Advertisement

Google anuncia fim de suporte ao Android 4.0

Informática / 07 Dezembro 2018

O Android 4.0 (o popular “Ice Cream Sandwich”) deixou nessa sexta-feira de ter suporte da empresa para apps na Play Store. Basicamente, desenvolvedores que queiram submeter seus apps ao marketplace da Google terão que obedecer a um nível mínimo de segurança que já supera o máximo atingido por esta versão do sistema.

Trocando em miúdos: a Google, por meio de seu blog para desenvolvedores do Android, anunciou que, a partir desta sexta, o nível mínimo de API designado para seus apps é de 16, excluindo o Ice Cream Sandwich, que tinha o máximo de 15. Para quem cria apps, isso significa que o suporte para aparelhos que tenham o Android 4.0 instalado (menos de 1% de toda a base, segundo a própria Google) não terão mais qualquer suporte relacionado a apps ou à Play Store.

Para quem consome apps, ou seja, o usuário final, a alteração significa que atualizações de softwares já instalados em seus aparelhos não mais serão “lidas” pela Play Store até que o sistema operacional seja atualizado (caso o smartphone comporte isso, evidentemente). Mais além, aplicações mais novas não devem aparecer como disponíveis para estes usuários.

O Android 4.0 Ice Cream Sandwich foi lançado em outubro de 2011 e marcou um período de transição para o Android como o conhecemos hoje: antes dele, a interface dos smartphones com o sistema da Google era amplamente criticada e atacada, sobretudo ao superior iOS da época, que trazia segurança mais reforçada. Foi antes do Android 4.0 que o sistema da Google virou sinônimo de travamentos, invasões e falhas de segurança.

Para que se tenha a devida proporção de data, o Ice Cream Sandwich era a “novidade diferencial” do smartphone Galaxy S2, da Samsung.