Dpvat: prisão de suspeitos de fraude partiu de notícia-crime da Líder

SEG NOTÍCIAS - 6.08: Prisão de suspeitos de fraude em Dpvat iniciou a partir da Líder

Seguros / 16:37 - 6 de ago de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O Núcleo de Combate à Corrupção da Polícia Civil do Paraná deflagrou na última terça-feira, dia 30, a Operação Calejado para cumprir nove mandados de prisão e 12 de busca e apreensão por conta de fraudes contra o Seguro Dpvat na cidade de Umuarama, no noroeste do Paraná. As investigações começaram a partir de notícias-crime enviadas pela Seguradora Líder à Polícia Civil.

O grupo que foi alvo da operação é suspeito de adulterar prontuários médicos e laudos periciais do Instituto Médico Legal para solicitar o pagamento indevido do seguro. Segundo as investigações, o esquema envolvia um procurador que intermediava os pedidos de indenização; um auxiliar administrativo do hospital; e funcionários do IML que falsificavam assinaturas e alteravam os laudos das vítimas para que elas recebessem o seguro por sequelas que não existiam ou não eram indenizáveis.

Ao monitorar os pedidos de indenização, a equipe de Prevenção e Combate às Fraudes da Seguradora Líder analisou, por meio de ferramentas sistêmicas, os documentos e suspeitou das fraudes. A operação foi destaque nos principais telejornais do Paraná, que destacaram a ação proativa da seguradora.

A Seguradora Líder vem investindo cada vez mais no combate às fraudes para evitar casos como o de Umuarama. O uso da tecnologia tem sido um grande aliado neste trabalho. Todos os pedidos de indenização do Seguro Dpvat recebem monitoramento contínuo, sendo avaliados por softwares de inteligência artificial, que contêm ferramentas de filtros sistêmicos de ocorrências suspeitas, além de controle de risco. A equipe utiliza ferramentas de Analytics, com mais de 200 variáveis; realiza uma análise documental; e aplica um filtro capaz de cruzar as informações dos documentos apresentados e o banco de dados da Seguradora. Além disso, quando necessário, são realizadas investigações de campo. Ao identificar uma irregularidade, uma notícia crime é encaminhada aos órgãos competentes.

Como resultado destas iniciativas, foram identificadas, no ano passado, 11.898 fraudes ao Seguro Dpvat em todo o país, sendo 457 apenas no Paraná. Neste ano, de janeiro a junho, as iniciativas proativas da Seguradora Líder já resultaram em 20 sentenças condenatórias, 25 condenados, 24 cancelamentos, suspensões ou cassações de registros em órgãos de classe e 2 prisões em todo o Brasil. O quantitativo chega a 3.750 fraudes detectadas, representando o montante de perda máxima evitada de R$ 26,2 milhões.

A seguradora esclarece que qualquer pessoa pode denunciar casos suspeitos relacionados a pedidos de indenização do Seguro Dpvat. As denúncias podem ser feitas por meio do 0800 022 12 05 ou pelo site www.seguradoralider.com.br. As ligações são gratuitas e, em nenhum dos dois canais, é necessário se identificar.

.

CAE pode votar projeto que facilita pagamento de IPVA e seguro obrigatório

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) pode votar nesta terça-feira projeto que facilita o pagamento do IPVA. O PLS 130/2018, de autoria do ex-senador Paulo Bauer (PSDB-SC), prevê que as guias de pagamento do seguro obrigatório devem ficar disponíveis em conjunto com as guias de recolhimento do imposto em um mesmo documento, físico ou eletrônico. A reunião está marcada para as 10 horas.

De acordo com a Lei 6.194 de 1974, que trata do Dpvat, e a Resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) 332, de 2015, o vencimento do seguro obrigatório deve coincidir com o da cota única ou da primeira parcela do IPVA.

Em alguns estados, as guias de pagamento estão sendo emitidas separadamente, o que muitas vezes leva o cidadão a pagar o IPVA e esquecer de emitir a guia do Dpvat, segundo o autor do projeto, o ex-senador Paulo Bauer. O não pagamento do Dpvat pode fazer com que, em caso de acidente, a seguradora negue indenização ao proprietário inadimplente.

O relatório do senador Rogério Carvalho (PT-SE) é pela aprovação do texto. Ele manifestou apoio ao projeto e apresentou uma emenda de redação. Para ele, a emissão das guias de pagamento separadamente pode confundir o contribuinte.

.

Governadores apoiam "Nova Previdência" para estados e municípios

Os governadores das 27 unidades da federação decidiram apoiar a proposta de Emenda à Constituição "paralela" à reforma da Previdência que cria novas regras previdenciárias para estados e municípios cujo texto deve ser relatado pelo senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). Segundo o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, uma carta formalizando a decisão tomada pelo Fórum Nacional de Governadores, que está reunido em Brasília, será entregue ainda hoje ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Os governadores contam ainda com o compromisso de Alcolumbre de aprovar a proposta em um prazo de 15 dias, em troca de apoio ao texto.

"O apoio dos governadores é no sentido da PEC paralela, já com o indicativo do presidente do Senado Federal que essa aprovação - e aí ele vai discutir com os líderes do Senado - em um prazo bastante rápido. Segundo ele, em um prazo de 15 dias, o que nos colocaria na Câmara dos Deputados para votar até o final do ano", afirmou Ibaneis.

Ainda segundo Ibaneis, o documento a ser entregue a Alcolumbre traz a ressalva de que governadores de partidos de esquerda não concordam com alterações em pontos como o Benefício de Prestação Continuada (BCP) e a aposentadoria rural, por exemplo.

Ibaneis reconheceu que o desejo de alguns governadores era que a inclusão de estados e municípios na reforma da Previdência ocorresse de forma imediata. Entretanto, como o o debate já avançou muito, nesse momento, o retorno da proposta à Câmara dos Deputados seria "um retrocesso institucional". Ainda de acordo com o governador do Distrito Federal, assim como ocorreu no primeiro turno de votação da matéria na Câmara, os governadores vão mapear os votos de suas bancadas no segundo turno na Casa e antes da votação no Senado.

Questionado sobre o sucesso que a PEC paralela teria no Parlamento, especialmente na Câmara, onde regras mais duras para aposentadorias de servidores municipais e estaduais enfrentam resistência de deputados que temem desgastes com seu eleitotrado, Ibaneis disse que confia na articulação feita pelo presidente do Senado e na força das bancadas no Congresso.

.

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL

                                                                                                                                                                   

Debate sobre Previdência "Absorver mais gerações no mercado de trabalho é um dos desafios que a reforma do sistema previdenciário trará". Este será um dos assuntos discutidos durante o Fórum de Benefícios Aon 2019, que acontece dias 7, 20 e 23 de agosto em São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, respectivamente. As edições paulista e carioca contarão com a presença do cientista político Fernando Schüler; Carlos Tejeda, diretor de Distribuição Corporate Life & Pension da Zurich; e Violetta Ostafin, CEO de Health Solutions LatAm da Aon.

Enquanto Schüler analisa as mudanças e problemáticas no cenário econômico do país, o executivo da Zurich mostra como a multinacional tem se preparado para passar pela mudança. "Temos a importante missão de ajudar as pessoas a planejarem o seu futuro financeiro. Além de oferecer produtos para a proteção de renda, precisamos informar os brasileiros que o Estado não consegue suportar o mesmo nível de benefícios previdenciários que até então sustentava", explica Tejeda.

Segundo ele, com o aumento da expectativa de vida, a reforma torna-se fundamental para a retomada de uma agenda de crescimento econômico. A comparação da experiência da aposentadoria em mais de 30 países é outro destaque da apresentação.

"França, Espanha e Alemanha, por exemplo, já fizeram reformas que aumentaram a idade mínima de aposentadoria para 65 anos. Na próxima década, devem elevar a idade mínima mais ainda. Com menos jovens para trabalhar e cada vez mais aposentados, este tipo de revisão se torna mais necessária", comenta Violetta.

Para a executiva, a discussão não deve apenas girar em torno de um ponto específico, mas precisa ser baseada em aspectos que dizem respeito à macroeconomia e profundas mudanças organizacionais, assim como o aumento da procura pela previdência complementar. "Por conta disso, é preciso estar no radar das corporações temas como o convívio de gerações diversas e a mudança de preferências e necessidades de seus funcionários", completa.

Programação e inscrições gratuitas em: www.aonbrasil.com/forum-de-beneficios-2019.

.

Hipertensão - Entre 7 e 9 de agosto acontece o XXVII Congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH). Este ano, está sendo realizado concomitantemente ao Congresso da Liga Mundial de Hipertensão (World Hypertension League), colocando em pauta os aspectos mais relevantes e atuais da hipertensão arterial, o principal fator de risco para as doenças cardiovasculares.

Em 7 de agosto, acontecerá uma sessão especial com a discussão de projetos com instituições internacionais como a Organização Mundial da Saúde, Opas, sociedades internacionais e outras que têm como objeto a redução da morbi-mortalidade cardiovascular.

O XXVII Congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão terá como palco o Hotel Tívoli Mofarre (Alameda Santos, 1.437 - Cerqueira César, São Paulo). Estão confirmadas as presenças de alguns dos principais nomes internacionais da hipertensão arterial:

Confira a grade científica em https://sistemacenacon.com.br/evento/sbh2019/programacao/gradeatividades.

.

ENDOSSANDO

                                                                                                                                                                   

Chubb nomeia Marcos Gunn

A Chubb Limite anunciou que nomeou Marcos Gunn Senior Vice President da Chubb Group e Regional President da América Latina. O Gunn terá responsabilidade total pela gestão geral e pelos resultados comerciais de todas as operações na região, incluindo Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Panamá, Peru, Porto Rico, América Central e Caribe.

Atualmente Division President para o norte da América Latina, que inclui México, América Central e Caribe, e Chief Operating Officer da região da América Latina, Gunn se reportará a Juan Luis Ortega, que anteriormente foi nomeado Overseas General Insurance Operations da empresa no exterior. A nomeação é imediata. Gunn manterá suas responsabilidades atuais por um período interino e seu sucessor será anunciado em breve.

"Estou muito feliz em nomear Marcos para esta função", disse John Keogh, Vice Chairman & Chief Operating Officer da Chubb. "Com mais de 20 anos de experiência na indústria de seguros, incluindo 19 na Chubb, Marcos tem um longo e comprovado histórico de realizações, liderando negócios de seguros nas regiões da América Latina e Ásia-Pacífico. Ele é um executivo forte que traz uma profunda experiência para essa nova missão, liderando uma das regiões de crescimento mais rápido da nossa empresa."

"Marcos é o executivo perfeito para liderar a região da América Latina", disse Ortega. "Ele atuou como Country President várias vezes, liderou os negócios da A&H em duas regiões do mundo e, mais recentemente, supervisionou os impressionantes resultados de negócios de nossas operações no México. Sua experiência em subscrição e produtos abrange P&C corporativo, A&H e linhas pessoais. Tenho muita confiança de que Marcos tem o gerenciamento, a capacidade de liderança e visão para liderar o crescimento lucrativo contínuo da região."

Frmado em Administração de Empresas pela Universidade Católica de Buenos Aires, Marcus Gunn tem mais de 20 anos de experiência na indústria de seguros. Quando a ACE concluiu sua aquisição da Chubb em 2016, foi nomeado President da Região Norte da América Latina, além de seu cargo de Chief Operating Officer para as operações da empresa na América Latina. Gunn ingressou na ACE em 2000 e atuou em vários cargos de gerenciamento de responsabilidade crescente, incluindo Country President do Chile; Regional Vice President of Accident & Health da América Latina; Regional Vice President of Accident & Health, Ásia-Pacífico. Antes de ingressar na ACE, atuou como subscritor de seguros comerciais na Chubb na Argentina, além de cargos de subscrição e administração em outras empresas de seguros.

.

Inadimplência menor e forte crescimento do top line impulsionam IRB

O IRB entregou elevação de 20% nos prêmios retidos nesse trimestre, com destaque para o segmento de óleo e gás e de properties. Destaque também para o crescimento no exterior, que representou mais de 41% dos prêmios emitidos, mesmo com crescimento de dois dígitos nos prêmios emitidos no Brasil. O outro destaque foi a queda de 4 p.p. no índice de sinistralidade, maior parte do custo da companhia. O resultado financeiro da resseguradora também veio mais robusto, com uma rentabilidade de 121% do CDI. Com isso, o lucro líquido da companhia saltou 35% na comparação com o 2T18. O IRB ainda anunciou uma parceria com o banco digital C6 para a companhia ser a resseguradora líder no segmento prestamista e com preferência para acordos semelhantes em outros segmentos. O IRB vai ficar com 85% dos negócios gerados no segmento pelo prazo de 10 anos. Não houve pagamento pelo acordo.

.

Nova sede - A HDI Seguros inaugurou sua nova sede no Brasil e, com o auxílio da Teleinfo, garantiu a infraestrutura tecnológica para aperfeiçoar sua atuação humana, digital e inovadora.

Com a excelência como meta, a HDI Seguros contou com a expertise da especialista em soluções, Teleinfo, que planejou e executou os projetos de infraestrutura para sistemas de cabeamento estruturado, sistemas elétrico e iluminação, sistema de aterramento, detecção de incêndio e também para controle de acesso e CFTV.

O sistema de segurança da nova sede conta com controle de acesso e sistema de CFTV elaborado pela Teleinfo desde a concepção do projeto até a instalação de câmeras de monitoramento e periféricos de controle de acesso, incluindo os recursos e aplicações para armazenamento em banco de dados, visualização e cadastramento de usuários.

Na implementação do cabeamento estruturado, foram fornecidos todos os recursos de conectividade necessários ao sistema, como cabos, racks, acessórios de conectividade e recursos ópticos. Já para o sistema elétrico, ponto fundamental para o funcionamento da empresa, foram implantados novos painéis elétricos de distribuição, distribuição de malha de circuitos e toda a conectividade elétrica pertinente ao projeto, incluindo o fornecimento e instalação de equipamentos de energia, como transformadores elétricos e nobreaks centrais.

"O projeto foi um trabalho a quatro mãos, que demandou muito planejamento e preparação de ambas as partes. O diferencial, além da expertise da Teleinfo, foi o time qualificado da empresa, que com competência e pontualidade, entregou tudo com muita qualidade e dentro do prazo, superando as nossas expectativas", afirma Vagner Guzella, vice-presidente administrativo-financeiro da HDI Seguros.

A nova sede - que ocupa três andares do edifício WTorre, em São Paulo - está pronta para receber e atender as necessidades da seguradora, que passa por um momento de renovação de sua atuação, focado em mobilidade e em um relacionamento mais próximo com segurados e corretores, baseado na digitalização de seus negócios..

"A HDI é nosso cliente há mais de 20 anos. Nesta obra tivemos como desafio projetar e executar todas as instalações elétricas, telemáticas, de automação e segurança eletrônica em apenas três meses", explica Marcelo Cartocci, diretor comercial da Teleinfo Soluções.

.

Pessoa Jurídica - De janeiro a junho, a carteira de Produtos Pessoa Jurídica da Tokio Marine cresceu 29% em relação ao mesmo período do ano passado. Para reforçar ainda mais sua atuação e destacar as oportunidades de negócios deste segmento para os corretores dos Canais Varejo e Corporate, a companhia realiza neste mês de agosto três edições do Expertise Produtos PJ em Salvador, Rio de Janeiro e Goiânia.

"Nestes 60 anos de história da Tokio Marine no Brasil, sempre estivemos entre as maiores seguradoras de Produtos Pessoa Jurídica do país, com um amplo portfólio para atender às mais diversas necessidades de proteção de empresas. Durante os eventos, vamos reforçar junto aos nossos Parceiros do Varejo que existem muitas oportunidades de negócios nos mais diversos ramos econômicos", afirma o diretor-executivo Felipe Smith.

Durante a rodada de palestras, os executivos falarão sobre a alta capacidade de aceitação e gerenciamento de riscos da Companhia, novas coberturas e soluções da carteira, personalização e agilidade no processo de subscrição, entre outros temas. Os produtos em destaque serão: Garantia, Linhas Financeiras, Responsabilidade Civil, Riscos de Engenharia, Empresarial, Riscos Nomeados e Operacionais e Transportes.

Além de Felipe Smith, os eventos Expertise Produtos Pessoa Jurídica terão a participação do diretor-executivo comercial, Valmir Rodrigues; do diretor comercial nacional Varejo, João Luiz de Lima; do diretor de Property, Riscos de Engenharia, Energy e Riscos Diversos, Sidney Cezarino; e do diretor de Transportes, Valdo Alves, além de diretores, superintendentes e equipes comerciais de cada localidade.

.

Seguro Garantia Recursal 100% virtual - Escritórios de advocacia, profissionais da área jurídica e empresas de todos os portes passam a contar com plataforma inédita de vendas e cotações de apólices do Seguro Garantia Recursal. A iniciativa, com contratação 100% virtuais, é oferecida pela Wiz Corporate como alternativa ao depósito recursal de maneira segura, prática e transparente. Essa modalidade de garantia está prevista desde a Reforma Trabalhista de 2017 (Lei nº 13.467 de 2017), com respaldo legal para sua utilização como forma de garantir o juízo e recorrer da decisão.

O interessado tem autonomia para contratar o seguro pelo site, na hora que precisar, sendo que o processo de cotação e emissão da apólice leva menos de dois minutos. A plataforma atende as exigências de compliance dos Ttmadores (clientes), por apresentar pelo menos três orçamentos do produto, de uma única vez. A Wiz Corporate também oferece acesso a um ambiente exclusivo, onde o tomador pode consultar suas apólices e boletos. Adicionalmente aos serviços entregues pelo site, o cliente conta também com a expertise das Seguradoras com relação a análise de crédito e cadastro para atribuição de capacidades e precificações ajustadas ao seu porte. As seguradoras parceiras da plataforma são Junto Seguros, Pottencial Seguradora e JNS Seguros, com previsão de ter mais três seguradoras disponíveis até setembro deste ano.

André Bertolino, superintendente técnico de Garantia da Wiz Corporate, destaca que a empresa é a 1ª corretora a oferecer jornada de compra self-service com concorrência aberta entre seguradoras. "Esse é um ambiente de contato direto entre o cliente e as seguradoras. Valorizamos essa experiência, em que a empresa tem a garantia de que está contratando o produto com o menor preço, ajustado às suas necessidades. E não vamos parar por aqui, vislumbramos ter um sistema que acompanhe as tendências das seguradoras e disponibilize todas as modalidades de Seguro Garantia já comercializadas online", explica Bertolino.

Ainda de acordo com o executivo, no período de dois meses a Wiz Corporate emitiu mais de três mil apólices do Seguro Recursal. Bertolino ressalta como grande vantagem para os escritórios de advocacia e demais empresas, o fato de que, ao optar pelo seguro garantia, ao invés do depósito recursal em dinheiro, eles não precisam abrir mão de reservas financeiras, melhorando assim a saúde do seu fluxo de caixa.

A facilidade de contratação com os melhores players do mercado para o produto Garantia é detalhada por Maurício Viotti, superintendente de Marketing da Wiz Corporate. "Oferecemos um ambiente totalmente seguro para a empresa cotar, contratar e consultar todas as apólices emitidas, garantindo agilidade, controle e conformidade de todo o processo de maneira rápida e simples. Esse é o início da plataforma, que vai evoluir muito com a entrada de novas seguradoras e novos produtos."

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor