Justiça suspende licença da Belo Sun

A Justiça Federal suspendeu a licença de instalação estadual da mineradora canadense Belo Sun para a exploração de ouro na região da hidrelétrica de Belo Monte, perto de Altamira, no Pará, em um projeto que prevê investimentos de US$ 5 bilhões apenas neste ano, disse nesta quarta-feira o Ministério Público Federal (MPF) no Pará. A decisão foi tomada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, sob a alegação de que a empresa não apresentou estudos válidos do impacto do projeto sobre os povos indígenas da região, explicou o MPF em nota à imprensa, pois as etnias Arara e Juruna seriam afetadas pelo projeto e a empresa apresentou estudo à Fundação Nacional do Índio (Funai) considerado inapto, “por não conter nenhum dado coletado dentro das áreas indígenas e por não ter sido realizada consulta prévia aos índios”. O MPF pontuou que essa é a segunda decisão judicial que suspende a licença de instalação da Belo Sun.

Oi permitirá trocar minutos por internet

A Oi lançou nesta quarta-feira uma função que permite trocar a franquia de voz dos planos Oi Livre e Oi Mais Controle por dados para navegação na internet, e vice-versa. Segundo a empresa, o recurso foi desenvolvido após pesquisas em todo o país que mostraram a necessidade dos clientes em terem mais flexibilidade em seus planos. A mudança pode ser feita pelo aplicativo Minha Oi ou pela internet. Nos planos Oi Livre e Oi Mais Controle, a taxa de conversão é de 2 MB x 1 minuto para falar com qualquer operadora. No plano Oi Livre com minutos para falar com celular e fixo da Oi, a taxa é de 2 MB x 20 minutos. No Oi Mais Controle, a taxa de conversão de minutos locais para outras operadoras é de 20 MB x 1 minuto. As taxas valem tanto para troca de MB para minuto quanto de minutos para MB. O cliente pode fazer quantas mudanças quiser, sem limite de operações ou custos adicionais. A Oi também lançou outros novos serviços em seu aplicativo, como consulta de saldo e bônus, recarga, migração de plano e código de barras para pagamento de fatura.

Diretora de Comunicações deixará o Uber

O serviço de transporte urbano por aplicativo Uber Technologies disse na terça-feira que sua diretora de Comunicações, Rachel Whetstone, deixará a companhia. A saída de Whetstone ocorre uma semana após dois executivos de alto escalão anunciarem planos de deixar a empresa. Recentemente, o Uber vem se deparando com pedidos de boicote ao serviço e promovendo mudanças na gestão após uma série de revelações sobre a cultura e a tática de negócios da companhia. Em fevereiro, uma ex-engenheira da empresa publicou um texto de blog descrevendo o Uber como um local de trabalho em que assédio sexual era comum e ficava impune. O caso motivou a abertura de uma investigação interna liderada pelo ex-procurador-geral dos EUA Eric Holder.

Qualcomm acusa Apple de mentir a reguladores

A fabricante de chips Qualcomm respondeu às acusações da Apple em disputa legal por propriedade intelectual, iniciada em janeiro. A empresa diz que a criadora do iPhone vazou acordos sigilosos, distorceu contratos e negociações feitas com a Qualcomm, interferiu no relacionamento da Qualcomm com fábricas de smartphones e encorajou reguladores a praticarem ataques com base em dados e afirmações falsas. Mas não foi só. Em um extenso documento enviado à Justiça da Califórnia, responsável por julgar a disputa de US$ 1 bilhão, afirma que a Apple teria limitado a potência dos modems Qualcomm usados no iPhone 7. A intenção seria maquiar a evidente disparidade de desempenho comparado com os chips da Intel, outra fornecedora de componentes. A Qualcomm afirma, ainda, que foi obrigada a não publicar testes que comprovassem a diferença de desempenho. Por fim, ressalta que vai continuar a combater na Justiça as alegações da Apple. A Apple, por sua vez, diz que a Qualcomm cobra direitos por tecnologias que não possui e que abusa de sua dominância no mercado para inflar os preços praticados.