Mike Pompeo: Irã é responsável por ataques na Arábia Saudita

Chanceler iraniano disse que caso FFAA americanas ou sauditas ataquem o país, consequências poderão ser 'guerra em grande escala'.

Internacional / 14:34 - 20 de set de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, disse que o Irã é responsável pelos ataques do dia 14 de setembro a instalações petrolíferas da Arábia Saudita. Ele fez o comentário durante visita ao Oriente Médio para investigar os ataques.

Em entrevista nos Emirados Árabes, após visita à Arábia Saudita, ele afirmou que os EUA querem uma solução pacífica para a questão, mas que Washington deverá impor mais sanções contra o Irã.

Teerã tem repetidamente negado as alegações dos EUA. Os rebeldes houthi no Iêmen, que são contra o governo e apoiados pelo Irã, assumiram a responsabilidade pelos ataques.

O chanceler do Irã, Mohammad Javad Zarif, disse à CNN, nessa quinta-feira, que caso as Forças Armadas americanas ou sauditas ataquem o país, as consequências poderão ser "uma guerra em grande escala".

As Nações Unidas planejam enviar uma equipe para investigar os ataques na Arábia Saudita e, por sua vez, o governo saudita disse que vai cooperar com essas investigações.

 

Vistos para presidente e chanceler - O Irã informou que os EUA emitiram vistos para o presidente Hassan Rouhani e Zarif, para que possam viajar a Nova Iorque para participar da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas. A missão do Irã na ONU foi anunciada ontem.

O porta-voz do chanceler iraniano, Seyyed Abbas Mousavi, postou no Twitter que Zarif está partindo nesta sexta-feira para Nova Iorque.

Zarif havia acusado os EUA de retardar a emissão dos vistos. O Irã considerou cancelar a viagem de Rouhani e Zarif para participar da reunião da ONU.

O presidente americano, Donald Trump, teria explorado a possibilidade de um primeiro encontro com Rouhani, durante a assembleia geral.

 

Com informações da Agência Brasil, citando a NHK

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor