Linha Amarela receberá 1,3 milhão de veículos

Com as interdições da Avenida Niemeyer, a via é a melhor opção para quem se desloca entre a Barra da Tijuca e as zonas Norte e Sul.

Rio de Janeiro / 19:26 - 14 de nov de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A Linha Amarela deverá receber cerca de 1,3 milhão de veículos ao longo de toda a rodovia no feriadão pela Proclamação da República. Para atender a esse volume de veículos, a Lamsa, concessionária do grupo Invepar responsável pela administração da via expressa, montou um plano de operações especial. O esquema terá 20 veículos, incluindo oito para atendimento mecânico e duas ambulâncias, além de cerca de 170 funcionários no atendimento na praça de pedágio e em toda a rodovia.

A concessionária também exibirá mensagens nos painéis sobre condições de trânsito e meteorológicas na pista, direção responsável e manutenção mecânica preventiva.

Diante da previsão de chuvas para a cidade, a Lamsa recomenda cautela na direção. Para garantir que a pista esteja livre da formação de bolsões d’água, a concessionária inspeciona o sistema de drenagem da rodovia semanalmente. Nesta semana, foram verificados os dutos de captação de água pluvial no Viaduto da Avenida Dom Helder Câmara (antiga Suburbana).

Em caso de pane ou acidente, os condutores poderão acionar gratuitamente o socorro mecânico ou médico pelo telefone 0800-0242-355. Os usuários também podem acompanhar as condições de trânsito na Linha Amarela, em tempo real, pelo Twitter, em @LinhaAmarelaRJ.

Com as interdições da Avenida Niemeyer, fechada pela Justiça por tempo indeterminado devido a riscos de desmoronamentos, e da Estrada Dona Castorina, por deslizamentos de terra, a Linha Amarela é a melhor opção para quem se desloca entre a Barra da Tijuca e as zonas Norte e Sul.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor