Bolsonaro: por críticas, filho é adequado para embaixada

Na semana passada, Eduardo Bolsonaro disse já ter participado de intercâmbio fritando hambúrguer nos EUA, suas credenciais para o cargo.

Política / 12:00 - 15 de jul de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Nesta segunda-feira, o presidente Jair Bolsonaro disse, na Câmara dos Deputados, que as críticas feitas à possível indicação de seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para a embaixada do Brasil em Washington é um sinal de que ele é o nome adequado.

"Por vezes, temos que tomar decisões que não agradam a todos, como a possibilidade de indicar para a embaixada do EUA um filho meu, tão criticada pela mídia. Se está sendo criticado é sinal que é a pessoa adequada", disse.

Na última quinta, o presidente anunciou a intenção de indicar o filho ao posto diplomático.

Segundo a Agência Câmara Notícias, Eduardo Bolsonaro "é o atual presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional e já recebeu o apoio do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo". O deputado, que também participou da sessão solene, disse na semana passada que está pronto para assumir a missão, se seu nome for confirmado.

 

Com informações da Agência Câmara Notícias

 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor