Natura vai gastar R$ 349 milhões em reestruturação

Holding vai incorporar operações da empresa e da recém-comprada Avon.

Acredite se Puder / 18:03 - 14 de out de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A Natura detalhou o processo em que a recém-criada holding Natura&Co passará a abrigar as operações atuais de cosméticos e também as operações após a compra da norte-americana Avon. A previsão é de que esse processo custe R$ 349 milhões, incluindo avaliações, publicações, assessoria jurídica e demais assessorias. A reestruturação societária é oportuna para que a Natura Cosméticos passe a ser detida pela Natura&Co, viabilizando a subsequente integração da base acionária e das operações da Avon, sem afetar os seus índices de endividamento. O Conselho de Administração convocou assembleia para o dia 13 de novembro, quando serão deliberados os atos relativos à incorporação dessas ações pela controladora.

 

Inter e Uber farão parceria

O SoftBank é acionista da Uber e neste ano adquiriu uma parcela de 15% do banco Inter. Agora, o Inter e a Uber negociação parceria na área de serviços financeiros, em um movimento para demonstrar o trabalho do grupo japonês para integrar os seus negócios na América Latina, segundo a Reuters. A parceria pode ter como alvo tanto os motoristas do Uber quanto os mais de 3 milhões de clientes do Banco Inter. O acordo visa impulsionar os negócios do Banco Inter no país, já que o Brasil é o maior mercado do Uber fora dos Estados Unidos. São Paulo concentra mais viagens de Uber do que qualquer outra cidade do mundo. As units do banco brasileiro subiram 6,51% e chegaram a R$ 53,15.

 

Peste suína nordestina não afeta

Relatório do Bradesco BBI sobre o foco alagoano de peste suína clássica, não é o primeiro a ocorrer no Brasil, pois no ano passado um foco foi identificado no Ceará. Para os analistas da instituição, a notícia não causa problemas para o setor de proteínas da do Brasil, pois a região nordeste não é classificada como livre de PSC e, portanto, não exporta carne de porco e o caso do ano passado não se transformou em um significativo surto. E acrescentam que é preciso seguir monitorando os casos, a fim de verificar se novos foco possam surgir.

 

Que a Justiça do Trabalho tem com o salgema?

A Braskem informou que o Juiz da 7ª Vara do Trabalho de Maceió negou o bloqueio de R$ 2,5 bilhões constante nos pedidos liminares do Ministério Público do Trabalho em Alagoas na Ação Civil Pública proposta contra a companhia no contexto do fenômeno geológico ocorrido em Maceió. Uma dúvida: a Justiça do Trabalho não foi feita para resolver problemas relativos aos trabalhadores. Então, podem os procuradores se meterem na seara da justiça comum?

 

Qual a função da Susep?

A Susep é um realmente um regulador? Pelo visto ou não se preocupa com o mercado segurador ou o brasileiro é o melhor do mundo e não acontece nada de anormal. O site da Superintendência mostra que foram feitos, neste século, só dois termos de compromisso, sendo o último de 2013.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor