Dólar em alta impulsiona turismo nacional

Conjuntura / 10:26 - 6 de abr de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O turismo brasileiro cresceu muito nos últimos anos. De acordo com o Ministério do Turismo, apenas em 2013 o país recebeu 5,8 milhões de turistas estrangeiros, além de ter um financiamento de R$ 13,5 bilhões de instituições federais, ajudando a desenvolver os principais fatores do setor. Nos últimos anos, com a crise e a alta do dólar, brasileiros têm pensado duas vezes antes de adquirir um pacote de viagem, preferindo optar por destinos nacionais. Apenas nos três primeiros meses de 2016, segundo a agência de viagens ViajaNet, entre os 10 destinos mais procurados pelos viajantes, 8 eram destinos dentro do Brasil. As duas cidades internacionais que aparecem no ranking são Nova Iorque, em sexto lugar, e Miami, em sétimo. Os dois destinos norte-americanos são conhecidos principalmente por serem um recanto de compras para os turistas brasileiros. As duas cidades mais buscadas dentro do país são Recife e Salvador, respectivamente. O principal motivo que leva os turistas a buscarem essas capitais é a estabilidade do clima. São cidades litorâneas que oferecem altas temperaturas durante o ano todo. Em seguida, aparecem na lista São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Porto Alegre, Maceió e Brasília. Para Gustavo Mariotto, gerente do ViajaNet, o aumento se deu graças às diversas oportunidades que companhias aéreas e outros empreendimentos de turismo têm oferecido para que o setor continue aquecido, além do preço do dólar não ter tanta influência sobre os destinos nacionais. - Os brasileiros, que começaram a viajar nos últimos anos, descobriram que é uma atividade que pode ser mantida, bastando procurar alternativas mais em conta - diz Mariotto. Além das grandes capitais, cidades que ficam no entorno, e que possuem fácil acesso a estes aeroportos, também já receberam um aumento no número de visitantes brasileiros.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor