Advertisement

Pantomima do Governo do Rio no Caso Marielle

Encontrar os atiradores, se confirmadas as investigações, é um passo importante. Colocar em segundo plano o mandante é inaceitável.

Fatos & Comentários / 12 Março 2019 - 20:16

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A dois dias de completar um ano da execução de Marielle Franco, data que será marcada por manifestações nas ruas, o Governo do Rio de Janeiro apresentou um espetáculo que fica entre a farsa e o burlesco para tentar esvaziar os protestos e faturar politicamente.

O tiro, e perdoem o trocadilho infeliz, saiu pela culatra. O desconforto do delegado em esclarecer a pergunta mais simples – qual a motivação do crime – era tão evidente que podia ser visto pelo rádio. “Ódio, ele tinha ódio”, balbuciava o policial da Delegacia de Homicídios, ao lado de um governador ávido por aparecer nas imagens.

Ninguém duvida que quem matou a vereadora e o motorista Anderson Gomes era um assassino frio e perito em execuções. Mas achar que alguém vai engolir a versão de que ele cometeu o crime motivado por ódio é duvidar da inteligência alheia. “Falar em crime de ódio é inaceitável”, dispara o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ).

A presidente nacional do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Rita Cortez, fez duras críticas à “falta de solução para o assassinato”. “Após um ano de investigação, é uma vergonha para o Brasil que o caso ainda não tenha sido totalmente esclarecido”, afirmou.

Encontrar os atiradores, se confirmadas as investigações, é um passo importante. Colocar em segundo plano o mandante é inaceitável.

 

Disque M para matar

Bolsonaro podia passar sem esse incômodo vizinho.

 

Negócio fechado

No mundo róseo das startups, poucos ousam falar dos fracassos. Mas uma a cada quatro empresas inovadoras fecha as portas antes do primeiro ano de funcionamento, e 50% não sobrevivem aos quatro primeiros anos.

Levantamento da consultoria de RH Randstad assegura que a hora de profissionalizar a operação e contratar um time especializado para fazer o negócio rodar a todo vapor é uma grande armadilha para muitos negócios.

 

Distância

A divulgação da primeira prévia do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), da FGV, confirma o descolamento entre preços ao produtor e ao consumidor, embora a diferença tenha diminuído em relação aos meses anteriores.

O índice cheio subiu 0,71%, mas o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) – um dos que integram o indicador geral – subiu 0,90%. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) variou 0,47%, praticamente a metade do aumento sentidos pelos produtores.

 

Seguro emergente

Os prêmios de seguro dos mercados emergentes devem dobrar nos próximos dez anos, sendo que a China será a líder desse segmento no mundo na década de 2030. De um modo geral, haverá a transferência do poder econômico do oeste para o leste.

A estimativa consta de estudo da resseguradora Swiss Re, que avaliou o potencial de mercado dos países emergentes, denominado “Emerging markets: the silver lining amid a challenging outlook” (swissre.com/institute/research/sigma-research/sigma-2019-01.html)

Apesar dessa visão otimista, problemas são apontados: envelhecimento populacional, vulnerabilidade a trocas comerciais, volatilidade financeira, baixa produtividade e endividamento (interno e externo). A situação mais complicada do Brasil é o endividamento, destaca o consultor Francisco Galiza.

 

Perto do perigo

O PM acusado de matar Marielle morava no mesmo condomínio (e na mesma rua) em que mora o presidente Bolsonaro. Na casa do policial foram encontrados explosivos. Se acontece isto com a família presidencial, cabe verificar qual segurança está sendo oferecida à população brasileira.

 

Rápidas

Nesta quarta-feira, a Diretoria de Mulheres da OAB/RJ e a Comissão OAB/Mulher promovem o evento “Igualdade de gênero – Dia Internacional da Mulher”, na sede da entidade (Avenida Marechal Câmara, 150, 4º andar) *** Ainda celebrando o Dia Internacional da Mulher, a Fiesp realizará, neste domingo, “O poder do empreendedorismo feminino”, série de oficinais gratuitas para mulheres empreendedoras ou que sonham em empreender. Inscrições gratuitas: bit.ly/2VTNvHH *** Neste final de semana, o Caxias Shopping recebe o ônibus do Busucão (sábado), com uma feira de adoção de animais e campanha de vacinação, e a Feira Caxias Shopping (domingo), com produtos sem agrotóxicos *** A Feira de Artesanato está de volta ao Passeio Shopping, até sábado *** No sábado, das 9h às 13h, acontece mais uma edição do Unisuam em Ação. O Bangu Shopping será palco do evento, que oferecerá acesso a serviços gratuitos de utilidade pública, além de orientação vocacional e palestras sobre carreiras.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor