Advertisement

Linhas de celular tem maior queda do ano em novembro

Foram desligadas 1,5 milhão de linhas no mês.

Conjuntura / 11 Janeiro 2019

O número de linhas de celular caiu no Brasil em novembro, ficando em 231,8 milhões. Naquele mês foram desligadas 1,5 milhão de linhas, e o total foi 0,65% menor do que o do mês anterior. Os dados foram divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e trazem o balanço consolidado mais atualizado do serviço móvel pessoal, nome técnico dado à telefonia celular.
Foi a maior queda do ano. Nos últimos meses, o encerramento de linhas havia totalizado 900 mil em outubro; 100 mil em setembro; 400 mil em agosto e 300 mil em julho. Nos 12 meses anteriores a novembro, a perda acumulada foi de 3%. A soma de linhas desligadas chegou a 7,2 milhões.
Segundo o gerente de Universalização da Anatel, Eduardo Jacomassi, essa redução, que já vem de cerca de três anos, ocorreu devido a uma mudança de regulamentação do órgão, que reduziu o custo das ligações entre operadoras diferentes.
“Durante algum tempo era muito caro ligar para outra operadora. Então as pessoas tinham vários chips. Conforme a regulamentação mudou, pessoas que tinham mais de um acesso começaram a desligar e isso se refletiu na quantidade total”, explicou Jacomassi à Agência Brasil.