Ibope: mercado odontológico cresce apoiado na experiência de uso

SEG NOTÍCIAS - 14.08: Ibope: mercado odontológico cresce apoiado na experiência de uso

Seguros / 17:15 - 14 de ago de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O mercado de planos de saúde exclusivamente odontológicos tem crescido a ritmo constante e a julgar pela nova pesquisa do Ibope Inteligência, o motivo é a satisfação dos beneficiários. Entre abril e maio de 2019, o Ibope Inteligência ouviu 3,2 mil pessoas em todo o país e constatou que 86% dos beneficiários destes planos estão satisfeitos ou muito satisfeitos com o serviço contratado.

A pesquisa também aponta que 91% dos entrevistados têm intenção de continuar com o plano que possuem e 93% o recomendariam para amigos e parentes. Isso indica que o crescimento do setor está sendo impulsionado também pela satisfação e pela propaganda boca a boca. Apenas entre maio deste ano e o mesmo mês do ano passado, 1,5 milhão de brasileiros passaram a contar com o benefício de acordo com a Nota de Acompanhamento de Beneficiários (NAB), do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (Iess). No total, o segmento contabiliza 24,6 milhões de vínculos.

"Além de um serviço bem prestado, como indica a avaliação das pessoas que usam o serviço, os planos odontológicos têm um custo mais acessível", comenta José Cechin, superintendente-executivo do Iess. "Por isso, além de atrair as famílias, também têm sido ofertados pelas empresas, especialmente as médias e pequenas, como meio de atrair e reter talentos, o que é muito importante em período de alta disputa no mercado de trabalho", completa.

Do total de planos exclusivamente odontológicos no país, 73,1% são coletivos empresariais, aqueles fornecidos pelas empresas aos seus colaboradores. Já os planos individuais ou familiares, contratados diretamente por pessoas físicas, respondem por 17,8% do total. O restante, 9%, corresponde aos planos coletivos por adesão.

O levantamento do Ibope ainda revela que a satisfação com o serviço, a vontade de permanecer com o plano atual e mesmo o total de beneficiários que recomendariam seu plano a amigos e parentes têm crescido. Em 2017, 80% dos beneficiários de planos exclusivamente odontológicos afirmavam estar satisfeitos ante os 86% atuais. A intenção de permanecer com o benefício saltou de 74% para 91%; e o porcentual dos que recomendariam o plano avançou de 84% para 93%.

"A significativa melhoria na avaliação em relação à pesquisa anterior, de 2017, se deve ao esforço contínuo do setor na melhoria do atendimento e nos resultados para os clientes, na promoção do acesso e nos investimentos em tecnologia", avalia Cechin.

O Ibope Inteligência ouviu 3,2 mil pessoas em oito regiões metropolitanas do país (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Porto Alegre, Brasília e Manaus). A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi realizada a pedido do Iess.

.

Financiamento da saúde pelos entes federados será debatido nesta quinta

A Subcomissão Permanente de Saúde da Câmara dos Deputados debate, nesta quinta-feira, o financiamento da saúde pelos entes federados. O colegiado é vinculado à Comissão de Seguridade Social e Família da Casa.

Para a deputada Adriana Ventura (Novo-SP), que solicitou a audiência pública, essa discussão promoverá a atualização dos dados sobre o financiamento da saúde nos três níveis da federação.

"O debate sobre o subfinanciamento do SUS poderá ser qualificado por um melhor conhecimento dos recursos aplicados por estados e municípios, nos vários níveis de atenção, visto que os dados da União são os mais usados e validados", disse Ventura.

Foram convidados o subsecretário de Planejamento e Orçamento do Ministério da Saúde, Arionaldo Bomfim Rosendo; presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fernando Zasso Pigatto; o representante do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), René José Moreira dos Santos; o presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Wilames Freire Bezerra; representante do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); e o representante da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

.

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL

                                                                                                                                                                   

Boas práticas para o gerenciamento da força de vendas - Os caminhos possíveis para empresas serem mais efetivas no oferecimento de serviços financeiros é o tema que Vladimir Freneda, vice-presidente comercial da Assurant, líder global de soluções em habitação e estilo de vida que apoia, protege e conecta o que é mais valioso ao consumidor, irá debater no painel "Gestão da Força de Vendas", na edição de 2019 do Evento Retailed!FS, que será realizado na cidade de Cesário Lange (SP), entre os dias 14 e 16 de agosto.

O painel começa às 9h e será a primeira atração do segundo dia do evento, que reúne diretores de produtos e serviços financeiros de algumas das principais empresas varejistas do Brasil. Em sua sexta edição, o Retailed!FS visa a estimular debates sobre questões atuais pertinentes à operação no segmento, de modo a trazer à tona insights que ajudem na busca pela melhoria dos serviços financeiros no varejo.

Em sua apresentação, o executivo vai dividir com o público as ondas de mudança que ocorreram no Varejo e em serviços financeiros, e a importância do profissional de venda nesse processo. Com as transformações, a força de vendas exerce o duplo papel de, por um lado, traduzir dentro da empresa os anseios que capta a partir do atendimento ao cliente e, por outro, transformar em soluções funcionais ao consumidor as inovações desenvolvidas pelas companhias.

.

SEGURO CIDADÃO

                                                                                                                                                                   

Trânsito - I - O fim das férias escolares é sinal também de trânsito mais confuso. Com o retorno às aulas e a volta da rotina de pais, crianças e adolescentes, é comum o aumento do fluxo de pessoas e veículos nas ruas, dos congestionamentos e, consequentemente, dos riscos de acidentes. O período exige paciência, cuidado e atenção redobrada de motoristas e pedestres que circulam, principalmente, ao redor das escolas. Dados da Seguradora Líder mostram que, apenas neste ano, de janeiro a junho, 6.084 vítimas entre zero e 17 anos foram indenizadas pelo Seguro Dpvat em todo o país.

De acordo com o levantamento, entre as crianças e adolescentes, foram 964 mortes e 4.231 ficaram com algum tipo de invalidez permanente. Além disso, a maioria estava na condição de pedestre no momento do acidente (3.467). As motocicletas foram responsáveis pela maior parte das ocorrências. Foram 3.342 indenizações envolvendo este tipo de veículo. Em seguida, aparecem os sinistros com automóveis: 2.161 casos. Minas Gerais (628), São Paulo (617), Ceará (422), Paraná (392) e Maranhão (361) foram os estados que tiveram mais benefícios pagos a vítimas entre 0 e 17 anos neste primeiro semestre.

Os especialistas garantem que um dos pontos mais importantes para a redução dos números é atuar de forma preventiva onde há grande fluxo de crianças e adolescentes. Sinalização adequada, fiscalização, a presença de guardas de trânsito e investimento em informações para os estudantes podem ser medidas que ajudam a diminuir os acidentes. Para o superintendente de Operações da Seguradora Líder, Arthur Froes, é fundamental que todos estejam atentos.

"O ideal é que os pais se programem para sair mais cedo de casa e, assim, evitem a correria no trânsito. O uso adequado dos equipamentos de segurança também faz toda a diferença. A cadeirinha, o cinto de segurança e o capacete, no caso das motocicletas, são itens obrigatórios. Já os pedestres devem ficar atentos à sinalização e sempre usar a faixa para a travessia nas ruas", ressalta.

Com a volta às aulas, alguns municípios, como Rio de Janeiro e Goiânia, adotaram, na última semana, esquemas especiais com o apoio de agentes de trânsito para autuar quem desrespeitar as leis na porta das escolas e também distribuir folhetos com dicas de segurança como forma de prevenção.

.

Trânsito - II Todos os dias, nas estradas do mundo todo, cerca de 300 crianças com menos de 15 anos morrem em acidentes de trânsito. Ainda que o número seja expressivo, já houve uma grande redução - o número era aproximadamente duas vezes maior em 1990 -, mesmo assim, o alerta continua, pois o perigo ainda não acabou. Na Alemanha, o número de crianças mortas aumentou para 79 em 2018 (eram 61 em 2017), e está um pouco acima da média dos últimos 10 anos. Em outros países da UE, a tendência, que foi positiva por muito tempo, já não é mais a mesma, já que frequentemente as crianças passageiras em veículos são envolvidas em acidentes. Para reduzir esse número alarmante, registrado em inúmeros países do mundo, torna-se fundamental o uso de assentos infantis adequados, isso é o que demonstra um teste de colisão feito recentemente pelo Road Safety Report da Dekra.

O uso deste dispositivo de segurança - desenvolvido de acordo com os tamanhos e pesos dos bebês e crianças - nos veículos é obrigatório em várias nações. Existem produtos adequados no mercado, como cadeirinhas e assentos elevatórios, feitos para idades e tamanhos diferentes. Se compararmos o valor da vida com o preço desses equipamentos, a importância deles se torna indiscutível. Mesmo assim, ainda há pais que não protegem seus filhos ou o fazem incorretamente.

Em países onde não é obrigatório o uso das cadeirinhas de segurança, infelizmente as consequências são trágicas. Na França, por exemplo, as estatísticas oficiais de acidentes demonstram que cerca de 20% das crianças e jovens que morreram em acidentes de carro em 2017 estavam soltas dentro do veículo, sem o uso de equipamentos adequados. Os EUA registraram números semelhantes em 2016, onde 17% das vítimas de acidentes de trânsito com menos de 15 anos não estavam seguras.

Muitos pais não têm consciência de quão sérias são as consequências de transportar crianças inadequadamente dentro dos veículos. "Se o cinto não estiver colocado corretamente, a criança pode bater no teto em uma situação de emergência e isso pode resultar em ferimentos graves, como compressão da coluna vertebral. Se a criança estiver presa com folga demais no assento ou se ele não for do tamanho adequado, uma colisão poderia levar a ferimentos de flexão graves e a uma extensão excessiva das vértebras do pescoço, resultando em danos permanentes ao sistema nervoso. Se a cabeça da criança atingir o banco da frente, isso pode, no pior dos casos, causar uma lesão cerebral traumática", explica Andreas Schäuble, pesquisador de Acidentes da Dekra.

Um recente teste de colisão feito pela Dekra na velocidade relativamente baixa de 50 km/h em áreas urbanas, deixa claro o que acontece em um acidente quando uma criança não está segura: "Para a medição, usamos dois bonecos - com altura de 1,13 metros e o peso de 23 quilos -, representando duas crianças de seis anos de idade: um foi preso adequadamente a uma cadeira de segurança e o outro ficou sentado sem restrições no banco de trás", detalha Peter Rücker, do Dekra Crash Test Center.

Como o teste foi gravado (https://vimeo.com/334697519), as imagens impressionam: enquanto o boneco da criança que estava devidamente segura é contido pelo cinto e protegido pela cadeirinha; o outro manequim - que estava solto e inseguro - voa incontrolavelmente dentro do veículo, resultando em vários impactos. "Se isso não fosse um teste de colisão, mas um acidente na vida real, essa criança praticamente não teria chance de sobrevivência. Além disso, qualquer passageiro no banco da frente também seria colocado em sério risco", alerta Rücker.

Essa pesquisa desenvolvida pela Dekra tem como principal objetivo convocar todos os pais para que garantam que seus filhos tenham a devida proteção dentro dos veículos. "Isso é uma necessidade absoluta, mesmo que a pessoa esteja com pressa ou vá fazer uma viagem curta. A segurança deve ter prioridade sobre a conveniência. O assento deve corresponder ao peso e à altura da criança e ser sempre testado em seu próprio veículo antes de ser comprado", salienta Schäuble.

Neste teste de colisão do vídeo, o boneco sentado à esquerda na direção da viagem está bem seguro em uma cadeira de criança de tamanho adequado. Em uma colisão frontal a 50 km/h, essa criança teria apenas alguns ferimentos. Já o manequim no banco traseiro direito, que não está usando cinto de segurança, é jogado ao redor do veículo com o impacto. Essa criança praticamente não teria chance de sobreviver ao acidente.

A segurança das pessoas no trânsito continua sendo um dos maiores desafios que a nossa sociedade enfrenta - ainda mais quando olhamos o problema em escala global. Afinal, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 1,25 milhão de pessoas morrem em acidentes no trânsito todos os anos. Desde 2008, a Dekra vem publicando o Relatório Anual de Segurança Rodoviária. Sua publicação completa o compromisso da empresa com a segurança rodoviária, iniciada há mais de 90 anos.

.

Iniciativas que ajudam a melhorar qualidade de vida e saúde dos segurados - No último 5 de agosto, é celebrado o Dia Nacional da Saúde. Estabelecida no país há 52 anos, a data também marca o nascimento do sanitarista Oswaldo Cruz, importante protagonista, do começo do século XX, nas erradicações de epidemias da peste, febre amarela e varíola no Brasil A efeméride reforça a importância da conscientização sobre a educação sanitária e sua importância para a saúde.

Neste importante dia, o Porto Seguro Saúde reforçou sua mensagem da importância da gestão da saúde integral de seus segurados. A companhia destaca seus programas e iniciativas que buscam oferecer as melhores soluções aos seus segurados.

Alô Saúde: uma plataforma de orientação médica por telefone e videochamada, totalmente gratuita para segurados e seus dependentes. Além disso, serviços como orientação nutricional, esportiva e especializada para gestantes também são disponibilizados. O Alô Saúde funciona 24h, em qualquer dia e é válido para todas as especialidades e idades. A plataforma dispõe de enfermeiros, médicos e especialistas treinados e capacitados reunidos em uma central exclusiva, sempre à disposição dos segurados.

Psicologia Viva: a inclusão da plataforma na rede referenciada do Porto Seguro Saúde permite que os segurados contem com o auxílio on-line de 130 psicólogos de todo o país, disponíveis 24h por dia. A Psicologia Viva, startup acelerada pela Oxigênio - iniciativa da Porto Seguro Saúde, que é a primeira seguradora a ofertar o serviço de psicologia virtual em sua rede referenciada, traz muitas vantagens para os segurados: desburocratização do atendimento, já que em poucos cliques o segurado já agenda e inicia sua sessão por videoconferência; comodidade de acesso no melhor horário e local para o paciente; diversos temas à disposição como família, relacionamento afetivo e desenvolvimento profissional; além, é claro, de privacidade e sigilo no atendimento. Tudo isso, disponível via smartphones, tablets, notebooks ou qualquer computador com webcam.

Reembolso 100% Digital: para garantir cada vez mais a comodidade dos seus clientes, o Porto Seguro Saúde acompanha a tecnologia e oferece aos segurados a oportunidade de fazer o reembolso de consultas médicas, exames, terapias e despesas hospitalares de forma 100% digital, pelo aplicativo ou site.

O Porto Seguro Saúde possui um amplo leque de programas de promoção à saúde, com o objetivo de acolher de forma personalizada os segurados, além de trazer melhoria na qualidade de vida, com foco em ações para produzir saúde e não apenas tratar a doença, como: Programa Saúde Emocional - para ajudar os segurados na identificação de recursos para seu tratamento, com profissionais especializados contando também com atendimento on-line.

Programa Gestante Mais Saudável - apoio com aconselhamentos, monitoramentos e cursos durante o período gestacional e o primeiro mês do pós-parto.

Oncoporto - suporte aos segurados e familiares através de monitoramento telefônico. Com atendimento humanizado, que integra recursos para tratamento do paciente com uma equipe multidisciplinar, buscando agilizar e facilitar a adesão do segurado ao tratamento proposto com monitoramento telefônico e visitas domiciliares, se necessário.

Porto Mais Saudável - oferece monitoramento à distância com nutricionistas e educadores físicos, que apoiam na adesão a hábitos mais saudáveis, impactando positivamente a saúde, o bem-estar e reduzindo os riscos a médio e longo prazo.

Programa Preventivo Coluna - programa de gerenciamento e acompanhamento de dores crônicas na coluna, que oferece suporte multidisciplinar compostos por médicos fisiatras, especialistas em dor, monitoramento à distância por enfermeiros e demais tratamentos de reabilitação.

Preventivo Cálculo Renal - programa exclusivo para gerenciar e acompanhar possíveis eventos ou reincidências de cálculo renal. Nele, disponibilizamos suporte médico na rede credenciada indicada pela equipe de saúde e telefônico para orientações sobre hábitos de vida e autocontrole, dicas sobre alimentação balanceada, prevenindo episódios futuros e/ou complicações.

