Protesto na BR contra venda de participação

Empresas / 23:20 - 24 de mai de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Com o apoio de entidades sindicais, trabalhadores da Petrobras Distribuidora (BR) fizeram nesta terça-feira um abraço simbólico no edifício sede da subsidiária, no Rio, para protestar contra a pro-posta da Petrobras da venda de parte do capital da subsidiária da estatal. Segundo os organizadores, o ato envolveu cerca de 300 funcionários da empresa. A presidente do Sindicato dos Petroleiros do Rio de Janeiro, Lígia Deslandes, disse que o objetivo é sensibilizar a Petrobras para que reveja a sua posição e mantenha as ações da empresa em poder dos brasileiros. “A venda de ativos é uma forma dissimulada de privatizar a subsidiária”, afirmou. As manifestações contra a venda de parte das ações da BR tiveram início logo no início da manhã, quando os petroleiros iniciaram o ato na porta da Fábrica de Lubrificante da BR, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. De acordo com o sindicato, também ocorreram protestos nas instalações da empresa em São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais e Amazonas.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor