Lucro líquido da SulAmérica cresce 92,6%

2º trimestre: receitas de R$ 5,4 bi e margem bruta operacional consolidada avança 12,8%.

Seguros / 22:50 - 7 de ago de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A SulAmérica, maior seguradora independente do País, divulgou seus resultados do 2º trimestre de 2019 e continua mostrando crescimento sustentável com uma série de dados positivos. As receitas totais no trimestre cresceram 7% frente ao registrado no mesmo período de 2018, chegando a R$ 5,4 bilhões. Já no acumulado do ano, as receitas totais alcançaram R$ 10,7 bilhões, 8,5% superiores em comparação com o 2º trimestre do ano anterior.

A companhia registrou aumento de 92,6% em seu lucro líquido quando comparado ao mesmo período de 2018, totalizando R$ 260,8 milhões. Mesmo se desconsiderados dois resultados relevantes neste período, sendo um positivo associado à reversão de passivo fiscal diferido e outro negativo de reversão de resultado de equivalência patrimonial, o lucro líquido teria apresentado crescimento de 46% em relação ao ano anterior. O retorno sobre o patrimônio líquido médio nos últimos 12 meses atingiu 17,6%, contra 15,1% em 2018.

“A SulAmérica prova mais uma vez sua força e capacidade de continuar crescendo com rentabilidade neste segundo trimestre de 2019. A evolução operacional evidencia, em mais um ciclo, a nossa trajetória sustentável de crescimento, combinando o foco em rentabilidade com ganhos operacionais e ampliação da base de clientes”, destaca Gabriel Portella, presidente da companhia. “Mantivemos nosso compromisso de crescentes investimentos em tecnologia, inovação e na melhoria da experiência de nossos segurados”, acrescenta.

As operações de seguro saúde e odontológico seguiram apresentando bom desempenho no segundo trimestre de 2019, mantendo sinistralidade sob controle e crescimento consistente no número de beneficiários. A base de segurados em planos coletivos apresentou aumento de 11,9% quando comparado com o mesmo período do ano anterior, chegando a 3,4 milhões de membros em junho de 2019 – um aumento líquido de 365 mil vidas em relação a 2018. Esse crescimento de vidas ainda não considera a aquisição da Prodent, a nona maior operadora de odontologia do País, concluída no fim de julho de 2019, e que estará incorporada na SulAmérica no 3º trimestre. As receitas operacionais do segmento seguiram a mesma direção de crescimento e alcançaram R$ 4,2 bilhões no trimestre, 10,9% superiores no comparativo com o mesmo período de 2018. As carteiras de planos coletivos tiveram crescimento em todas as modalidades: odontológico (26%), PME (18%) e empresarial/adesão (9,3%).

A SulAmérica Investimentos, gestora de ativos da companhia, encerrou o segundo trimestre com o montante recorde de R$ 43,3 bilhões em ativos sob gestão, um aumento de 15,1% quando comparado com o mesmo período de 2018. Deste total, R$ 27 bilhões são recursos de terceiros, que foram os principais direcionadores deste aumento, com crescimento de 17,5% em relação a junho de 2018. Destaca-se também o aumento de 49,4% em receitas operacionais e a melhora de mais de 50% na margem bruta do segmento, acompanhando principalmente maiores receitas com taxas de performance e de administração.

 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor