Petrobras sai do prejuízo para lucro de R$ 5 bi em 9 meses

Mercado Financeiro / 14 Novembro 2017

Estatal tem 10º semestre seguido de fluxo de caixa livre positivo

O lucro líquido da Petrobras atingiu R$ 5 bilhões nos nove primeiros meses deste ano, invertendo o prejuízo de R$ 17,3 bilhões registrado no mesmo período do ano anterior  e refletindo a melhora no desempenho operacional, em linha com as métricas estabelecidas no planejamento estratégico da companhia. No terceiro trimestre de 2017, o lucro líquido atingiu R$ 266 milhões, mesmo patamar do trimestre anterior.
Os números divulgados nesta segunda-feira pela estatal, mostram que índice dívida líquida/Ebitda ajustado, também escolhido como métrica de topo da companhia, foi reduzido de 3,54 em 31 de dezembro de 2016, para 3,16 em 30 de setembro de 2017.
O Ebitda ajustado foi de R$ 63,6 bilhões no acumulado do ano até setembro, com margem de 31% e estável em relação ao mesmo período do ano anterior. Este resultado mostra que a redução nas despesas operacionais e o aumento das exportações, com preços mais elevados, compensaram a queda das margens de derivados. Além disso, houve menores gastos com importações pela maior participação de petróleo nacional na carga processada e do gás nacional no mix de vendas. No trimestre, o Ebitda ajustado foi de R$ 19,2 bilhões, também estável em relação ao período anterior.
Com a geração operacional estável e a redução de investimentos, a companhia alcançou um fluxo de caixa livre de R$ 37,5 bilhões de janeiro a setembro. Na visão trimestral, o fluxo de caixa livre foi de R$ 14,7 bilhões no terceiro trimestre, completando, portanto, o décimo trimestre consecutivo de fluxo de caixa livre positivo.
Comentando rapidamente os números, o presidente da estatal, Pedro Parente, avaliou como “muito positivo” o resultado acumulado dos três trimestres deste ano.