E Programa Case Management - suporte individual, de acordo com a condição atual de saúde do segurado. A ideia é proporcionar controle clínico e prevenir futuras complicações, decorrentes de condições crônicas e de difícil controle.

.

Esclerose múltipla - Em agosto, a Rede de Hospitais São Camilo de SP iluminará de laranja as fachadas das quatro unidades - Pompeia, Santana, Granja Viana e Ipiranga - como parte da campanha de conscientização da esclerose múltipla que visa a disseminar informações sobre a doença ainda sem cura.

Para os colaboradores da Instituição, a comunicação será realizada via canais internos como TV Corporativa e newsletter. Já o público geral poderá conferir postagens com informações sobre formas de diagnóstico e tratamentos nas redes sociais como Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter.

No dia 30 de agosto comemora-se o Dia Nacional de Conscientização da Esclerose Múltipla. A doença neurológica, crônica e autoimune provoca lesões cerebrais e medulares, manifestada principalmente entre 20 a 40 anos de idade, segundo a Associação Brasileira de Esclerose Múltipla (Abem). De acordo com a OMS, a esclerose múltipla atinge quase três milhões de pessoas no mundo.

.

ENDOSSANDO

                                                                                                                                                                   

Risorama 2019 A Previsul e a Caixa Seguradora são apoiadoras do Risorama 2019, pioneiro e um dos maiores festivais de humor do Brasil. Até novembro, serão 16 apresentações em oito diferentes cidades como Londrina, Maringá, Joinville, Porto Alegre, Campinas, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Chapecó. O apoio se dá via Lei de Incentivo Fiscal.

"A expertise da Previsul é cuidar das pessoas. Somos uma seguradora que tem como carro-chefe a comercialização de seguros de pessoas, garantindo tranquilidade e bem-estar aos segurados. Acreditamos que sorrir, dar risada e estar alegre é algo muito importante para o bem-estar de todos. E o Risorama proporciona exatamente isso: momentos de descontração que trazem bem-estar às pessoas", afirma o presidente Renato Pedroso.

"O corretor de seguros, principal parceiro da Previsul, não poderia ficar fora disso. Por isso, estamos realizando ações, conforme as praças das apresentações, para presenteá-lo com pares de ingresso, proporcionando momentos de bem-estar", diz Andréia Araújo, diretora de Negócios e Marketing.

Nomes como Hallorino Jr, Marcus Cirillo, Patrick Maia, Criss Paiva, Giovanna Fagundes, Guri de Uruguaiana, Diogo Portugal e Rafael Cortez se apresentarão no Risorama, que tem como principal diferencial o seu formato. Considerada a "balada do humor", o evento é produzido em espaços que se transformam em um grande bar, como um verdadeiro e amplo comedy club itinerante, com cadeiras e mesas compartilhadas, serviço de garçom e venda de bebidas e comidas de boteco. "O Risorama foi pioneiro em seu formato no Brasil. O público pode dar boas risadas, comer umas comidinhas de boteco, tomar uma boa cerveja com os amigos e aproveitar o show dentro desse clima", completa Diogo Portugal, humorista paranaense que faz a curadoria do evento. A programação e venda de ingressos está disponível no site www.sympla.com.br/risorama.

Com 113 anos de atuação, a Previsul Seguradora é referência em seguro de pessoas no Brasil. Está presente em 12 estados brasileiros, com aproximadamente 30 pontos de atendimento em todo o país, que oferecem todo o suporte para o corretor, principal parceiro da Previsul.

.

Homenagem A Diretoria Executiva e o Conselho Consultivo do Clube Vida em Grupo do Rio de Janeiro (CVG-RJ) irão reunir os seus associados, beneméritas e entidades parceiras para um almoço em homenagem ao presidente do Sincor-RJ, Henrique Brandão.

O evento comemorativo será realizado no dia 27 de agosto, ao meio-dia, no restaurante da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Rua da Candelária, número 9, 14º andar, Centro.

O investimento é de R$ 110 por pessoa. Reservas através dos telefones: (21) 2203-0393; (21) 2213-2787; (21) 96428-7043 e (21) 96428-4687 ou do e-mail cvgrj@cvgrj.com.br, até o dia 26 de agosto de 2019. As vagas são limitadas a 150 convidados.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor