Ocupação de hotéis no fim do ano já chega a 75% no Rio

Em alguns bairros da zona sul ocupação já é de 95%.

Rio de Janeiro / 22:01 - 3 de dez de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Uma pesquisa divulgada, nesta terça-feira, pelo Sindicato dos Hotéis do Município do Rio de Janeiro (Hotéis Rio), mostra que a ocupação dos hotéis da capital fluminense para o período de 28 de dezembro a 1º de janeiro de 2020 apresenta média, até o momento, de 75%.

Regiões como os bairros do Flamengo, Botafogo, Ipanema e Leblon já mostram nível de procura mais elevado, de 86%, cada. Para a noite da virada, entretanto, alguns bairros da cidade têm média de quartos ocupados da ordem de 95% a 97%, em hotéis cinco estrelas de Copacabana, do Leme, Arpoador e de Ipanema, todos na zona sul, e na Barra da Tijuca, zona Oeste.

Com o tema Amor a Cada Vista, que remete à beleza natural e arquitetônica do Rio de Janeiro, a proposta da prefeitura para o próximo Réveillon, é que os turistas fotografem e filmem as paisagens e construções cariocas e as divulguem nas redes sociais, com a hashtag #vemprorio.

O município se tornará, em 2020, a primeira Capital Mundial da Arquitetura. O título foi concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e pela União Internacional dos Arquitetos (UIA).

A expectativa para a virada do ano é superar o recorde de 2,8 milhões de pessoas, registrado na chegada de 2019.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor