Funcionários da Petrobras no Uruguai vão parar dia 27

Greve é por tempo indeterminado para pressionar Petrobras a não fazer demissões até sua saída do país.

Internacional / 22:29 - 15 de mai de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Os trabalhadores da subsidiária da Petrobras em Montevidéu, Uruguai, decidiram em assembleia geral iniciar uma greve geral, por tempo indeterminado, a partir do próximo dia 27.

O sindicalista do setor de gás Alejandro Acosta disse que a população não será afetada, uma vez que os serviços básicos de fornecimento de gás e os serviços de emergência serão cobertos por funcionários em regime de plantão. Os demais serviços administrativos, comerciais e de instalações de novos pontos, segundo o sindicalista, ficarão suspensos.

Os trabalhadores querem que todos os postos de trabalho sejam preservados enquanto durar o período de saída da Petrobras do país. Até o momento, o saldo é de 11 demissões, 53 trabalhadores suspensos por 14 dias e uma previsão de outras 30 demissões nos próximos dias.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor