Advertisement

Preço da gasolina variou 70,6% no primeiro mês de 2019

​​​​​​​Em Fernando de Noronha, o valor do combustível alcançou R$ 7,15 o litro.

Conjuntura / 08 Fevereiro 2019 - 19:37

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Com os já perceptíveis valores mais elevados da gasolina, o primeiro mês do ano registrou uma variação no preço do combustível de 70,6% no Brasil, de acordo com levantamento realizado pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas. Os postos credenciados à marca espalhados pelo País apresentaram, em janeiro, preços que iam de R$ 4,19 a R$ 7,15 por litro - sendo o primeiro em diferentes estados, como São Paulo, Pernambuco, Paraná e Distrito Federal e o último em Fernando de Noronha.

No caso da gasolina aditivada, a pesquisa da ValeCard mostrou uma oscilação de 40,5% nos preços, que iam de R$ 4,19 a R$ 5,89 o litro. Além disso, o etanol comum pôde ser encontrado, durante o mês, com valores que iam de R$ 2,69 até 4,09 o litro, o que representa uma variação de 52%. No entanto, o combustível que apresentou diferenças de preço mais significativas – de 121% – foi o diesel comum, que foi de R$ 2,39 a R$ 5,30 em diferentes estabelecimentos.

Mas como saber se está valendo mais a pena abastecer com gasolina ou etanol? Adriano Gomes, professor de Administração da ESPM e Sócio-Diretor da Méthode Consultoria, explica que o cálculo é simples. “Basta dividir o preço do litro de etanol pelo preço da gasolina. O resultado indiferente é 0,70. Se for inferior a 0,70, opte pelo etanol. Se maior, a melhor opção é a gasolina.”

O levantamento da ValeCard é feito por meio do registro das transações realizadas com o cartão de abastecimento da própria empresa em cerca de 20 mil estabelecimentos credenciados por todo o país.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor