Advertisement

Fez que ia, não foi e acabou indo

Reforma fatiada proposta por Bolsonaro pode ser apenas parte da velha tática de despistar

Fatos & Comentários / 05 Dezembro 2018

Qualquer declaração do presidente eleito Jair Bolsonaro e de seus homens mais próximos deve ser vista com desconfiança. Afirmar e desmentir logo depois parece fazer parte de uma tática para criar confusão, evitando análises e comentários sobre suas propostas (noves fora, em muitos casos, ser fruto de falta de um programa definido).

Assim, a ideia de uma reforma previdenciária fatiada não pode ser encarada como um recuo. Enquanto tenta construir uma base de apoio no Congresso – e ninguém se iluda, a fórmula é o velho toma lá, dá cá – Bolsonaro pode jogar para a plateia com propostas mais brandas. Mas não se deve deixar levar por ilusões. Afinal, a pressão do “mercado” não é desprezível.

 

Poder feminino

Em empresas cujas donas são mulheres, até 90% de suas rendas são reinvestidas nas comunidades locais, o que representa fomento à economia. “O aumento da participação das mulheres nos mercados é traduzido em crescimento econômico e social”, afirmou Leslie Harper, representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no Fórum Nacional de Compras Públicas, encerrado em Brasília nesta quarta-feira.

As mulheres lideram a maior parte das empresas de pequeno e médio portes – de acordo com estudos internacionais, esses empreendimentos reúnem 80% do total de postos de trabalho. No âmbito das contas públicas, que na América Latina representam gastos em torno de 30% do PIB dos países da região, apenas 1% dos contratos é concedido a empresas de mulheres, de acordo com Leslie Harper.

 

Política fracassada

O Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) vai propor o fim do enfrentamento bélico ao comércio varejista de drogas nas áreas urbanas. Esta é uma das dez propostas que apresentará à Comissão de Atualização da Lei de Drogas, na audiência pública que será realizada nesta quinta-feira, na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

Presidida pelo ministro Marcelo Navarro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a comissão de juristas que promoverá o debate foi instituída pela presidência da Câmara Federal, em junho deste ano, para elaborar um anteprojeto de lei que visa a atualizar a Lei de Drogas (Lei 11.343/2006) e o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas. O presidente da Comissão de Direito Penal do IAB, Marcio Barandier, representará a entidade na audiência pública e apresentará parecer com as propostas do Instituto.

Para o IAB, a política de combate ao comércio de drogas, aplicada com cunho bélico e militar nos últimos 30 anos, se demonstrou fracassada e vem resultando num número elevado de mortos e feridos, entre suspeitos, policiais e inocentes, em operações desencadeadas nas zonas urbanas. O Instituto defende que o modelo de combate ao tráfico seja substituído por medidas de redução de danos e de saúde pública, bem como com investigações inteligentes que tenham por objetivo impedir o ingresso no Brasil de drogas e armas.

 

Reciclagem

Antes criticada pela esquerda, Miriam Leitão é agora odiada pela direita, assim como Reinaldo Azevedo. E os bolsonaristas se dedicam agora a atacar, nas redes, o Supremo Tribunal Federal – que tanto elogiavam quando comandava o mensalão e prendia petistas na Lava Jato.

 

Rápidas

A Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo promove, segunda e terça que vem, às 19h, no Theatro Municipal, uma noite de gala do circo, com duas apresentações do espetáculo A Lona Uniu as Gerações. O evento celebra o Dia do Palhaço, comemorado em 10 de dezembro *** A Rede Adventista Silvestre de Saúde realiza no dia 11, às 9h, no seu Centro Médico, em Botafogo (RJ), a palestra “Ano Novo – Metas Saudáveis”, com o cardiologista Fernando Montenegro. Inscrições pelo e-mail vanessa.morais@hasilvestre.org.br *** Neste domingo, a partir das 17h, o coral da Primeira Igreja Batista Parque Independência, do bairro de Bangu, se apresentará no West Shopping *** O FGV Ibre debate os rumos da economia no ano que vem. O IV Seminário de Análise Conjuntural do FGV IBRE será no dia 10, no Centro Cultural FGV, no Rio, das 16h às 18h. Mais informações em http://portalibre.fgv.br *** O Shopping Jardim Guadalupe promove, até o dia 20, campanha de arrecadação de brinquedos para as crianças atendidas pelo Instituto Mundo Novo *** O Trio das Quartas – formado por Cláudia Barcellos, Kiko Chavez e Renato Aroeira – se apresenta neste sábado, às 20h, no Espaço Alegretti (Copacabana Rio Hotel, Av. N. Sa. de Copacabana, 1256).