Advertisement

ONU saúda apelo da UE para o cessar-fogo em Trípoli, na Líbia

OMS disse que combates até agora já mataram 454 pessoas, feriram 2.154 outras e deslocaram quase 60 mil civis.

Internacional / 12:11 - 15 de Mai de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A Missão de Apoio da ONU na Líbia (UNSMIL, na sigla em inglês) saudou o apelo da União Europeia para um cessar fogo na capital Líbia, Trípoli.

"A UNSMIL saudou a declaração do Conselho de Relações Exteriores da UE sobre a Líbia. A Missão reitera a declaração do Conselho e salienta que o ataque a Trípoli e a violência daí resultante ameaçam a paz e a segurança internacionais e, acima de tudo, a estabilidade da Líbia", afirmou a Missão numa declaração.

A UNSMIL instou todas as partes líbias a "cooperarem rapidamente com a ONU para um cessar-fogo imediato".

Ele alertou contra ataques indiscriminados contra civis e infraestruturas civis, lembrando todas as partes na Líbia de suas obrigações sob as leis internacionais humanitárias e de direitos humanos.

Na segunda-feira, o Conselho de Relações Exteriores da UE expressou preocupação com o impacto das ações militares contra civis em Trípoli, enfatizando que não há solução militar para a crise líbia e instando todas as partes líbias a retornar ao diálogo político patrocinado pela ONU.

Trípoli tem assistido a um conflito militar entre o exército de leste e as forças do governo apoiado pela ONU sobre o controlo da cidade desde o início de abril.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que os combates até agora já mataram 454 pessoas, feriram 2.154 outras e deslocaram quase 60 mil civis.

A Líbia vem sofrendo uma escalada de violência e instabilidade política desde a queda de Muammar Khadafi em 2011.

 

Agência Xinhua

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor