Mercado de veículos usados mostra recuperação paulatina

Fenauto acredita que movimento continuado poderá prosseguir até fim deste ano e talvez em 2020.

Conjuntura / 12:57 - 2 de dez de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Federação do setor divulga dados de novembro sobre comportamento das vendas (Foto:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Federação Nacional das Associações de Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto) divulgou nesta segunda seu relatório sobre o comportamento do segmento de automóveis seminovos e usados no mês de novembro.

Segundo o informe, os dados apresentados, em comparação com o mês de outubro, ficaram negativos em 9,4%, em função de 3 dias úteis a menos. Foram comercializados 1.219.289 veículos em novembro, contra 1.345.240, em outubro.

No entanto, quando a comparação é feita com o mesmo mês de 2018, novembro de 2019 mostrou um avanço de 6,3%. A Fenauto ressalta, também, que o acumulado registrado neste ano segue positivo em 2,4%, com uma melhora de 0,4%, mostrando que esses resultados indicam que a tão desejada recuperação prossegue de forma paulatina.

Os modelos de automóveis seminovos e usados mais vendidos no mês são: Gol (74.325), Palio (43.630), Uno (43.489), Fiesta (29.137), Celta (26.862), Fox (22.843), Ka (22.465), HB20 (21.332), Corsa (20.917) e Corolla (20.794). Demais marcam somam 469.938 unidades, perfazendo um total de 795.732 veículos.

Em nota, a Fenauto diz que "mantém o entendimento de que é necessário continuar a prestar atenção à variação dos níveis de confiança do consumidor para os próximos meses, fator preponderante para a movimentação da economia". Para o presidente da entidade, Ilídio dos Santos, "o dado interessante é que percebemos esse movimento continuado, no sentido de recuperarmos o desempenho do setor. Acreditamos que essa tendência poderá prosseguir até o final deste ano, e esperamos que se mantenha em 2020."

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor