Advertisement

Mercado imobiliário em baixa nos EUA

Vendas de novas moradias tiveram queda de 6,9% em janeiro.

Mercado Financeiro / 14 Março 2019 - 22:31

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O movimento foi de queda dos mercados de ações nos Estados Unidos nesta quinta-feira. O atraso nas negociações comerciais entre norte-americanos e chineses e de dados sinalizando queda maior que a esperada nas vendas de novas casas em janeiro nos EUA influenciaram a tendência de baixa.

O Departamento de Comércio informou que as vendas de novas moradias nos EUA tiveram queda de 6,9% em janeiro, enquanto economistas consultados pela Reuters estimavam baixa de 0,6%. O resultado pior sugere que a fraqueza do mercado habitacional persistiu no início do primeiro trimestre.

A Bloomberg informou que uma reunião entre os presidentes norte-americano, Donald Trump, e chinês, Xi Jinping, para assinatura de um acordo a fim de encerrar a disputa comercial entre os dois países não ocorrerá neste mês e é mais provável que aconteça em abril, no mínimo. Na quarta-feira, Trump declarou não ter pressa de concluir um pacto comercial com a China.

“A situação com o comércio está causando indigestão para os investidores desde o início. A preocupação mais profunda que está começando a surgir é que não haja senso de urgência neste momento”, disse à Bloomberg Andre Bakhos, diretor da New Vines Capital LLC. Sensíveis às questões comerciais, as ações da Caterpillar cediam 0,6%, enquanto as da Boeing - maior exportadora dos EUA para a China - caíam 0,5%.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor