Índia detém cinco suspeitos para interrogatório após tragédia em templo

Internacional / 10:48 - 11 de abr de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A polícia deteve hoje para interrogatório cinco trabalhadores de um templo no Sul da Índia, onde uma explosão durante um espetáculo de fogos de artifício deixou mais de 100 mortos nesse domingo. A explosão ocorreu quando milhares de indianos celebravam o festival Vishu em um templo hindu de Puttingal Deva. - Cinco trabalhadores foram detidos para interrogatório. Não são detenções formais. Só depois de interrogados saberemos o seu eventual envolvimento e tomaremos medidas adicionais - disse o chefe da polícia do distrito de Kollam, P. Prakash, à agência France Presse por telefone. Segundo P. Prakash, a polícia vai investigar quem foi responsável por levar o espetáculo adiante, mesmo depois de as autoridades terem negado autorização. O governo de Kerala determinou a abertura de inquérito sobre o incêndio e a polícia entrou com processo contra os representantes do templo. O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, considerou a tragédia um "choque muito maior do que as palavras". Agência Brasil, com informações da Lusa

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor