Advertisement

Juro para MEI cai, mas ainda é elevado: 63% ao ano

Conjuntura / 16 Maio 2018

O valor concedido aos microempreendedores individuais (MEI) cresceu de R$ 1,5 bilhão para R$ 1,7 bilhão ao longo de 2017, uma alta de 5,4% em relação ao trimestre anterior. As taxas de inadimplência alcançaram o menor nível da série, chegando a 12,6% no final de 2017. As taxas de juros também caíram, apesar de permanecerem em um nível elevado, atingindo 63% ao ano no último trimestre.

Os dados são de parceria entre o Banco Central e o Sebrae. A pesquisa utiliza dados de quantidade de operações, valores das concessões de crédito, taxas de juros e taxas de inadimplência detalhados por origem dos recursos, unidade da federação e modalidades de crédito para o Microempreendedor Individual.