Incêndio destrói armazém e deixa dois feridos em unidade da Suzano

Empresas / 12:22 - 1 de jun de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Um incêndio, que foi controlado hoje de manhã, destruiu uma fábrica de papel, em Suzano, na região leste da Grande São Paulo. O fogo começou por volta das 18h30 de ontem e deixou duas pessoas feridas. Segundo o Corpo de Bombeiros, uma das vítimas teve queimaduras de segundo grau e outra uma contusão na perna. Ambas foram levadas ao pronto-socorro municipal antes da chegada dos bombeiros. Para combater as chamas, 31 viaturas chegaram a ser mobilizadas, em uma operação que envolveu 70 homens. Por volta da 1h, o fogo foi reduzido a pequenos focos. A Suzano Papel e Celulose S.A. informou que os feridos não eram funcionários da fábrica, mas de empresas que prestam serviços. De acordo com o comunicado divulgado pela companhia, ambos passam bem. As chamas atingiram, segundo a empresa, uma unidade de armazenamento. "A unidade de produção de celulose e as máquinas de papel não sofreram danos. As perdas decorrentes do incêndio são fundamentalmente bobinas de papel e a estrutura do galpão de armazenagem, cobertas por seguro", acrescenta a nota. No entanto, a produção na unidade está paralisada, por razões de segurança, e será retomada quando a área for liberada. A Suzano disse que vai redirecionar o trabalho para outras fábricas a fim de garantir o atendimento das encomendas. Agência Brasil

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor