Mercado chinês de smartphone se contrai no primeiro trimestre

Mercado chinês de smartphone se contraiu 3% no primeiro trimestre, para 88 milhões de unidades, mostrou relatório do setor.

Informática / 15:24 - 3 de mai de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O mercado chinês de smartphone se contraiu 3% no primeiro trimestre, para 88 milhões de unidades, mostrou um relatório do setor.

A participação de mercado da Huawei cresceu para um recorde de 34%, um aumento anual de mais de 10 pontos percentuais, tornando-a a única vendedora entre as cinco maiores a registrar crescimento, segundo a consultoria global de tecnologia Canalys.

A Huawei, incluindo a Honor, enviou pouco menos de 30 milhões de smartphones, seguida pela OPPO, Vivo, Xiaomi e Apple.

A Xiaomi anunciou na quinta-feira que sua remessa do primeiro trimestre superou 27,5 milhões de smartphones.

Os dados de outra consultoria, a IDC, mostraram que a remessa chinesa de smartphones caiu mais de 10% em termos anuais em 2018.

"O declínio na China se suavizou levemente, o que oferece certo alívio depois de um ano ruim", disse Mo Jia, analista da Canalys, acrescentando que os maiores vendedores estão se preparando para velocidade máxima, lançando novos produtos e aumentando os gastos em marketing para manter a participação de mercado.

 

Agência Xinhua

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor