Lucro da Sinopec cai 21,6% no primeiro semestre com preços fracos

Mercado Financeiro / 07:48 - 29 de ago de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Beijing - A Companhia Petroquímica da China (Sinopec, a maior refinadora de petróleo do país) relatou no domingo uma queda de 21,6% em seu lucro líquido no primeiro semestre de 2016, principalmente devido aos preços de petróleo persistentemente fracos. O lucro da companhia atribuível aos acionistas foi de 19,9 bilhões de iuanes (cerca de R$ 10 bilhões) entre janeiro e junho, de acordo com os resultados financeiros. A produção de petróleo e gás nos primeiros seis meses do ano caiu 5,99% em termos anuais, chegando a 218,99 milhões de barris de petróleo equivalente. Prejudicado pelas quedas nos preços do petróleo, o prejuízo operacional das divisões de exploração e produção da companhia ampliou nitidamente, para 21,9 bilhões de iuanes, ante 1,83 bilhão de iuanes no mesmo período do ano passado. No entanto, os preços fracos contribuíram para um crescimento de 113% no lucro operacional da divisão de refino da companhia. Apesar da queda no lucro, a Sinopec disse que sua taxa passivo-ativo caiu para 43,46%, o nível mais baixo desde a cotação, e que os fluxos de caixa e posição financeira melhoraram ainda mais. Outras duas gigantes de energia da China também apresentaram desempenho sem brilho, com um declínio no lucro líquido de quase 97,9% da Companhia Nacional de Petróleo da China e perdas de 7,74 bilhões de iuanes da Companhia Nacional de Petróleo Submarino da China. Agência Xinhua

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor