Por não conceder habilitação, China derruba JBS

Ações caem após empresa ficar de fora da lista de 25 abatedouros autorizados a exportar carne.

Acredite se Puder / 19:36 - 9 de set de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Agora, são 89 plantas autorizadas a exportar carne brasileira para a China que, nesta segunda-feira, habilitou mais 25 abatedouros e embaladores. Porém, como nenhuma das instalações do último lote pertence à JBS, maior empresa do Brasil neste segmento com um valor de mercado de R$ 46,6 bilhões, suas ações caíram no pregão daa Bovespa, enquanto as das concorrentes foram as que mais subiram na carteira do Ibovespa. Às cotação da JBS chegou a recuar 6,92%, mas reduziu essa baixa e fechou com perdas de 3,53% a R$ 29,00. As da Marfrig chegaram a valorização de 5,25%, mas terminaram com ganhos de 3,53% a R$ 8,90, enquanto as da Minerva mantiveram os ganhos de 5,6% a R$ 8,30. Interessante foi o comportamento da BRF que, depois de avançar 1,2%, acabou com redução de 1,155 a R$ 36,95. Os analistas, no entanto, continuam torcendo pela JBS. Os do Itaú BBA, afirmam que a representatividade da operação brasileira do frigorifico no Ebitda deve reduzir os impactos, pois seu Beef Brazil responde por menos de 10% da geração da sua caixa.

A Minerva teve duas plantas habilitadas, a de Rolim de Moura (RO) e a de Palmeiras de Goiás (GO) e a sua capacidade de abate é 35% da capacidade na divisão brasileira. Como essas duas fábricas representam cerca de 13% da capacidade total de abate é previsto um ganho de margem Ebitda de 0,9% para os números consolidados da Minerva. Quanto à Mafrig, no relatório consta que as duas plantas habilitadas, somam 20% da capacidade da companhia no Brasil, o que pode contribuir para um ganho de 0,4% na margem Ebitda consolidada. As plantas autorizadas são as de Tangará da Serra (MT) e Várzea Grande (MT). Uma planta de frango e uma de porcos da BRF também foram habilitadas, as duas de Lucas do Rio Verde (MT). A de frangos representa 5% da capacidade de abate de aves e a de porcos corresponde a 15%. Os especialistas do Itaú esperam uma reação positiva do mercado, pois frangos e porcos possuem prêmios de 30% e 25% respectivamente sobre os preços de exportação praticados em Hong Kong.

Os analistas do Bradesco BBI, no entanto, são mais otimistas e acham que a aprovação das plantas da BRF deve aumentará a exportação de suínos da empresa para a China em 50% e de frangos em 30%. Para Marfrig, projetam aumento na capacidade de exportação de bovinos para a China em 100%. Esses técnicos afirmam quue a China ainda vai aprovar mais plantas de carne brasileiras, que devem atingir a 78 habilitações neste ano.

 

SEC descobre golpe de US$ 300 mi

ANI Developmente LLC, sua controladora Gina Champion-Cain e Comissão de Valores Mobiliários anunciou hoje que entrou com acusações e obteve um congelamento de ativos consentido contra a ANI Development LLC, com sede em San Diego, sua controladora, Gina Champion-Cain, durante anos operaram esquema fraudulente de aproximadamente US$ 300 milhões e prejudicaram aproximadamente 50 investidores. O esquema era simples, captavam recursos, oferecendo aos investidores a oportunidade de fazer empréstimos de curto prazo e juros altos para as partes que desejam adquirir licenças de álcool na Califórnia. Cain direcionou quantias significativas para fundos que ela controlava. A Securities and Exchange Commission acusou a ANI e Cain num tribunal federal de San Diego em 28 de agosto de 2019, de violarem as disposições antifraude.

 

Oi depende do Alcolumbre

Houve animação com as ações da Oi no primeiro pregão da semana que apresentaram alta de 2,53% voltando para o patamar de R$ 1,62. Tudo porque os investidores estão acreditando que Davi Alcolumbre coloque em votação o projeto de lei complementar que altera a Lei Geral de Telecomunicações. Se isso acontecer, nos próximos dias a cotação de tais títulos deverá buscar o objetivo dos analistas do Bradesco BBI que se encontra em R$ 1,80. Apesar de paralisada no Congresso a medida é altamente favorável à Oi, pois acaba com a obrigatoriedade da companhia fazer manutenção nos orelhões. Coisas do Brasil.

 

Para site, 18k Ronaldinho é pirâmide

O site americano Behind MLM, que analisa empresas de marketing multinível, apontou a 18k Ronaldinho como uma suposta pirâmide financeira. Ronaldinho Gaúcho faz propaganda da empresa que oferece retornos diários de até 2%.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor