Mongeral Aegon completa 185 anos virando MAG

Criado naturalmente pelos colaboradores e resultado da contração de ‘Mongeral Aegon Group’,

Seguros / 23:27 - 15 de jan de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A Mongeral Aegon, seguradora mais longeva do país, ao completar 185 anos no dia 10 de janeiro, anunciou durante o MAGNEXT, evento que reuniu mais de 2 mil pessoas no Rio de Janeiro, a mudança das suas marcas comerciais. Nasce a MAG, um apelido criado naturalmente pelos colaboradores e resultado da contração de ‘Mongeral Aegon Group’, que vem acompanhada de tagline descritiva sobre cada linha de negócio.

A iniciativa reflete a modernização e a inovação da companhia em um dos mercados mais conservadores do país, uma vez que as pessoas estão sendo impactadas por uma quantidade cada vez maior de informação. Neste cenário, a utilização de nomes mais simples em marcas já é uma tendência que tem acontecido nos últimos anos no país em diversos segmentos de negócio. Este foi o caminho escolhido pela Mongeral Aegon.

Para tomar a decisão, no entanto, o Grupo Mongeral Aegon fez estudos e pesquisas. “Mudar o nome de uma marca não se faz de uma hora para outra, tampouco é uma decisão simples. Isso ainda fica mais latente quando tratamos de uma companhia de quase 200 anos. No entanto, não medimos esforços para avançar. Realizamos pesquisas quantitativas e qualitativas. Ouvimos consumidores, clientes, líderes e colaboradores. Envolvemos todas as empresas do grupo para chegarmos a este resultado”, explicou Nuno Pedro David, diretor de Marketing do Grupo Mongeral Aegon.

Segundo David, a sigla mais simples, curta e eficaz contribuirá para o reconhecimento da marca no mercado brasileiro e junto aos públicos de interesse da companhia. O design da nova marca tem o degrade, que simboliza movimento, dinamismo e evolução. “Também há a estilização da letra ‘A’ de forma mais arejada.” Este grafismo tem como objetivo transmitir modernidade e inovação das empresas. “É importante ressaltar que seguiremos utilizando o logotipo do Grupo Mongeral Aegon como marca corporativa e como endosso da nova marca”, acrescentou o executivo.

 

O MAGNEXT, que celebrou os 185 anos da Mongeral Aegon, reuniu os principais executivos da companhia no Riocentro. O CEO da companhia, Helder Molina, falou sobre o crescimento empresa no mercado, visões e expectativas para o futuro. Dentre os principais destaques estão o expressivo volume de vendas pela plataforma de suporte ao corretor Venda Digital, que hoje corresponde a cerca de 90% dos seguros comercializados.

Dentre as inovações citadas em relação ao atendimento, o CEO destacou a WinSocial, plataforma que facilita a venda de seguro de vida para pessoas com diabetes. No que tange à MAG Investimentos, gestora de ativos criada há cinco anos no mercado, movimentou 6 bilhões de reais desde o lançamento.

Em outro painel do evento, Alexander Wynaendts, CEO da Aegon e Mark Mullin, CEO da Transamerica, se juntaram a Helder Molina, para falar sobre a joint venture, que completou 10 anos em 2019. Mullin reforçou o sentimento de estar em família e sinalizou que o aprendizado é mútuo com uma parceria bidirecional. Já Wynaendts, por sua vez, abordou alguns diferenciais do Brasil, como a população jovem, as mudanças e crescimento da classe média nacional em relação à Europa, sinalizando oportunidades para a operação do país.

Com o objetivo de refletir modernização e inovação da companhia em um dos mercados mais conservadores do país, nasce a MAG, apelido criado naturalmente pelos colaboradores e resultado da contração de Mongeral Aegon Group, que vem acompanhada de tagline descritiva sobre cada linha de negócio.

 

MAG Finanças

 

Sempre em busca de inovação para melhoria e serviços da companhia, a Mongeral Aegon realizou o lançamento fintech MAG Finanças, que tem como objetivo otimizar as operações e facilitar as operações financeiras entre corretores e clientes. A expectativa é encerrar 2020 com um volume financeiro em transações de pagamentos superior a R$ 1 bilhão, atuando inicialmente somente em seu ecossistema.

Percebemos uma oportunidade para expandir ainda mais as atividades do Grupo Mongeral Aegon e agregar cada vez mais valor ofertando uma cesta completa de produtos e serviços financeiros que contemple todo momento de vida dos nossos clientes. Somos uma empresa ágil e transparente com DNA de Startup, como o mundo digital deve ser, mas com a solidez do grupo Mongeral Aegon”, explicou Marcos Diniz, diretor-executivo da MAG Finanças.

A nova empresa vai operar em plataformas digitais e com todos os seus processos dentro dos mais modernos e rigorosos sistemas de compliance e segurança do mercado para garantir aos clientes a solidez e a credibilidade necessárias para um trabalho de excelência e serviços de alta qualidade.

A Fintech disponibiliza aos seus clientes já alguns serviços, dentre eles alguns sem cobrança de taxa de uso limitados, tais como: quatro saques, 10 emissões de boletos, transferências via TED entre contas da instituição utilizando QR Code. Os clientes também poderão solicitar a emissão do primeiro cartão pré-pago internacional da bandeira Mastercard gratuitamente e a sua manutenção sem o pagamento de anuidade. O aplicativo da MAG Finanças já está disponível para download na Apple Store e na Google Play e é 100% gratuito.

 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor