Advertisement

Gás natural fica até 18% mais caro para residências

Indústrias vão pagar entre 24,1% e 37,6% mais caro pelo gás a partir deste sábado.

São Paulo / 01 Fevereiro 2019 - 22:51

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) divulgou nesta sexta-feira a nova tabela de preços do gás natural fornecido pela concessionária Companhia de Gás de São Paulo (Comgás). Os aumentos autorizados pela agência variam de acordo com o perfil dos clientes, segmentados por atividade e volume de consumo.
O gás natural veicular teve reajuste de 40,1%, ficando em R$ 1,79 por metro cúbico. Para os consumidores residenciais, os aumentos variaram de 9,63% para a faixa mais baixa de consumo até 17,93% para o perfil de gasto mais alto.
Os clientes comerciais tiveram reajustes entre 12%, para os que tem menor consumo, até 25% para a faixa mais alta. As indústrias vão pagar entre 24,1% e 37,6% mais caro pelo gás a partir deste sábado.
A Comgás atende a 1,88 milhão de clientes com uma rede de gás encanado distribuída por 88 municípios. A concessionária é responsável pelo abastecimento na Região Metropolitana de São Paulo, na Grande Campinas, na Baixada Santista e no Vale do Paraíba.
 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor