Greve geral está no ‘trending topics’ do Twitter há quatro dias

Segundo a ferramenta Google Trends, a pesquisa por “greve geral” atingiu o pico deste ano às 13h desta quarta-feira.

Conjuntura / 23:06 - 12 de jun de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A greve geral marcada pelas centrais sindicais para a próxima sexta-feira, 14 de junho, está há quatro dias consecutivos entre os assuntos mais comentados do Twitter Brasil, os chamados trending topics.

As hashtags que ficaram entre as dez primeiras colocadas da rede social foram #14JVaiPararTudo, #SextaTemGreve e #Greve14J, impulsionadas pela CUT e demais centrais, frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular e UNE, além de parlamentares contrários às políticas recessivas e de ataques aos direitos do Governo de Jair Bolsonaro (PSL).

No início da tarde desta quarta-feira, a hashtag #SextaTemGreve era a quinta colocada na lista das dez expressões mais retuitadas. Às 14h14, estava em quarto lugar, às 16h24 passou para terceiro, e às 17h14 voltou para o quarto lugar.

Segundo a ferramenta Google Trends, a pesquisa por “greve geral” vem registrando um aumento repentino de buscas desde domingo, dia 9, e atingiu o pico deste ano às 13h desta quarta.

A paralisação é contra a reforma da Previdência, contra os cortes na educação e por mais empregos. Em várias capitais do Brasil, os trabalhadores já anunciaram a paralisação do transporte coletivo urbano, de bancos, escolas, fábricas e comércio. Motoristas, metroviários, rodoviários, ferroviários vão parar em cidades como São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Fortaleza e Recife.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor