Advertisement

Indústria da estética e beleza tem crescimento

A edição 2019 da Estética in Rio acontece, de 25 a 27 de maio, no Centro de Convenções SulAmérica.

Empresas / 23:14 - 06 de Mai de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Há décadas o mercado da beleza vem demonstrando que vai muito além da aparência. Um dos poucos segmentos econômicos que cresce mesmo em tempos de crise, em 2019, por exemplo, estima-se uma alta de 10% no faturamento, segundo o Sebrae, com cifras ultrapassando R$ 107 bilhões. São meio milhões de estabelecimentos, incluindo salões de beleza e clínicas de estética, além de uma imensa gama de profissionais. E é neste contexto que acontecerá a edição 2019 da Estética in Rio, de 25 a 27 de maio, no Centro de Convenções SulAmérica, com as tendências em produtos e tecnologia, mas, principalmente, capacitação de alta qualidade e atualizada com o que há de mais recente no mercado de beleza e pesquisas.

Estudo realizado pelo SPC Brasil revela que, em um cenário de crise, o brasileiro opta por cortar atividades de lazer em vez de gastos com sua imagem e bem-estar. “E a gama de nichos é imensa”, aponta a diretora do Grupo Estética In e organizadora do evento, Fátima Facuri. Segundo ela, “a Estética in Rio foi crescendo na medida das necessidades do setor e por isso hoje já temos, além da feira, cinco congressos e dezenas de workshops gratuitos, além de várias outras atrações, muitas oferecidas pelos expositores”.

Foco na realidade

Estética - Um a cada 5 brasileiros está acima do peso, segundo o Ministério da Saúde. Este é um bom exemplo de público ávido por um atendimento especializado e técnicas inovadoras. E, de acordo com a Associação Brasil Plus Size (ABPS), a previsão para este ano é que o mercado plus size movimente R$ 7,1 bilhões e tenha um crescimento de 8% em relação a 2018. A “Remodelagem corporal plus size” é uma das palestras do 13° Congresso Brasileiro Científico de Estética.

Micropigmentação - No 6° Congresso Científico Internacional de Micropigmentação as palestras incluem as sobrancelhas, segmento que sofreu um boom a partir de 2015, com a abertura, inclusive, de várias franquias, também estará em foco. O segmento tem, inclusive, representante entre as 50 maiores franquias do País, segundo a ABF – Associação Brasileira de Franchising. Uma das palestras, “Como solucionar design assimétrico comprometidos pela falta de pelos ou procedimentos ultrapassados”, terá prática ao vivo.

Cílios - Os cílios também terão sua vez. O 2° Congresso Lash Artist Brasil abordará “A nova geração de tecnologias nos materiais para extensões”, atendendo a uma demanda do mercado, já que as extensões de cílios se tornam cada vez mais frequentes e, consequentemente, a procura por profissionais capacitados também.

Nutrição - O III Congresso Multidisciplinar em Nutrição Funcional, Esportiva, Estética & Gastronomia contempla outro mercado que se desenvolve vertiginosamente, sem temores. O Brasil é um dos países que mais crescem no segmento de suplementos alimentares. Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Produtos Nutricionais (Abenutri), em 2018, só o setor de Sport Nutrition - uma das quatro divisões do mercado, que ainda inclui Bem-Estar, Perda de Peso e Nutrição Cosmética - faturou cerca de R$ 2,24 bilhões, crescendo 12% em relação ao ano anterior. A expectativa para 2019 é de crescimento de 15%.

Podologia - No Brasil, a Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED) estima que cerca de 30% dos brasileiros – ou 57 milhões de pessoas – sofram com algum tipo de dor crônica. Já o pé diabético é uma associação de falta de circulação (por agressão às artérias das pernas) e pela neuropatia (principalmente), levando a deformidades dos pés, úlceras e falta de sensibilidade nos mesmos. Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), calcula-se que metade dos pacientes acima dos 60 anos apresente o pé diabético. E os pés neuropáticos estão na programação do 7° Congresso Brasileiro de Podologia, entre muitos outros assuntos.

Estética in Rio

Data: 25 a 27 de maio de 2019

Local: Centro de Convenções SulAmérica - RJ

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor