Advertisement

Morre Fernão Bracher, ex-presidente do BC e fundador do BBA

Pparticipou da elaboração do Plano Cruzado.

Mercado Financeiro / 11 Fevereiro 2019 - 23:02

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Morreu neste nesta segunda-feira, aos 83 anos, no hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde está internado o presidente Jair Messias Bolsonaro, o banqueiro e ex-presidente do Banco Central Fernão Bracher. Ele havia sido hospitalizado há cerca de uma semana, depois de uma queda em casa, e acabou sofrendo um infarto.

Bracher foi presidente do Banco Central entre 1985 e 1987 - época em que a diretoria também era composta por André Lara Rezende e Pérsio Arida, que, juntos, participaram da elaboração do Plano Cruzado. Antes, de 1974 a 1979, Bracher já havia sido diretor de câmbio do BC.

Fernão também foi vice-presidente do Bradesco, antes de fundar o BBA, em 1988. O banco foi vendido ao Itaú em 2002 por R$ 3,3 bilhões e se tornou o banco de investimento da casa dos Villela e Setúbal. Bracher deixa cinco filhos, Candido (presidente do Itaú Unibanco), Beatriz, Eduardo, Elisa e Carlos, além de 15 netos e 3 bisnetos.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor