Presidente da Abeoc Brasil é homenageada na Esfe 2019

Fátima Facuri foi premiada por suas estratégias e ações realizadas no período de 2018 em prol do segmento de eventos.

Empresas / 21:05 - 27 de fev de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Na noite da última terça-feira, a presidente da Abeoc Brasil recebeu homenagem especial durante o Esfe (Encontro do Setor de Feiras e Eventos), no Jockey Club de São Paulo. Centenas de convidados, entre eles representantes das empresas e entidades do setor, estiveram presentes ao jantar festivo. Fátima Facuri foi premiada por suas estratégias e ações realizadas no período de 2018 em prol do segmento de eventos e recebeu a premiação das mãos de Octavio Neto, CEO do Grupo Radar & TV e idealizador do evento.

Estou muito honrada com esta homenagem que não considero para mim, mas para todo o trabalho que vem sendo desenvolvido dentro da Abeoc Brasil e suas Estaduais para que consigamos não apenas beneficiar nossas associadas, mas alcançar o desenvolvimento, o crescimento e o reconhecimento que todo o setor e aqueles que o abraçaram merecem. Espero continuarmos contribuindo para um mercado ainda melhor”, agradeceu Fátima.

Em sua 14ª edição, o Esfe, organizado por Roberta Yoshida, apresentou um formato mais dinâmico, com palestras curtas reunindo vários especialistas do setor. Para a definição dos 20 temas apresentados, o Grupo Radar contou com uma série de especialistas para que o evento tivesse uma curadoria focada para cada área de conteúdo. Entre os nomes que colaboraram, estão Fátima Facuri, presidente da Abeoc Brasil; Alexandre Sampaio, presidente da FBHA; Eduardo Sanovicz, presidente da Abear; Paulo Otavio, VP da Reed Exhibitions; e Toni Sando, presidente da Unedestinos e presidente-executivo do Visit São Paulo, entre outros.

Encerrando as homenagens, Otavio Neto chamou ao palco o secretário de Turismo de São Paulo, Vinicius Lummertz, que reforçou o papel dos governos de atuar para desburocratizar e permitir o desenvolvimento da indústria. “Quem faz o Turismo acontecer é o setor privado. O papel do governo é dar condições para que a iniciativa privada se desenvolva”, destacou. O último homenageado da noite foi o governador de São Paulo, João Dória Júnior.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor