Rotatividade no Brasil é duas vezes maior que nos EUA

Fatos & Comentários / 16 Maio 2017

O número de trabalhadores com carteira assinada somou 38,31 milhões em abril, mês em que foram registradas 1,141 milhão admissões e 1,081 milhão demissões. A rotatividade da mão de obra no Brasil é duas vezes superior à dos Estados Unidos e quase três vezes maior que a da Europa, mostra o professor titular do Instituto de Economia e pesquisador do Centro de Estudos Sindicais da Unicamp, Marcio Pochmann. E ninguém se atreve a dizer que o que segura o trabalhador no emprego nos EUA é a engessada lei trabalhista...

A rotatividade intensa compromete a formação e a qualificação da mão de obra. Leva, normalmente, a um rebaixamento de salários. E também interfere na aposentadoria, já que é preciso completar 35 anos de contribuição, mas o trabalhador não consegue fazer as 12 contribuições no ano, ficando parte do período no seguro desemprego ou no mercado informal, sem recolher para a Previdência.

Mas, para o Brasil atual, não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe: a reforma trabalhista e a terceirização devem agravar a situação: “Setenta por cento dos terceirizados sofrem com a rotatividade”, diz Pochmann.

 

Risco aéreo

A Aeronáutica lançou nesta segunda-feira campanha de conscientização contra a soltura de balões, prática que ameaça a segurança do tráfego aéreo. Entre 1° de janeiro e 2 de abril, já foram registrados 134 casos de avistamentos de balões por aeronaves no país. Desse total, 78, ou 57%, apenas em São Paulo. Já no Rio de Janeiro, foram 31 casos de avistamentos no primeiro trimestre, ou seja, 23% do total registrado.

Em 2016, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) registrou mais de 500 casos de avistamentos de balões no espaço aéreo brasileiro. Durante as festas juninas, o número de balões avistados aumenta 79%.

 

Caninha

A partir desta quarta-feira, bares e restaurantes dos polos gastronômicos de Santa Teresa e do Lido vão passar por oficinas de capacitação sobre a cachaça. A iniciativa faz parte do programa Embaixadas da Cachaça realizado pela associação dos produtores da bebida no Rio de Janeiro (Apacerj), em parceria com outras entidade e o governo estadual.

O programa começou a ser implantado no segundo semestre do ano passado. Os estabelecimentos que mantêm o padrão recebem o selo de Embaixada da Cachaça. O objetivo é qualificar equipes de 55 bares e restaurantes.

 

Global

Pela primeira vez no Brasil, a Global Business Corporation premiará empresas do mundo inteiro com mais uma edição do prêmio internacional Business Management Awards 2017. O evento, que engloba integração de negócios e reconhecimento, acontecerá nestas quinta e sexta, no JW Marriot, em Copacabana.

Foram selecionadas 50 empresas, uma de cada segmento, que se destacaram ao longo do ano passado nos quesitos de responsabilidade social, qualidade, criatividade e inovação, liderança e outros. O prêmio é concedido em um país diferente a cada ano. Mais informações em http://gbc-tm.com

Entre os indicados desse ano estão a RioPress Assessoria de Imprensa (Brasil), Escuela Latinoamericana de Medicina (Cuba), Laboratório Güemes (Argentina), Universidad Laica Vicente Rocafuerte (Equador), Museo Historico Comunal y de la Colonizacion Judia Rabino Aaron Halevi Goldman (Argentina), Escuela Superior de Gastronomía y Hostelería Las Margaritas (Guatemala), entre outros.

 

Rápidas

A segunda edição do Almoço do Empresário de 2017 vai receber nesta quarta-feira o ministro da Saúde, Ricardo Barros. Ele receberá o documento “A saúde que podemos ter”, elaborado pelo Conselho Empresarial de Medicina e Saúde da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRio) *** José Alex Oliva, presidente da Companhia Docas de São Paulo, Adalberto Tokarski e Mário Povia, da Antaq, e Thiago Aragão, da ANTT, são os convidados, nesta sexta-feira, da reunião da Câmara de Logística Integrada da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) *** Furnas recebe nesta quarta-feira o prêmio internacional Milestone Award, reconhecimento ao trabalho feito pelo engenheiro civil e geotécnico Marco Antonio S. Ramidan sobre a barragem da Usina de Furnas. Ele resgatou dados importantes relacionados à memória técnica e aspectos sociais, bem como fotos da construção do empreendimento, que foi a primeira hidrelétrica do Brasil *** O Conselho Regional de Contabilidade do Rio (CRCRJ) realiza,quinta e sexta, o Fórum Sped, que será ministrado por Márcio Tonelli, ex-auditor da Receita Federal. Haverá palestras em quatro bairros. Programação em www.crc.org.br *** Já o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) abriu inscrições para dois Exames de Qualificação Técnica (EQTs) voltados a profissionais da contabilidade que pretendam fazer parte do Cadastro Nacional de Peritos Contábeis (CNPC) e também para o Cadastro Nacional de Auditores Independentes (CNAI). Detalhes em cfc.org.br