Petrobras paga dívida com banco chinês que só venceria em 2024

De acordo com a estatal, as operações estão em linha com a estratégia de gerenciamento de passivos da companhia.

Mercado Financeiro / 23:03 - 14 de ago de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A Petrobras antecipou nesta quarta-feira o pagamento integral de um contrato de financiamento com o China Development Bank (CDB), totalizando US$ 3 bilhões, cujo vencimento ocorreria em 2024. A companhia também notificou o banco chinês sobre o pagamento antecipado de outro financiamento, a ser realizado em 16 de dezembro de 2019, conforme permitido contratualmente, no valor de US$ 5 bilhões, cujo vencimento ocorreria em 2027.
Este pagamento acarretará o término da obrigação de fornecimento preferencial, em condições de mercado e pelo mesmo prazo do financiamento, de um volume total de 100 mil barris de óleo equivalente por dia da Petrobras para empresas chinesas.
De acordo com a Petrobras, as operações estão em linha com a estratégia de gerenciamento de passivos da companhia, que visa à melhora do perfil de amortização e do custo da dívida, levando em consideração a meta de desalavancagem (redução da dívida) prevista em seu Plano de Negócios e Gestão 2019-2023.
 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor