenvolvidos (que crescerão abaixo de 2%) e uma maior contribuição dos emergentes, que aumentarão entre 4% e 5%, apoiada por condições financeiras globais previsivelmente melhores.

De acordo com a pesquisa, a desaceleração da atividade econômica global se traduzirá no crescimento dos prêmios de seguros globais, nos segmentos de Seguros Gerais e Vida. A normalização das políticas monetárias pode ajudar no desenvolvimento do negócio de Previdência, e melhorar a rentabilidade financeira das seguradoras, caso se materialize um cenário de juros mais altos.

No Brasil, espera-se que o crescimento real do PIB em 2019 seja da ordem de 2,3%, ante 1,2% em 2018. Esta melhoria nas previsões é principalmente atribuída a uma recuperação no consumo privado e no investimento, mas o estudo avalia que as reformas estruturais continuam imprescindíveis para garantir o equilíbrio das contas públicas.

O ambiente interno segue favorável para o segmento de Seguros Gerais, que tem estimativa de crescimento nominal (sem descontar a inflação) em torno de 10,7% neste ano. "O momento de otimismo, favorece o segmento de seguros dado seu forte vínculo com o ciclo econômico. Em nossa percepção há um grande potencial de crescimento para o mercado segurador no Brasil", afirma Fernando Pérez-Serrabona, novo CEO da Mapfre Regional Brasil.

No Índice Global de Potencial da Seguradora (GIP-Mapfre), elaborado como uma medida para delimitar o espaço global segurável, o Brasil aparece entre os 10 países, entre 96 mercados avaliados pela companhia, com alto potencial tanto no segmento Vida quanto Não Vida.

.

Seguro rural - O Governo Federal estuda medidas para modificar o financiamento das atividades no campo. Estão em discussão alterar o crédito para produção, rever os mecanismos de seguro para garantia de renda para quem planta. Há também demanda para viabilizar a participação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no Conselho Monetário Nacional (CMN).

Em estudo, Luís Carlos Guedes Pinto, ex-ministro da Agricultura (2006-2007) e professor titular do Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), apontou a necessidade de que o seguro rural seja "mecanismo de mitigação de risco" e atenda recomendações já feitas pelo Tribunal de Contas da União como "promover a universalização do acesso ao seguro rural; assegurar o papel do seguro rural como instrumento para a estabilidade da renda agropecuária; e induzir o uso de tecnologias adequadas e modernizar a gestão do empreendimento agropecuário".

Para Luiz Carlos Corrêa Carvalho, diretor da Associação Brasileira de Agronegócio (Abag), mudanças no seguro rural repercutiriam na oferta de crédito e condições de financiamento. "Se tiver uma modalidade de seguro mais atualizada, vai melhorar o nível de risco menor, e vai refletir nos prêmios que têm que ser pagos hoje. Assim os bancos vão ter mais apetite para operar no setor, não só em volume de crédito, mas em taxas - taxas de administração, taxas de risco, juros básicos, prazos".

O diretor da entidade também destaca a desatualização das sistemáticas de financiamento. "A modernização do crédito não andou na mesma velocidade das outras coisas". Segundo ele, as operações ainda são baseadas no Manual de Crédito Agrícola, editado na década de 1970.

Já para o ex-ministro Luís Carlos Guedes Pinto, o crédito atende pequena parte dos produtores rurais: cerca de 500 mil produtores, que mobilizam 86,5% da renda no campo. No estrato seguinte, estão 995 mil pequenos produtores com acesso ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e que aferem 10% da renda no campo. Segundo ele, o sistema de financiamento deixa descoberto 2,9 milhões de produtores rurais que vivem de atividades de subsistência e acessam a 3,5% da renda no campo.

.

Sindicato convoca educadores para engrossar greve contra SampaPrev - O Sindicato dos Especialistas de Educação do Ensino Público Municipal de São Paulo (Sinesp) convoca a categoria para engrossar a mobilização do funcionalismo, visando a barrar a implantação do SampaPrev - como ficou conhecido o Projeto de Lei da reforma da Previdência municipal.

Após a aprovação do Projeto de Lei 621/2016, no final do ano passado, os servidores da capital paulista decidiram iniciar uma greve geral a partir de 4 de fevereiro. Está marcado um ato, em frente à prefeitura, no Viaduto do Chá, às 14 horas.

Desde o início da semana, o Sinesp percorre as Diretorias Regionais de Educação (DREs), a fim de organizar o movimento nas escolas públicas paulistanas. Na segunda (28), assembleia no Sindicato aprovou a continuidade da luta contra a elevação do desconto da contribuição previdenciária.

Segundo Luiz Carlos Ghilardi, presidente do Sinesp, a mobilização entre os educadores é grande. "Após a assembleia da segunda, saímos em campo para conversar com a categoria e explicar a importância de entrar nesse enfrentamento e resistência", diz.

.

Delegacias regionais representam o Sincor-RS no interior do estado - O Sindicato dos Securitarios do Rio Grande do Sul (Sincor-RS) está presente em 11 regiões do estado, além da Região Metropolitana, como forma de aproximação com seus associados. Em 1990 iniciaram as atividades das delegacias regionais.

Em cada uma delas, o associado encontra todo o apoio de sua entidade. Cada delegado é um representante direto da diretoria e dos corretores da região, um verdadeiro canal de comunicação com a sede do sindicato em Porto Alegre.

O presidente Ricardo Pansera entende que o papel dos delegados é decisivo para as ações do sindicato:

"Através de nossos delegados regionais, buscamos ficar mais próximos dos corretores de seguros e na defesa irrestrita de nossa categoria. Realizamos várias palestras técnicas em todas as regiões do estado, onde são apresentados temas sobre o mercado de seguros e as principais novidades sobre cada carteira. E em todas elas a presença dos corretores profissionais de seguros demonstra o prestígio do seu delegado regional."

.

SEGURO CIDADÃO

Teste do Olhinho Ampliado - Os avanços da medicina neonatal são fundamentais para o aumento da detecção precoce de algumas doenças e condições que afetam os recém-nascidos. Um bom exemplo é o Teste do Reflexo Vermelho (TRV).

Popularmente conhecido como "teste do olhinho", é um exame de triagem, realizado ainda na maternidade, em todos os bebês. Na maioria dos estados é assegurado por lei, tanto pelo Sistema Púbico de Saúde (SUS), como pelos planos de saúde.

Segundo a oftalmopediatra Marcela Barreira, especialista em Estrabismo e chefe do Setor de Neuroftalmologia do Banco de Olhos de Sorocaba, o TRV apresenta um baixo custo, é indolor, não invasivo e rápido. "O principal objetivo do teste do olhinho é diagnosticar precocemente doenças oculares congênitas, como a retinopatia da prematuridade e o glaucoma congênito, por exemplo".

 "O exame é realizado com um oftalmoscópio que projeta uma luz nos olhos do bebê. Em um exame normal, será formado um reflexo vermelho devido aos vasos sanguíneos da retina e de outras estruturas oculares. Porém, se houver opacidade, o reflexo será ausente ou muito reduzido. Essas alterações são critérios para o encaminhamento do bebê para um oftalmopediatra. Lembrando que na maioria das maternidades quem realiza o TRV é um neonatologista ou um pediatra", explica.

O teste do olhinho feito na maternidade pode ajudar no diagnóstico precoce de doenças congênitas, como catarata, glaucoma, retinopatia da prematuridade, descolamento da retina, problemas no vítreo, estrabismo, malformações, retinoblastoma, entre outras doenças ou condições oculares presentes ao nascimento.

O teste do olhinho ampliado é algo recente e tem gerado polêmicas no meio médico quanto à necessidade de realizá-lo ou não. Por isso, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), juntamente com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica (Sbop), emitiram um parecer técnico para elucidar essa questão recentemente.

.

ENDOSSANDO

The Winner Awards - A noite desta quarta-feira (30), foi marcada por mais uma conquista do Grupo Bradesco Seguros. O maior grupo segurador da América Latina conquistou novamente o prêmio The Winner Awards, sendo destaque na categoria Seguros. O evento, realizado no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, reconheceu os principais líderes empresariais e empresas que contribuíram para o crescimento do país, nos mais variados setores da economia.

O superintendente-executivo do Grupo Bradesco Seguros Luiz Carlos Ferreira Gomes foi o responsável por representar os mais de sete mil funcionários e colaboradores na premiação.

Concedido anualmente pela revista "Magazine Top International Business", publicação voltada ao mercado publicitário e presente em mais de 40 países, o Prêmio The Winner Awards é dirigido a pequenas, médias e grandes empresas, além de personalidades que foram destaque neste último ano.

.

Super Bowl - O Super Bowl, evento esportivo de maior audiência no mundo, acontece no próximo domingo (3), e a Mapfre faz parte do time de patrocinadores das transmissões da partida no Brasil. A final da 53ª edição do campeonato de futebol americano será transmitida a partir das 21h30 pela ESPN.

Enquanto a bola voa em Atlanta (EUA) entre Los Angeles Rams e New England Patriots, uma Watch Party acontecerá no Audio Club, em São Paulo, onde a Mapfre recepcionará cerca de 800 convidados com fotos temáticas para publicação nas redes sociais, além de adereços para torcida e copos personalizados.

A presença da companhia como apoiadora do futebol americano começou no início do campeonato, com inserções de vídeos publicitários da campanha #AíEuViMapfre e drops com curiosidades que envolvem segurança no esporte, como a evolução dos capacetes, shoulderpads (proteções de ombros e tórax) e a necessidades de regras mais duras para a prevenção de lesões nos atletas. Os vídeos foram divulgados nas redes sociais da Mapfre, além dos intervalos das partidas de futebol americano na ESPN.

"Um esporte essencialmente estratégico e em que a união da equipe é tão valorizada tem tudo a ver com o modo Mapfre de ser. Assim como no futebol americano, acreditamos que equipes se tornam vitoriosas por meio do esforço coletivo contínuo, quando cada indivíduo enxerga sua importância para o todo e toma para si os desafios impostos a cada partida", afirma o CEO da Mapfre Seguros, Luis Gutiérrez.

.

Unidade na Bahia - A OrthoDontic inaugura neste mês, sua primeira unidade em Bom Jesus da Lapa, na Bahia, reforçando a atuação no estado, que já conta com nove clínicas da rede. Com a nova franquia, a cidade passa a contar com uma nova solução para tratamentos ortodônticos. A OrthoDontic se destaca por oferecer alto padrão de atendimento, acessibilidade, equipamentos de primeira linha e tecnologia a serviço do cliente como algumas das vantagens.

O serviço embarcado com tecnologia de ponta e excelência em atendimento atraiu o enfermeiro Ricardo Ladeia Viana, quando ele conheceu a unidade de Guanambi. "Queria investir em meu próprio negócio e, ao entrar em contato com a OrthoDontic, vi que era uma marca já consolidada, que me daria o suporte necessário para que meu negócio fosse bem-sucedido", afirma o empresário. A expectativa é de que a clínica receba 50 novos pacientes por mês em seu primeiro ano de funcionamento.

Quanto à estrutura física, a franquia contará com um amplo espaço para oferecer conforto e alta qualidade aos seus pacientes, além de profissionais capacitados para disponibilizar aos clientes o melhor atendimento e satisfação. A nova unidade da OrthoDontic em Bom Jesus da Lapa fica localizada na Avenida Duque de Caxias, 386, Centro.

.

Rede de franquias por assinatura - Fundada pelos sócios Guilherme Barros, Thiago Monfré, Samuel Mello e Alessandra Souza, a Hub Odonto chega ao mercado de franquias com uma proposta inovadora e bastante atrativa. A empresa, cujo lançamento oficial acontecerá no 37º Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo, um dos mais bem conceituados eventos do setor na América Latina - realizado nos dias 30/1 à 2/2, no Expo Center Norte -, oferece um modelo de franquia que se aplica perfeitamente a investidores, dentistas formados e recém-formados que buscam abrir seu próprio consultório, mas que não possuem domínio das demais áreas q ue um negócio exige como vendas, marketing, administração, entre outras.

A empresa nasceu da união da advogada e jornalista Alessandra Souza, que possui 13 anos de experiência com gestão de operações em franquias odontológicas e direito corporativo, Thiago Monfré, com 12 anos de atuação na área comercial do segmento odontológico, Guilherme Barros, que soma 11 anos de vivência profissional em marketing, inovação e tecnologia e, completando o time de sócios, Samuel Mello, com 10 anos de experiência com desenvolvimento e gerenciamento de novos produtos.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor