Pragmatismo

Fatos e Comentários / 17:57 - 4 de ago de 1999

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A decisão do governo dos Estados Unidos de ampliar o número de vôos daquele país para Cuba tem mais a ver com interesses econômicos que com o abandono da defesa de ranços ideológicos remanescentes da guerra fria. Hoje 52% do comércio de empresas estrangeiras com o governo cubano vêm de países da União Européia (UE), que ignoram, na prática, as restrições que os EUA pretendem estabelecer sobre nações que queiram investir na ilha de Fidel Castro. Ao todo, são 130 empresas de 45 países instaladas em Cuba. Pragmatismo II Preocupados com a perda de terreno para seus concorrentes europeus, vários pesos-pesados americanos vêm pressionando a Casa Branca para recuperar o terreno perdido, principalmente no promissor mercado de turismo cubano, que movimentou em 98 US$ 1,3 bilhão, quantia superior à dos setores açucareiro e de petróleo somados. Em recente visita à ilha, o presidente da Câmara de Comércio Estados Unidos-Cuba destacou que a posição da entidade em relação ao país de Fidel é a mesma defendida em relação à China: incremento das relações comerciais independentemente das divergências ideológicas. "Custo tucano" O novo aumento dos combustíveis autorizado pelo governo para vigorar a partir de sábado reafirma uma máxima antes admitida por poucos: privatização é sinônimo de aumento abusivo de preços. Para uma inflação oficial de pouco mais de 5%, a alta do preço dos combustíveis já supera os 60% nos sete primeiros meses do ano. Não por mera coincidência, essa escalada, que ignorou até a baixa do valor do petróleo no mercado internacional, se deu a partir da liberação do setor para as empresas estrangeiras, que exigem "preços competitivos" para atuar no país. Independentes Quem defende o BC independente está atrasado. No Brasil tucano, quem segue rumo próprio é o Ministério da Fazenda. O diesel vai subir e a negociação de FH para não pressionar os custos dos caminhoneiros vai para o vinagre. Simples Desde ontem, quem precisar tirar a segunda via da carteira de habilitação não precisa mais ligar para o serviço de tele-atendimento do Detran-RJ, uma vez que o órgão criou um novo procedimento. Basta o usuário ir à sobreloja do prédio sede do Detran, na Avenida Presidente Vargas, 817, levando os seguintes documentos: original e cópia da carteira de identidade, original e cópia do CPF, original e cópia do comprovante de residência, e uma foto três por quatro com fundo branco. Pauta cheia Mais de 400 projetos de lei devem ser votados pela Câmara Municipal do Rio neste segundo semestre. Deste total, 52 são prioritários, conforme determina o regimento interno da Casa, uma vez que foram vetados pelo prefeito Luiz Paulo Conde. O prefeito terá que negociar e muito com o Legislativo, uma vez que sua base de sustentação está enfraquecida. Dependendo da natureza do projeto a ser enviado à Câmara, ele terá que negociar com vários grupos políticos, como o grupo do Sami Jorge e Jorge Leite, o grupo do R-PFL e a bancada do PSBD. Isso sem falar no PDT, PT e PC do B. Essa divisão de forças dentro da Câmara dos Vereadores, na opinião do vereador Otávio Leite (líder do PSDB), faz com que haja maior debate sobre as matérias em pauta. Mesmo barco Seria exagero dizer que a Light ficou feliz com os estragos do incêndio na imagem da Telemar; mas o acidente, somado à anterior confusão na mudança do DDD, serviu para desviar a atenção sobre a ex-estatal de energia. Agora, fica claro que a incompetência das empresas privatizadas é generalizada. Tementes O tratamento depreciativo dedicado pela imprensa "chapa branca" ao novo governo da Venezuela é proporcional ao incômodo causado pelo surgimento de uma alternativa concreta ao neoliberalismo e com forte apelo popular. Impacto Pessoas físicas já respondem por 32% do movimento da Bolsa de Nova York. No Brasil, esse número é de apenas 4%. Como outra gorda fatia do mercado de ações nos EUA é responsabilidade de fundos de pensão, pode-se imaginar o que ocorreria com a poupança da classe média - aposentadorias inclusive - se a bolsa sofrer uma forte correção. Alguns analistas, otimistas, acham que o mercado consegue se sustentar. Troca O mercado segurador continua atento com a possibilidade de uma grande seguradora nacional trocar o nome do seu parceiro no estrangeiro. Corre à boca pequena que o atual norte-americano será substituído por um do Velho Continente. A seguradora, no entanto, continuará como acionista controlador.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor