Merkel: Que mundo transforme crescimento econômico em progresso social

Em evento da OIT, chanceler alemã também condenou o uso de mão de obra infantil.

Internacional / 11:47 - 12 de jun de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse na terça-feira que o mundo deve trabalhar mais para melhorar as condições de trabalho e transformar o crescimento econômico em progresso social.

Merkel está entre os 40 chefes de Estado ou de governo e líderes políticos que se dirigem à Conferência Internacional do Trabalho da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

"Queremos que os padrões sociais se apliquem a todas as pessoas deste mundo", disse Merkel.

Este ano, a OIT celebra o centenário da organização em Genebra, em uma conferência que acontece entre os dias 10 a 21 de junho.

"A OIT é tão relevante hoje quanto 100 anos atrás", disse Merkel.

"Hoje, precisamos melhorar ainda mais as condições de trabalho. O crescimento econômico deve ser transformado em progresso social. A ação multilateral está nos levando adiante e todos nós dependemos dela."

Merkel também condenou o uso de mão de obra infantil e apoiou a campanha da OIT contra ela na véspera do Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, que acontece no dia 12 de junho.

"Muitas crianças têm que trabalhar em um pesadelo", disse o líder alemão. "Precisamos de paz social, precisamos de condições justas de trabalho, precisamos da preservação e do respeito da dignidade humana".

A OIT tem a luta contra o trabalho infantil como uma de suas prioridades. Merkel disse que a OIT alcançou muito, "mas ainda há muito a ser feito".

 

Agência Xinhua

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor